Início Site Página 2

Quantas queimadas autorizadas na Serra?

0

Porque o mês de agosto deixa a Serra Catarinense embaçada por causa de tantas queimadas nos campos, vereador David Moro (PMDB) encaminhou um pedido de informações à Fatma. O legislador pediu ao gerente regional do órgão em Lages, Glauco Maciel Capelari, dados sobre quantidade de queimadas considerando esses três últimos anos, que obtiveram autorização por atender a portaria que disciplina o assunto.

Estes foram os dados que Capelari enviou ao legislativo lageano, a partir de solicitação do vereador David. São quase 200 queimadas por ano realizadas com a devida autorização no território de Lages, número esse que ultrapassa as 400 autorizações nos demais municípios da Amures.

Além das queimadas autorizadas, porque cumprem a portaria da Fatma, há casos daquelas que são feitas clandestinamente

Lages segue demitindo mais que contratando

2

Santa Catarina comemora bons números da empregabilidade no mês de agosto. Os dados do Caged foram divulgados nesta quinta-feira, 21, e indicam uma retomada na economia catarinense, levando em consideração a geração de empregos. Foram 6.130 vagas geradas no mês de agosto, número esse resultante da quantidade de admissões e demissões em todo o Estado. Somente Joinville, Blumenau e Chapecó contabilizaram, juntos, quase 2.500 empregos a mais em agosto que o número de demissões. Mas Lages, a nona economia do Estado, não acompanha essa reação.

NÚMEROS NEGATIVOS

A exemplo de maio, junho e julho, o mês de agosto também apresentou uma matemática ruim quando o assunto é geração de empregos em Lages. Foram fechadas 133 vagas. Em agosto foram 1.236 admissões e 1.369 demissões. A referência é apenas a empregos formais (com CTPS assinada).

O gráfico do Ministério do Trabalho aponta o comportamento do mercado de trabalho em Lages. Houve mais demissões que admissões no mês de agosto.


NA SERRA: OTACÍLIO COSTA,

CORREIA PINTO E S. JOAQUIM

Os dados do Caged apontam também a panorâmica das três maiores economias da Serra Catarinense depois de Lages. São Joaquim, por exemplo, registrou um número positivo de 85 vagas a mais, considerando demissões e admissões. Também foi positivo o mês de agosto para Correia Pinto com 27 vagas a mais geradas, considerando o número de desligamentos. E Otacílio Costa também registrou número positivo, com 11 vagas a mais geradas que aquelas que foram fechadas.

Município de Correia Pinto (foto) registrou mais empregos que demissões em agosto, tendência seguida por Otacílio Costa e São Joaquim

PRF apreende carga de cigarro de R$ 750 mil

0

Policiais rodoviários federais que participam da Operação Égide/Fronteiras apreenderam na manhã desta quinta-feira, 21, cerca de 150 mil maços de cigarros contrabandeados de origem paraguaia. O flagrante foi na BR-116 em São Cristóvão do Sul, perto do Trevo do Patussi.


A mercadoria estava em um caminhão-baú Volkswagen com placas de Suzano/SP. Ao vistoriar o compartimento de carga, os policiais desconfiaram de muitas caixas plásticas vazias, alinhadas em colunas, obstruindo a visão do restante do baú. Ao retirar as caixas, os policiais descobriram o cigarro de origem paraguaia.

CIGARRO PARA OS GAÚCHOS

Dois homens foram presos, o motorista do caminhão e o condutor do veículo que fazia serviço de batedor para a carga, uma VW/Parati de Santa Maria/RS. Eles disseram que o destino dos cigarros contrabandeados era cidades do interior do Rio Grande do Sul. Nos celulares dos envolvidos, várias mensagens comprovaram que eles trocaram informações ao longo do percurso. Os dois homens foram conduzidos à Polícia Federal de Lages, onde vão responder pela prática de contrabando.

A carga foi entregue no depósito da Receita Federal de Lages, onde foi avaliada em cerca de R$ 750 mil reais.


Informações e imagens: PRF/SC



QUER FAZER NEGÓCIO IMOBILIÁRIO?

ESPERE ESTE EVENTO DA TERRA ENGENHARIA

Todas as informações sobre os empreendimentos existentes e o lançamento do Residencial Mariah. É o que você encontrará no Lages Garden Shopping a partir de 5 de outubro!

Vereador quer reduzir tarifa da Semasa

1

Por certo o vereador João Chagas (PSC) não deu uma espiadinha na legislação federal sobre o tema. Falando a Adilson Oliveira (Clube FM) ele explicou o teor de uma moção legislativa que todos os demais vereadores ajudaram a aprovar, endereçada ao prefeito Ceron. Pede-se que a tarifa mínima de água seja revista. Atualmente ninguém que tem ‘água encanada’ paga menos de R$ 26,00. Parte-se de um consumo mínimo de 10 metros cúbicos. Para Chagas, esse valor é alto porque há casos de pessoas que não gastam tanta água mensalmente.

ENTRETANTO

Existe legislação federal que, considerando critérios de custo do sistema, estipulou valor mínimo a ser cobrado. Isso vale para a energia elétrica também. Se você tiver uma ligação à rede e permanecer o mês inteiro sem ligar a luz (isso é comum em casas de veraneio), mesmo assim há uma tarifa mínima para remunerar o sistema.

