Economia

Moisés: Melhores contas ao TCE em 10 anos

APENAS SETE RESSALVAS NAS CONTAS DE 2019

Nunca antes na história da última década do Governo do Estado houve tanta fidelidade às exigências legais em relação às contas, como aquelas do primeiro ano de gestão do atual governador Carlos Moisés. O julgamento das referidas pelos conselheiros do TCE dá até um alento nesses tempos de angústia vividos pelo atual governador devido ao escândalo da compra de respiradores. Em 10 anos é o conjunto de compras aprovado com o menor número de ressalvas. Apenas sete.

Último ano do governo de LHS (2010) foram 19 ressalvas. No último ano de Colombo (2017) chegou-se a expressivas 22 ressalvas nas contas aprovadas pelo TCE. No ano passado são 7 ressalvas nas contas aprovadas pelos conselheiros do TCE/SC

Apesar do momento ruim decorrente do sangramento no noticiário da questão relacionada à compra de respiradores, que ainda vai render muita manchete, governador Moisés evidenciou na apresentação de contas ao TCE que seu primeiro ano foi de significava atenção no cumprimento do orçamento dentro dos parâmetros

***

OLHA O QUE ESPERA POR VOCÊ NO…

CORTES DE CARNES NOBRES DE ANIMAIS DE

CRUZA DA RAÇA ANGUS ABATIDOS NESTA SEMANA

Quinta-feira é dia de cortes nobres no Empório das Carnes. Abate atendendo critérios sanitários que garantem origem e qualidade. Esses animais precoces são resultantes da cruza com a raça britânica Angus. Você só encontra no Empório!

Continue Reading
Política Serra SC

Otacílio: Vice da oposição pode ser surpresa

PASOLD OU LEONIR SÃO PROVÁVEIS, MAS…

Do grupo de oposição que tentará derrotar aqueles que atualmente administram Otacílio Costa existe uma certeza e uma indefinição. A certeza é de que o pré-candidato a prefeito é o empresário Fabiano Baldessar (MDB). A indefinição é sobre quem será o candidato a vice. O nome mais provável é do vereador Edson Pasold (que trocou o PT pelo Podemos). Empresário Leonir Ribeiro da Silva, vereador mais votado em 2016 pelo PL, é o Plano B.

PORÉM

Informações de bastidores indicam que o grupo de oposição poderá apresentar uma surpresa na definição do vice de Baldessar. Significaria que o nome viria de uma terceira força partidária. Naturalmente não se antecipa essas costura, no aguardo, entre outras coisas, da data da eleição que atualmente é uma incógnita.

No costelaço do MDB deste ano a presença dos possíveis pré a vice (Pasold e Leonir), o maestro do partido em Otacílio Costa, Altamir Paes, além do vereador Luiz do Sindicato e Baldessar ao microfone. A oposição virá forte, mas sem vice definido ainda, até porque não há pressa para isso

***

TERRA IMÓVEIS TEM TERRENOS NO

LOTEAMENTO MAIS PRÓXIMO DO CENTRO

Se você for no site da Terra Imóveis (clicando aqui) vai encontrar terreno à venda nesse loteamento por R$ 131.760,00. Entre em contato com os consultores da Terra Imóveis e venha morar bem ou investir num empreendimento que atende todos os requisitos legais previsto nas normas sobre loteamentos urbanos. Ligue (49) 3226 2327

Continue Reading
Política Serra SC

Otacílio Costa: Burk é um dos três ao Paço

ISSO PELO LADO DO GRUPO QUE ADMINISTRA O MUNICÍPIO

Cumprindo o calendário eleitoral, porque somente disputará vaga na majoritária sem precisar, portanto, ter se desincompatibilizado lá no dia 4 de abril, o secretário da Agricultura em Otacílio Costa, João Burk, deixa a função. Ele foi exonerado na sexta-feira, 29, para ficar em condições de disputar o pleito. Isso mesmo. João Burk é o terceiro nome do grupo que atualmente administra Otacílio Costa para compor a chapa que sucederá a Tio Ligas.

QUEM SÃO ELES?

Além de João Burk do DEM, são pré-candidatos no mesmo grupo o atual vice-prefeito Pindaco (PP) e o vereador Robson Medeiros (PSDB). Dos três deve sair a parelha para ir às urnas.

Essa é uma das formações possíveis na disputa em Otacílio Costa, com uma chapa reunindo DEM e PP, com João Burk e Pindaco. Mas há um terceiro nome apto a integrar a majoritária que é do vereador Robson Medeiros (PSD).

