Geral

Bom exemplo do coletivo de vereadores

OS NOVATOS TÊM MOSTRADO SERVIÇO ANTES MESMO DO INÍCIO DA PELEIA NA SEMANA QUE VEM

José Osni (Podemos) Freitinhas (MDB), Agnelo Miranda, Heron Souza e Polaco (o trio do PSD) e Jean Felipe (PP) têm em comum o fato de estrearem nos mandatos conquistados nas urnas na semana que vem, segunda-feira, 01. Porém, um comportamento coletivo também tem se destacado antes do início dos trabalhos legislativos.

EXEMPLO DISSO

Em pleno domingo, os seis vereadores citados e com o registro acima confirmando, estavam, com as respectivas esposas, participando de uma ação beneficente no bairro Vila Maria. Evidência que estamos diante de uma nova safra que pretende ir bem além da atuação no parlamento. Embora não seja atribuição do vereador essa extensão da atuação, dentro da comunidade, não há contraindicação para essa militância aonde o povo está!

Continue Reading
Geral

Covid-19: Menos angústia em Lages

ESTÃO CHEGANDO MAIS DOSES DE VACINA E HÁ MENOS OCUPAÇÃO DE UTI NA CIDADE

Essa observação foi compartilhada pelo Secretário de Saúde de Lages, Claiton Camargo de Souza, após analisar os dados ainda da sexta-feira, 22, sobre quantidade de pessoas isoladas (com a doença ativa) e ocupação de leitos de UTI. Logicamente que o cenário ainda preocupa, mas já esteve bem pior.

A mesma Secretaria da Saúde compartilhou o boletim da noite de domingo, 24, com números e índices ainda mais animadores. Há quase 50% de leitos de UTI liberados e temos apenas 191 pessoas com a Covid-19 ativa (e por isso em isolamento). Não dá para relaxar, mas uma suspirada de alívio não tem contraindicação!

NÚMERO DE DOSES DA VACINA

OXFORD-ASTRAZENECA PARA A SERRA

No inventário da distribuição do lote das 47.500 doses da vacina Oxford-AstraZeneca a Secretaria de Estado da Saúde está informando que 2.260 doses (circulado em azul) estão sendo entregues na Regional de Saúde de Lages. Somadas às do Butantan (em amarelo), são 10.137 doses aos 18 municípios da regional de saúde que atende a Amures

Continue Reading
Geral

MSM apresenta: ‘Cataratas do Caveiras’

Se na Capital as chuvas intensas e constantes causam problemas de toda a ordem, na Serra Catarinense, em cidades como Lages, apesar da infraestrutura urbana e rural sofrerem (ainda mais) com a umidade, não há registros de transtornos mais gritantes (porque um problema ou outro sempre existe).

POR OUTRO LADO…

As chuvas intensas e constantes – que inclusive deverão persistir neste restinho de janeiro – fazem surgir algumas imagens interessantes. Como aquelas captadas pelas lentes do drone de Marlon Sá Molin, que assina os registros pela MSM Imagens Aéreas.

Exemplo disso são as quedas d’água no chamado Salto Caveiras que, em momentos de estiagem, aparecem as pedras lisas e com pequenos fios de água escorrendo. Mas com as chuvas surgem cenas como essa acima…

As mesmas ‘Cataratas do Caveiras’ num ângulo um pouco diferente reforçando a força de água que escorre, afastando riscos de desabastecimento e deixando, como se diz no popular, o Rio Caveiras até a goela

Marlon Sá Molin aproveitou uma das estiadas do final de semana para os registros, inclusive aproximando o drone, como no destaque acima. Aliás, exemplo típico de imagem que somente é possível a partir da tecnologia que esses equipamentos não tripulados dispõem. Logicamente, com um bom operador e com a sensibilidade para retratar esses contrastes da Serra Catarinense.