LOGO

A hipótese da Semasa medir o consumo de água e tarifar somente tal valor, mesmo sendo abaixo de R$ 26,00 é quase impossível. Considere-se ainda que a tarifa mínima da Casan é ainda maior, custando um valor superior a R$ 40,00 por residência. Como vereador não pode fazer lei que implique em oneração aos cofres, a sugestão foi enviada ao Paço em forma de moção. Ou seja, o Executivo acata ou ignora. Amparada na legislação, a hipótese de ignorar o sugerido é de quase 100%.

Vereador quer que a Semasa cobre somente o que o morador consome de água, ignorando-se a chamada tarifa mínima. Entretanto, há norma que respalda tal procedimento das empresas que gerenciam sistemas de água, energia elétrica, etc

Barney, o cão bombeiro, ganha certificado

0

É de Lages a mais nova dupla para operações de busca e resgate do Corpo de Bombeiros Militar. O soldado BM Luciano Wart Rangel e o cão Barney são do 5° Batalhão de Bombeiros Militar. Treinado por Rangel desde o seu primeiro mês de vida, o labrador foi o único a receber certificação nas últimas provas que aconteceram semana passada em Tijucas.

QUE CERTIFICAÇÃO É ESSA?

A certificação é a garantia de que o cachorro está apto a atuar profissionalmente no resgate e localização de pessoas desaparecidas. Com Barney são dez cães operacionais de busca e resgate dos bombeiros em SC. Outros nove cachorros seguem em treinamento para tentar uma nova certificação dentro de seis meses.

Rangel com Barney e o reforço bem treinado para ajudar no trabalho dos Bombeiros onde e quanto for necessário aqui na Serra Catarinense


Imagem: Corpo de Bombeiros/SC

Câncer de intestino: Um gesto à prevenção

0

Secretário Mário Hoeller (Marião), passou neste ano por um problema relacionado ao câncer. Precisou fazer cirurgia, ficou alguns dias no estaleiro, mas graças a Deus está de volta à ativa naquele estilo acelerado dele. Por isso é bacana o gesto que ele lidera com a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que tem ele como titular.

O GESTO DO TIME DE MARIÃO

Os colaboradores da estrutura administrada por Marião aderiram à campanha Setembro Verde, como forma de chamar atenção para o câncer colorretal, também conhecido com câncer de intestino. Durante o expediente todos usam camiseta com estampa questionando se você sabe que é possível prevenir o câncer de intestino. Além disso, os funcionários distribuem ao público panfletos com todas as informações.

O time de Marião no Desenvolvimento Econômico vestidos para prevenir. Se uma única pessoa já buscar ajuda preventiva a partir dessa ação, já valeu a pena o gesto!


SOBRE A CAMPANHA

Setembro Verde é idealizado pela Sociedade Catarinense de Coloproctologia. Objetivo é oferecer informações gerais sobre o câncer de intestino, e, principalmente as formas de prevenção, além de orientar a população para a existência da doença e a necessidade da realização de exames preventivos. Segundo informações, trata-se do segundo tipo de câncer mais comum nas mulheres e o terceiro nos homens, responsável por 15.4 mil mortes somente em 2013, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).


Foto: Carlos Alberto Becker – Comunicação do Paço

Fiéis custeiam estátua do Monge João Maria

1

Há quatro anos surgiu a ideia de construir e colocar na frente da Igreja Santa Cruz a estátua do Monge São João Maria. O desafio foi executado pelo escultor Batista e custou R$ 12 mil, valor doado por benfeitores da paróquia. Quem coordenou as providências foi o ex-vereador Domingos Rodrigues do Conselho da Pastoral Comunitária.

O Monge João Maria – conta a história – teria peregrinado pela região, inclusive bebido água da Cacimba (que fica distante 100 metros do local da estátua). No registro o Padre Valdir Goedert durante a entrega do monumento à comunidade.

Data farroupilha e ranking RUF na Unifacvest

0

Curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Unifacvest promoveu um evento para comemorar a data mais importante do tradicionalismo. Os acadêmicos organizaram uma ampla programação para celebrar o encerramento da Semana Farroupilha. Houve torneio de laço em vaca parada, costelaço, roda de chimarrão, tertúlia e muita música nativista, agregando acadêmicos de vários cursos e entusiastas do tradicionalismo.

Atividades campeiras marcaram o 20 de Setembro no ambiente do Centro Universitário de Lages

Porque possui grande quantidade de acadêmicos de outras partes do Estado e do País, o Centro Universitário Unifacvest protagonizou o congraçamento relativo ao 20 de Setembro

E durante a confraternização no Centro Universitário de primeira com torcedor de time de primeira e também os nossos amigos do colorado gaúcho



UNIFACVEST COMEMORA EXCELENTE

COLOCAÇÃO NO RANKING FOLHA

Área de Comunicação do Centro Universitário compartilha informação sobre os vários cursos da Unifacvest que os primeiros do Estado entre as instituições privadas no RUF – Ranking Universitário da Folha. Há três cursos que inclusive estão entre os melhores de SC. O RUF leva em conta critérios como a Avaliação do MEC, a Habilitação do Corpo Docente, a Qualidade do Ensino, a Nota do Enade, entre outros.

Estruturas como essa que garantem o bom posicionamento da instituição de Lages no ranking que avalia o ensino superior em SC e no Brasil.


Informações e imagens:

Assessoria de Comunicação – Rede de Ensino Univest