Revitalização: Mais abrangência, menor custo

0
100

Na pregação sobre o lançamento do edital que escolherá no dia 21 de junho a empresa que irá tocar a revitalização do Centro de Lages, prefeito Ceron apontou que houve readequação. “Conseguimos com menor custo ampliar a abrangência do projeto. Inclusive incluindo a parte de cima da Rua Coronel Córdova até o Diocesano e a praça da Catedral”, citou ao ler o edital que havia sido publicado no Correio Lageano.

O VALOR FINAL

Pelo memorial descritivo e projeto revisto pelos técnicos da Seplan, considerando opinião de entidades de classe como a CDL, a revitalização do Centro de Lages não custará mais que R$ 11.479.982,05. Vence a licitação na modalidade Concorrência Pública a empresa que se propor a executar todo o conteúdo do projeto apresentando o menor preço global.

TRÂMITE

Após a apresentação de propostas e análises, considerando prazos para recursos, acredita-se que na segunda quinzena de julho será possível dar a ordem de serviços para as obras. Se não houver recursos, naturalmente daquelas empresas perdedoras do certame.

Ceron bem faceiro com os desdobramentos de procedimentos que estavam emperrados. Além da licitação da revitalização do Centro, nesta sexta-feira, 25, às 6 da tarde ele entrega a ordem de serviços para o início da revitalização do Mercado Público

POR FALAR EM MERCADO PÚBLICO

A prefeitura está licitando por um valor estimado de R$ 430.736,20 a escolha da empresa que irá desmontar, demolir, reformar e reinstalar o Banco de Alimentos. A estrutura existente no Mercado Público vai ser transferida para o André Luiz, na frente do parque Conta Dinheiro.

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here