Pinho: Fundam, bode, salários e Colombo

0
116

Santa Catarina amanheceu com um novo e definitivo governador. O ato de posse coloca Pinho Moreira como governador titular do Estado, podendo promover ações sem aquela sombra da interinidade que imperou desde 16 de fevereiro. Ao assumir em definitivo o comando do Estado, Pinho falou sobre alguns assuntos.

Ele já comandou o Estado substituindo LHS e agora retornar ao cargo no lugar de Colombo

SOBRE COLOMBO

“Grande parceiro, homem público de respeito e gestor competente, a quem agradeço pela confiança e fé depositadas a mim na continuidade de um governo exitoso”.

SALÁRIOS DOS SERVIDORES

“Embora a concessão de reajuste salarial seja impensável nesse momento, os salários do funcionalismo público estadual continuarão rigorosamente em dia”.

FUNDAM II NÃO SAI

SC está habilitada a contratar junto ao BNDES um empréstimo de R$ 723 milhões. O valor seria destinado à segunda edição do Fundam. O BNDES, entretanto, é contrário em manter o formato de distribuição, mas o Estado poderá acessar os recursos para investir em obras.

TURISMO E O BODE NA SALA

Foi anunciada a extinção da Secretaria de Turismo (SOL) naquele gesto que lembra a história do bode na sala. Diante da pressão, voltou-se atrás, retirando o bicho da sala:

“O turismo é uma atividade extremamente importante, representa 13% das nossas riquezas. Então decidimos manter esta importante pasta, pois nosso Estado tem ainda mais potencial de crescimento nesta área”.

CONTINUIDADE DE OBRAS

Estradas com obras paradas ou muito lentas, hospital (como o de Lages, por terminar) têm a seguinte notícia:

“Não mediremos esforços na manutenção do cronograma das obras em andamento e na continuidade dos investimentos, com o anúncio de novas obras”.

Quem deu posse a Pinho foi o presidente da Alesc, Aldo Schneider. Segundo informações, o estado de saúde de Schneider não é dos melhores, mas há torcida enorme para que ele se restabeleça e mantenha o comando do Legislativo Catarinense

Imagens: Secom/SC

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here