PM: Ação conjunta reforça polícia no interior

0
100

Durante recente evento no 1.º Batalhão Ferroviário, Major PM Alexandre Pimentel, que comanda a Polícia Ambiental na Serra Catarinense falava dos desafios em relação à contribuição que está se procurando dar para reforçar a segurança no interior. Há consciência de que a criminalidade também ronda as propriedades rurais e daí o trabalho em conjunto entre a Polícia Militar, através de guarnições que percorrem localidades, com o reforço da própria Polícia Ambiental.

E…

Embora esse foco não seja o prioritário da Ambiental (que atua na fiscalização de eventuais delitos ao Meio Ambiente), o reforço é sempre bem vindo. Embora as ocorrências tenham diminuído neste ano (inclusive no interior), há casos de invasões em propriedades e até abate de animais. E nessa ação surgem parcerias interessantes no trabalho de orientar os pecuaristas, como demonstra o conteúdo abaixo, tendo como protagonista um dos cernes da Coxilha, Tio Beja!

Cartilha com orientações dos homens rurais ilustrada com a parceria entre PM e Polícia Ambiental e Tio Beja com seu inseparável chimarrão!

 

UM REGISTRO DA BOA PROSA

DA POLÍTICA DOS BONS TEMPOS

Ele administrou Lages na primeira metade da década de 1960. É prefeito lageano mais antigo que segue esbanjando saúde, proseando sobre política e vivendo o dia a dia da paróquia. Trata-se de Wolni Della Rocca que, neste final de semana aproveitou para colocar a prosa em dia com um dos principais articulistas da política em Santa Catarina, o jornalista Prisco Paraíso.

Wolni Della Rocca que foi prefeito de Lages na década de 1960 com seus oitenta e poucos anos de vida, experiência e conhecimento, na prosa com Prisco Paraíso

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here