Flagrada colheita antecipada de pinhão

0
280

Polícia Militar Ambiental apreendeu 45 quilos de pinhão depois de receber uma denúncia anônima. Três homens tinham recém colhido as 28 pinhas na área de mata do loteamento Verdes Campos, no perímetro urbano de Lages. Eles foram autuados e responderão processo criminal e administrativo.

VAI PARA OS PAPAGAIOS

O pinhão colhido antes do período permitido pela legislação será doado para o Instituto Espaço Silvestre, que trabalha com a reintrodução do papagaio-do-peito-roxo, espécie extremamente dependente dessa fonte alimentar nessa época do ano.

DEFESO DO PINHÃO

Subcomandante da PMA, tenente Marco Marafon, reforça que a legislação permite a colheita, transporte e comercialização da semente só depois do dia 1º de abril. “O período de defeso do pinhão é de extrema importância para que as araucárias tenham a possibilidade de regeneração por meio da dispersão de suas sementes. Além disso, pinhão é fonte alimentar para inúmeras espécies da fauna da nossa região”.

As pinhas que os marvados estavam colhendo 10 dias antes do prazo em pleno perímetro urbano de Lages. É pedir para levar na cabeça!

NÃO É ISSO QUE OCORRE, MAS…

“Possibilidade de regeneração por meio da dispersão de suas sementes”.

Argumentou o Marafon da PMA sobre a razão de se colher o pinhão somente a partir de abril. Mas essa ‘regeneração da floresta de araucária’ é algo bem relativo. É que, à medida que os pinheirinhos recém nascidos brotam em muitos campos de cima da Serra, a providência mais corriqueira é o corte, pela raiz. É que não existe manejo, sendo que as araucárias nos campos os tornam menos produtivos. Daí que prevalece a ideia de se cortar enquanto é pequeno. E nem dá para dizer que os produtores rurais estão errados, visto que a legislação burra impõe esse travamento!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here