P. S.

Os registros acima são exclusivas da MSM Imagens Aéreas e qualquer uso comercial dos mesmos deve ser precedido de autorização a partir de contato com Marlon Sá Molin em seu perfil do Instagram

Continue Reading
Geral

Suspeita de fura fila foi em Bom Jardim

SECRETÁRIO DA SAÚDE DO MUNICÍPIO FOI VACINADO, MAS NÃO SE ENQUADRARIA NO CRITÉRIO DE PRIORIDADE

Causou certa confusão, colocando em dúvida os procedimentos de aplicação da vacina contra a Covid-19 em municípios como São Joaquim, devido à denúncia de fura fila na área de abrangência da Comarca daquele município. Talvez por desinformação (vamos pensar na boa fé), o secretário de Saúde de Bom Jardim da Serra aparece numa foto recebendo a vacina. Pelas informações, ele não estaria no grupo alvo dessa primeira remessa. E, por causa disso, teria tido acesso ao medicamento de forma irregular. A Promotoria de Justiça analisa a situação e, caso se constate o desatendimento do protocolo de prioridades, o gestor poderá responder pelo fato.

Nesse registro do início da vacinação em Bom Jardim, o prefeito Pedro Ostetto (direita) confere a aplicação da primeira dose em profissional de saúde, que é o público alvo da remessa inicial

O QUE PREVÊ O PLANO DE IMUNIZAÇÃO

Segundo o cronograma do Governo do Estado, a vacinação dos grupos prioritários será em quatro fases, assim como orienta o Ministério da Saúde. A primeira fase consiste na imunização dos trabalhadores da saúde, idosos acima de 75 anos, pessoas com mais de 60 anos que moram em instituições de longa permanência e a população indígena.

OBSERVE-SE QUE…

Quando se fala em trabalhadores da saúde, a referência é àqueles que estão na linha de frente (médicos, enfermeiras, técnicos) atuando em UTI e atendimento direto a pacientes. O pessoal da área administrativa, que fica mais na retaguarda, sem necessariamente contato direto com pacientes, não se enquadra nessa prioridade.

EM TEMPO

Se naturalmente a Prefeitura de Bom Jardim da Serra, através da Secretaria Municipal de Saúde, tiver alguma informação que justifique que o gestor tenha recebido a dose, a gente faz questão de divulgar. Mas é importante reforçar que essa postura fiscalizatória do Ministério Público é bastante salutar para dar transparência e garantir o cumprimento dos protocolos de prioridade.

***

CONSTRUTORA TERRA LANÇA A

MODERNIDADE EM FORMA DE

AMBIENTE PARA BEM MORAR

Acesse o portal da Construtora Terra ou da Terra Imóveis e confira o lançamento do Residencial Bérgamo que será construído na Avenida Papa João XXIII, em terreno do Loteamento Parque das Araucárias.

SOBRE O NOVO EMPREENDIMENTO – O Residencial Bérgamo une referência em bem construir com as inovações que o mercado exige. Doze andares, sendo dois deles de garagens, com previsão de 79 apartamentos.

Continue Reading
Geral

Lages receberá doses de vacinas da Índia

“Ainda não sabemos a quantidade, mas teremos mais doses se somando àquelas já entregues”. Informação do prefeito Ceron sobre a chegada do lote de vacinas da Oxford-AstraZeneca que foram produzidas na Índia numa parceria com a Fiocruz.

LOGÍSTICA EM SC

As 47.500 mil doses chegaram na manhã de domingo no aeroporto de Florianópolis. O secretário de Estado da Saúde, André Mota Ribeiro, informou que seria feita a catalogação das doses, separação e distribuição pela via rodoviária (caminhões) e, se o tempo permitir, através de avião (aeronave dos Bombeiros). As doses chegam aos municípios nesta segunda-feira, 25.

Secretário André Mota (Saúde) no aeroporto da Capital recebendo a carga com o novo lote de vacinas em registro distribuído pela Secom/SC

QUANTAS DOSES

VIRÃO PARA LAGES?

Prefeito Ceron declarou que ainda não sabe quantas doses desse outro lote que chegou no Estado neste domingo, 24, virão para Lages. A gente pode fazer um cálculo estimativo, considerando a quantidade vinda na primeira remessa. Se forem mantidos os mesmos critérios, como Lages recebeu 1.810 doses de um total de 144.000 destinadas a Santa Catarina, agora viriam 597 doses das 47.500 entregues ao Estado. Mas é preciso aguardar a informação oficial!