Aqui Tio Ligas e a primeira dama, Ana Maris de Liz, com a dupla Pindaco e João Burk. O atual prefeito conclui oito anos de gestão em dezembro e um dos desafios é, naturalmente, tentar fazer o sucessor.

Continue Reading
Geral

Lages: Secretário da Saúde está com Covid-19

COVID-19 EM CLAITON CAMARGO ISOLA CERON

Informação é da própria Secretaria da Saúde de Lages de que um servidor que atua na referida pasta e o próprio secretário Claiton Camargo de Souza foram diagnosticados com a Covid-19.

CONSEQUÊNCIA NO GABINETE

Por conta do convívio constante nos despachos e encaminhamentos entre o secretário Claiton Camargo e o prefeito Ceron, adotou-se o protocolo de isolamento e monitoramento ao prefeito e aqueles que lhe servem diretamente no gabinete.

MONITORAMENTO PELO SUS

“O prefeito, o secretário e os assessores monitorados, assim como todo cidadão lageano eventualmente enquadrado nesta situação, serão acompanhados pela Central de Monitoramento da Covid-19 por meio do SUS. Todos estão bem, assintomáticos e continuarão trabalhando normalmente de suas residências”.

CERON EM QUATORZENTENA

Por conta da realidade da doença tão próxima ao prefeito, pelo fato de estar exposto desde o início da pandemia e ser do grupo de risco, Ceron ficará isolado e não poderá cumprir agendas externas por pelo menos 14 dias. “Embora já tenha sido negativado para o novo coronavírus em teste realizado recentemente”, diz a nota da Secretaria da Saúde.

Secretário da Saúde, Claiton Camargo, testou positivo para a Covid-19…

Pelo convívio próximo com o prefeito (ambos à esquerda), Claiton e Ceron cumprem protocolo de isolamento. Ceron já fez teste e deu não reagente. Embora ambos com máscara, como evidencia o registro, no final de maio, o secretário Claiton e o secretário de Estado da Saúde, André Motta, mantiveram agenda em Lages no Tereza Ramos

***

Continue Reading
Política

Repercute formação da CPI dos Aditivos

VEREADOR LUCAS FALA EM PERPLEXIDADE

Embora procure fazer pouco contato com a imprensa, optando pelo estilo de repercutir em rede social suas ações e opiniões, vereador Lucas Neves (PSL), disparou uma manifestação diante da postura do Presidente Vone de simplesmente nomear integrantes para a CPI dos Aditivos. “Recebi com perplexidade o ofício da presidência da Câmara indicando os membros da comissão”.

SEGUNDO LUCAS NEVES

“Em todas as outras CPI os líderes de cada partido puderam indicar seus representantes, o que garantia a plena participação democrática. Ao indicar os membros, sem consultar os líderes de cada partido, a presidência age de forma autoritária e anti-democrática, postura que repudio com veemência”.

MANOBRA?

Lucas Neves fala em manobra para atender pedidos do Executivo, “cujo objetivo foi garantir que o vereador Jair Júnior (Podemos), proponente da CPI, não participasse, tolhendo do vereador seu direito de investigar e fiscalizar possíveis irregularidades”.

Na qualidade de líder do PSL, Lucas Neves entende que caberia a ele e não ao presidente Vone definir quem do partido integraria a CPI. E assim, ao invés de Luiz Marin, que integra o PSL e foi escolhido pela presidência para integrar a Comissão, poderia ser outro vereador da sigla.

Continue Reading
Política

PSD ‘esqueceu’ de filiar Polaco

EQUÍVOCO EXIGIU AÇÃO NA JUSTIÇA

Advogados Silvano Willian Antunes e Silvano Cardoso Antunes foram os responsáveis pela peça judicial que buscou junto ao magistrado que responde pela 93.ª Zona Eleitoral, Juiz Alexandre Takashima, o reconhecimento de Ozair Coelho, Polaco, como filiado ao PSD de Lages. Ele era diretor da Secretaria de Agricultura, poderia ter se desincompatibilizado somente na sexta-feira, dia 29 de maio, mas deixou a função desde 4 de abril. Tudo para disputar uma das vagas na Câmara.

PORÉM

Polaco, embora devidamente filiado ao PSD (na visão dele, considerando documentos enviados), não aparecia na lista da sigla. Ele recorreu à ajuda dos advogados que protocolaram pedido de inclusão de nome na relação oficial de filiados da sigla. “A não inclusão se deve unicamente a erro da agremiação partidária, deixando de inserir a nova filiação, datada de 02/07/2019”, apontou o argumento, citando que tal situação frustrava a possibilidade do autor concorrer ao pleito deste ano.

