Deputados questionam cortes que afetam SC

0
109

Alta produção dos catarinenses, em relação ao restante do Brasil, tem sido punida pelo Governo Federal ao longo dos anos. É o que se deduz, segundo o deputado Gabriel Ribeiro, que levou o tema à tribuna quando falou da proposta de corte de R$ 146,2 milhões que será votado semana que vem no Senado.

EXEMPLO DISSO…

Gabriel Ribeiro fez um histórico do que qualifica de tratamento discriminatório que Santa Catarina sofre no retorno dos impostos federais. Agora, do corte de R$ 544,6 milhões previsto para infraestrutura viária (rodovias) em todo o país, um percentual de 26,8% se concentrarão em SC, ou seja, de cada R$ 4 cortados do país todo, R$ 1 será dos catarinenses, critica o deputado.

Deputado Gabriel e a cruzada para exteriorizar dados que indicam a discriminação federal com SC em termos de retorno de impostos

MOÇÃO DE REPÚDIO

Deputado Milton Hobus apresentou Moção de Repúdio ao governo Temer, aprovada por unanimidade na Alesc. De acordo com Hobus é preciso dar um basta nessa falta de respeito com Santa Catarina. “Somos o quarto arrecadador da Federação, mas os recursos não voltam e isso é um desrespeito”.

DESCASO COM SC

Para Hobus, há tempo o governo federal trata Santa Catarina com desigualdade. “Há mais de uma década a BR-470 espera pela duplicação. A obra já anda a passos lentos e ainda cortam recursos, é inadmissível”. Ele quer que a Moção de Repúdio chegue até os gestores e que parlamentares federais unam forças para defender o Estado. “A Moção é uma prova do descontentamento dos catarinenses com esse descaso”.

Deputado Milton Hobus preocupado com a obra mais importante na sua região (Alto Vale) que é a duplicação da BR-470 que sofrerá cortes de recursos pelo Governo Federal

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here