Continue Reading
Geral

São Joaquim: Prefeitura emite nota

DENÚNCIA SOBRE FURA FILA NÃO DIZ RESPEITO À VACINAÇÃO NO MUNICÍPIO

Denúncia de não se seguir à risca o protocolo de vacinação na primeira remessa enviada aos municípios teria ocorrido em Bom Jardim da Serra. E assim a Promotoria da Comarca de São Joaquim distribuiu notificação padrão às prefeituras para que as áreas afins prestassem as informações técnicas sobre a vacinação.

De acordo com a nota e o teor do documento acima, o Ministério Público apenas pediu para “acompanhar os procedimentos de execução das ações de imunização contra o COVID-19”

E ASSIM…

A Secretaria de Saúde de São Joaquim ainda informa que ninguém está tendo privilégios e que preza pela observância dos critérios de prioridade e pelo cumprimento dessas regras e que está seguindo “à risca” todas as normas estabelecidos no informe técnico da Campanha Nacional de Vacinação para os grupos prioritários e demonstrará com total transparência as suas ações em todas as fases da vacinação contra o COVID-19.


Conteúdo da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Joaquim

Continue Reading
Geral

MP apura suspeita de ‘fura fila’ na Serra

A Promotora de Justiça da Comarca de São Joaquim (com abrangência em Urupema e Bom Jardim da Serra) solicitou às prefeituras desses municípios os dados e informações sobre as pessoas vacinadas nessa primeira remessa do medicamento contra a Covid-19. A Promotora Rafaela Bergman solicita a relação (nomes) dos imunizados e a que grupo prioritário pertencem.

SIM, HÁ SUSPEITA

O procedimento providenciado pela Promotoria de Justiça decorre de suspeitas que chegaram até o Ministério Público de que paciente não contemplado na prioridade absoluta (profissionais de saúde da linha de frente e idosos) possa ter sido vacinados. Naturalmente, não se trata de uma afirmação, mas uma averiguação.

IMPORTANTE QUE…

Tal postura do Ministério Público é salutar porque serve de alerta para que os entes públicos atendam absolutamente aquilo previsto em termos de protocolo do Ministério da Saúde, quanto ao alvo inicial do público a ser imunizado. Furar a fila, sem atender os requisitos, constitui crime de improbidade que cabe à Promotoria de Justiça investigar, instruir, denunciar e processar tanto quem recebe a vacina (sem o direito naquele momento) quanto os agentes públicos responsáveis pela aplicação da mesma.

Promotoria da Comarca de São Joaquim solicitou informações depois de surgirem suspeitas de ‘fura fila’ para acesso à vacina contra a Covid-19

***

TEM VACINA,

MAS AINDA NÃO É PARA TODOS.

POR ISSO FIQUE ATENTO…

Continue Reading
Geral

Fique de olho no novo piso em SC

VALORES VALERÃO NESTE ANO E TÊM QUATRO FAIXAS DE TRABALHADORES

Se você tem uma empregada doméstica com CTPS (Carteira de Trabalho) assinada e paga a ela o salário mínimo, saiba que há erro nisso. O trabalhador doméstico em Santa Catarina não deve ganhar o salário mínimo nacional, mas sim o chamado piso regional.

EXEMPLO DE VALOR

O valor era de R$ 1.215,00 até dezembro de 2020. A partir de janeiro o novo valor é de R$ 1.281,00. Caso você pague os míseros R$ 1.100,00 do mínimo, ela pode reivindicar essa diferença (entre o mínimo e o piso) sem qualquer hipótese de deixar de obter êxito na contenda.

NA MESMA LINHA…

Se o comerciante se basear exclusivamente no piso regional (embora possa pagar mais que isso), não deve desembolsar menos de R$ 1.404,00 a um trabalhador do comércio. Essa é a terceira faixa do piso regional, cujos valores são divididos em quatro faixas. Quem trabalha num condomínio ou numa clínica (serviços de saúde em geral), o piso passou para R$ 1.467,00.