DIANTE DISSO

O Magistrado constatou através dos documentos juntados que a filiação estava correta, embora não constasse da lista de integrantes da sigla. Assim, o Juiz Takashima deferiu a inclusão do nome, notificando o PSD nesse sentido. Os advogados que atuaram no caso até destacam que o partido foi solícito para ajudar na correção da situação. “Buscamos resolver o problema e não procurar um culpado. No final deu certo”, confirma o advogado Silvano Willian Antunes.

Dr. Takashima que responde também como Juiz Eleitoral da 93.ª Zona, interpretou as informações e deferiu o pedido de inclusão do nome do pré-candidato na lista de filiados ao PSD

Continue Reading
Cotidiano

Lageano joga até sofá no rio

AÇÃO APONTA QUEM ENTOPE OS RIOS URBANOS

Não se pode culpar unicamente excesso de chuva. Nem tão pouco a falta de ação da prefeitura. Está na ação dos próprios moradores boa parte da culta pelos transbordamentos em rios urbanos de Lages como Ponte Grande, Passo Fundo e o próprio Carahá. O problema está na significativa quantidade de lixo caseiro que é jogado nos rios ou córregos que desaguam nesses.

EXEMPLO PRÁTICO

Empresa Neovia, responsável pela manutenção da BR-282 desde a BR-116 até proximidades de Alfredo Wagner, colocou equipe para limpar a galeria formada embaixo do viaduto Ponte Grande – denominado Casemiro Colombo. O trabalho difícil da equipe dá ideia da quantidade de lixo doméstico que ficou retido na galeria.

TEM DE TUDO

De sacos plásticos e embalagens diversas até sofá, tudo ficou represado. Daí chove com mais intensidade, transborda e a culpa é do poder público. Mas os registros evidenciam que o responsável pelo problema, infelizmente, é o cidadão.

São registros até desagradáveis, mas cujo represamento desse material contribui para alagamentos…

Observem a tarefa árdua da equipe que atua na empresa Neovia para realizar a faxina no rio Ponte Grande antes da chegada na galeria do viaduto

Aqui mais esforço para retirar até pedaços de lataria e ferro jogados no rio

Equipe da Secretaria do Meio Ambiente e Serviços de Lages ajudou na limpeza, inclusive carregando o sofá que algum abençoado jogou no rio ou em suas imediações e a água carregou para a galeria

Depois da limpeza, o rio Ponte Grande, antes de chegar à BR-282 recebeu desassoreamento. Naturalmente que em se continuando a jogar lixo, a tendência é futuramente haver novo represamento no local. E nem se pode soltar o cusco nos que jogam o lixo no rio, porque isso é apenas uma questão de consciência e educação.

Equipe da empresa Neovia trabalha na colocação de proteção lateral na galeria para evitar erosão. Essa contenção evita a queda de terra e pedra na passagem do rio sob o viaduto. Mas para a água escoar sem limitador só mesmo sem lixo engasgando a boca da galeria!

Fotos: Cláudio Pereira – Rádio Clube FM 98,3 (Lages)

Continue Reading
Política

Câmara e a ausência de vereador em CPI

PROPORCIONALIDADE PARTIDÁRIA NORTEOU FORMAÇÃO

Antes de pegar o avião para a audiência da tarde de quarta-feira, 02, no DF, presidente Vone assinou a deliberação sobre a formação da CPI dos Aditivos. Num despacho de quatro laudas, através da costura técnica feita pela sua assessoria jurídica, presidente Vone observou que atualmente na Câmara de Vereadores há a seguinte composição: PSL (4), PSD (3), Podemos (2), MDB (2) e PDT (2). Ainda o Cidadania, PSC e DEM possuem um vereador cada.

PROPORCIONALIDADE NA CPI

De acordo com o despacho, observando o critério de proporcionalidade constante do Regimento Interno da Câmara, coube ao PSL indicar um vereador (Luiz Marin), PSD outro integrante (Gerson dos Santos), os partidos com seis vereadores (PODE, MDB e PDT) indicaram dois (Amarildo Farias e Davide Moro) e o grupo de PSC, DEM e Cidadania outro componente, João Maria Chagas. Para Jair Júnior, que reclamou ter ficado fora da comissão, acessar à CPI como integrante, careceria de Amarildo ou Davide declinarem de compor a mesma.

Amarildo Farias (foto) e Davide Moro pelo MDB ocupam na proporcionalidade partidária da Câmara o espaço reivindicado por Jair Júnior. Naturalmente, nada impede do vereador do Podemos ajudar municiar o trabalho com informações, mas não pode dar pitaco sobre procedimentos

Continue Reading