‘Não conformidades’ travaram liberação

0
151

“Prefeito Antonio Ceron tem se dedicado pessoalmente, e eu louvo essa atitude, pois em muitas prefeituras do Brasil nós é que precisamos cobrar da administração as providências, e aqui é exatamente o contrário”.

Palavras do comandante do Cindacta II, coronel aviador Marcos Kentaro Adach, durante a agenda com o prefeito e representantes de diversos segmentos do setor produtivo de Lages.

36 NÃO CONFORMIDADES PARA

LIBERAR VOOS POR INSTRUMENTO

Segundo Kentaro Adach no início do processo eram 36 não conformidades que exigiam providências. Fernando Siqueira, da empresa que administra o aeroporto, disse que tais situações foram atendidas. “Todos estes processos apontados pela Cindacta nós já respondemos. São ações corretivas que já foram atendidas e que ainda estão em análise”.

SIGNIFICA DIZER QUE…

A partir da análise dos técnicos do Cindacta II ao atendimento das não conformidades, não existindo pendência, haverá a liberação dos voos com auxílio de instrumentos, neste caso, com a utilização do barômetro (instrumento que mede a pressão atmosférica) e anemômetro (aparelho que mede a velocidade do vento). “Assim que a Infracea apresentar todas as ações corretivas e conformidades, nós vamos realizar uma nova vistoria, e se tudo estiver correto, de imediato terá a homologação para os voos com o auxilio dos instrumentos, o que pode ocorrer já nas próximas semanas”, afirmou Kentaro Adach.

REUNIÃO DEFINITIVA

Nova reunião entre o Cindacta II e Infracea será realizada nesta quinta-feira, 10, na sede do Centro Militar, em Curitiba. Expectativa é que neste encontro se programe nova data para a vistoria do Cindacta II no aeroporto de Lages, resolvendo este impasse com homologação e liberação dos voos por auxílio dos instrumentos. “A administração do aeroporto não é para amadores, mas sim para empresas responsáveis e credenciadas para este serviço”, resumiu Ceron.

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here