Aqui está a tabela dos valores praticados atualmente e os novos valores definidos por entidades e que deverá ter aprovação da Alesc e sanção do governador Moisés

ENTIDADES QUE NEGOCIARAM

ESSES NOVOS VALORES

Entre os representados na negociação estiveram pelo lado empregador: Fiesc, Faesc, Fecomércio, Fetrancesc e Fehoesc. Os trabalhadores foram representados por entidades como a Fecesc, Fetiesc, Fetiaesc, Força Sindical, Nova Central dos Trabalhadores, UGT, CUT, Fetaesc e Dieese.

Continue Reading
Geral

Marcius e a ausência na Alesc

DEPUTADO NÃO PARTICIPOU DA VOTAÇÃO SOBRE JÚLIO GARCIA

Assunto político da semana foi a sessão extraordinária do parlamento catarinense que tornou sem efeito decisão da Justiça Federal que afastou Júlio Garcia do mandato de deputado, da presidência da Alesc e ainda impôs prisão domiciliar ao parlamentar do PSD. E ressoou o fato do deputado Marcius Machado (PL) não participar da sessão virtual sobre o assunto.

DEPUTADO ESCLARECE

Porque um filho seu não foge à luta (frase que Marcius prega), a ausência do parlamentar lageano na decisão sobre o destino de Júlio Garcia não ocorreu por outro motivo senão a impossibilidade estrutural de participar dos trabalhos. “Não fugi de minhas responsabilidades. Estava em trânsito e sem internet. Ademais, a convocação chegou às 15 horas para a sessão às 17 horas. Esse tipo de convocação teria que ocorrer com mais tempo. Não teria, não tenho e não terei qualquer razão para deixar de ajudar decidir sobre questões do parlamento catarinense. Quem me conhece sabe disso”.

Embora seu voto não fosse alterar o placar que devolveu cargo e mandato a Júlio Garcia, Marcius aponta que foi a impossibilidade estrutural e a convocação ’em cima do laço’ que impediram sua participação na sessão extraordinária e virtual

Continue Reading
Geral

PSD quer criar lideranças em Lages

HÁ UM DESERTO DE NOMES NA SIGLA PARA EMBATES FUTUROS

Excetuando o próprio Raimundo Colombo que pode até concorrer a Deputado Federal em 2022 (como pode ir ao Senado ou ao Governo), o PSD lageano é um partido que não ‘produziu’ lideranças na década que passou. A sigla, por exemplo, não tem um Lucas Neves, bom de voto, de leveza na lida com o eleitorado e pronto para empreitadas futuras. Não tem, mas precisa.

OBSERVE O CENÁRIO

Embora o Gringo não tenha nem fechado o primeiro mês do segundo mandato, o seu PSD precisa olhar lá na frente para tentar defender o legado (mais bom que ruim) que será deixado nesses oito anos. E daí que não aparece nenhum nome com o cacoete de líder. Poderia citar meia dúzia de nomes mais ou menos. Mas na política, mais ou menos geralmente é menos e não decola. Inclusive há dentro do PSD local guetos onde alguns querem o couro de outros, algo que ficou evidente na disputa da vereança.

DAÍ QUE…

O ex-governador Colombo, que tem mais visão política que várias meias dúzias do PSD, já notou esse deserto de nomes na paróquia. Tanto que na campanha, embora não tenha votado em Gerson dos Santos, fez questão de pedir votos ao ‘escolhido’. O almofadismo do presidente da Câmara talvez atrapalhe um pouco, mas nada que a vivência na prática não ensine.

E…

Nesse sentido, Colombo esteve proseando com Gerson nesta semana. Levou conselhos, sugestões e acenou que o PSD está precisando de gente que lidere. O presidente da Câmara está de olho nesse cavalo encilhado, mas precisa dosar para não exagerar na tentativa de se fazer líder. Até porque quando se foge muito da atuação natural, forçando situações, o eleitor logo reprova e a veiaquiada nas urnas é questão de tempo.

Ex-governador na prosa com Gerson dos Santos e aquela ideia de fortalecer alguns Boylombo para os desafios futuros na paróquia porque a política se constrói a cada dia e não apenas no calor da disputa eleitoral

Continue Reading