Cotidiano

A falta d’água no Condomínio Ponte Grande

Não é vida o que as 200 famílias estão enfrentando no condomínio Ponte Grande. Eles passaram o final de semana com as torneiras sem uma gota d’água. E a razão do desabastecimento, de acordo com as informações recebidas, foi a irresponsabilidade de uma empresa. Na sexta-feira, 24, a empresa que executa obras de pavimentação numa rua cuja rede abastece o condomínio, acabou detonando com a tubulação. Aqueles que fizeram o estrago não comunicaram a Semasa.

CONSEQUÊNCIA

No sábado houve contato no telefone 115 e os técnicos plantonistas que realizam o trabalho de reparo, passaram a percorrer as imediações até localizar o problema. Até isso ocorrer, as caixas d’água foram gastas e os moradores acabaram convivendo com o desabastecimento.

POR FALAR EM PONTE GRANDE…

Esse é o trecho do rio Ponte Grande desde a Avenida Presidente Vargas até a BR-282. O referido rio serve de divisa entre os bairros Santa Maria e Jardim Cepar. No lado direito do rio, sendo avenida à rodovia, não precisa desapropriação para a implantação da avenida, cuja pavimentação é apenas uma das providências que integram o projeto do chamado Complexo Ponte Grande.

Continue Reading
Cotidiano

Risco anunciado para ciclistas ali na BR-282

Mire bem de longe essa imagem…

A velocidade é de 70 km/h na BR-282 saída em direção a Floripa…

Respeito enorme a esse ciclista, que inclusive pode ser um dos amigos da gente que pedala nas rodovias da Serra Catarinense. Mas o risco de acidente com consequências graves é grande diante dessa prática.

ASSIM

Temos que considerar a imprudência que caracteriza boa parte dos motoristas e também a hipótese de uma frenagem repentina de um veículo pesado como aquele que segue a frente.

NA SERRA

A quantidade de ciclistas percorrendo rodovias federais e estaduais é bem significativa. Todos adotam os aparatos de segurança nas vestimentas, mas além de se cuidar carece de ficar atento ao movimento do trânsito. Há placas de alerta informando sobre a presença de ciclistas em alguns trechos e, em outros, existe inclusive aquele lembrete da distância de 1,5 m a ser mantido pelos veículos de quem está pedalando. Mas no caso das fotos acima, o risco é flagrante!

Continue Reading
Cotidiano

Nesta segunda, 27, tem placa nova na praça

Há confusão e desinformação sobre as novas placas do mercosul que os veículos passam a adotar a partir desta última segunda-feira de janeiro de 2020. O mais importante é saber que quem tem veículo devidamente emplacado com aquelas tradicionais não precisa fazer nada. Nada muda!

O QUE MUDA?

São apenas os veículos novos que saírem ali da Globo Fiat, da Autoplus ou de outra concessionária que revende veículo zero bala que têm que receber o novo modelo de placa.

SÓ ESSES?

Não. Além dos veículos novos que recebem o emplacamento pela primeira vez, quem comprar veículo usado, ao fazer a transferência vai na empresa de vistoria confirmar a procedência e, ao emplacar, terá que adotar o novo modelo.

QUANTO CUSTA?

Não temos a informação exata. Mas um colega dono de oficina em Lages estimou em R$ 300,00 o par de placas desse novo modelo. O anterior custa a metade disso.

MUDA A COR?

Não haverá mais mudança de cor do fundo da placa de acordo com a categoria do carro: Todas serão brancas. O que vai mudar é a cor das letras:

Prateadas: para colecionadores;

Vermelhas: para os comerciais;

Pretas: para carros de passeio;

Douradas: para diplomáticos;

Verdes: para carros em teste;

Azuis: para veículos oficiais.

Para entendermos mais sobre a placa que já emplaca alguns veículos e que os novos e transferências passam a ser obrigatórios, o modelo acima que colhemos da internet é exemplificativo

Continue Reading
Cotidiano

Senhoras ficaram presas no cemitério

Naturalmente que a gente não relata o caso para expor as senhoras, mas apenas para que o episódio sirva de alerta. Foi na verdade uma ocorrência curiosa o fato de três senhoras terem adentrado ao cemitério Nossa Senhora da Penha para fazer orações a entes queridos ali sepultados e, ao tentarem deixar o campo santo, encontrarem o portão fechado com cadeado.

Vereador Chagas foi em socorro das senhoras que quando tentaram sair eram 19h15min

O QUE ACONTECEU?

Na verdade o cemitério fecha às 18 horas e haveria uma placa indicativa de horário no portal. Elas não observaram o horário e nem sabiam que o portão era trancafiado. Daí ocorreu o inconveniente. Mas para que a coletividade tenha conhecimento, o cemitério fecha às 18 horas com cadeado. E essa providência ocorre exatamente para proteger túmulos e estruturas internas da ação de vândalos.

Continue Reading
Cotidiano

J. Amarante dá um hasta la vista à Clube FM

“Se tivéssemos conversado antes dele tomar a decisão, tentaríamos fazê-lo pensar um pouco mais”. Palavras do diretor presidente do Grupo SCC, Roberto Amaral, depois de dialogar com o próprio comunicador J. Amarante, o Dico, que está se despedindo da Rádio Clube FM 98,3 e também das atividades radiofônicas.

 O comunicador disse que optou pelo recolhimento das atividades, priorizando um pouco o convívio familiar, além de outras razões de ordem pessoal.

J. AMARANTE NA COMUNICAÇÃO EM LAGES

Crescemos ouvindo J. Amarante nos tempos da Rádio Difusora AM quando a emissora funcionava ali na Avenida Camões. Depois da atuação na emissora ele se transferiu para a Rádio Clube AM e atualmente FM mantendo aquele seu estilo de comunicação leve, mas cheia de conteúdo. A história de J. Amarante é mais antiga na comunicação lageana e também teve passagens na vida artística onde foi vocalista de grupos musicais.

CLUBE INTERATIVA E HORA DA CORNETA

Na Clube FM 98,3 o comunicador J. Amarante é responsável por emprestar a voz ao momento de fé das 18 horas: A Oração da Ave Maria. Antes, no período da tarde ele comanda o Clube Interativa juntamente com o colega Élcio José. Conosco e com Adilson Oliveira, J. Amarante é o âncora do programa informativo e descontraído A Hora da Corneta das 18h15min. Nem precisa escrever, mas mesmo sendo substituído por algum outro colega, porque a vida segue, J. Amarante deixa uma lacuna gigante no rádio lageano. Pelo talento e pelo ser humano que é!

EM TEMPO

Nesta quinta e sexta-feira, 23 e 24 de janeiro, são os dois últimos dias de presença de J. Amarante na programação da Clube FM 98,3. 

Continue Reading
Cotidiano

UPA e Seara do Bem: Uma semana depois…

Existem algumas mudanças que parecem injeção: A expectativa é mais angustiante que a aplicação da vacina. Embora seja ainda prematuro para apontar como encaminhamento absolutamente ausente de transtornos, a primeira semana do serviço de atendimento não urgente na UPA transcorreu sem incidentes. Graças a Deus!

OCORRE QUE…

O período que antecedeu a mudança foi acompanhado de uma postura resistente que passava a impressão que a providência traria o caos. Mas desde a terça-feira da semana passada, dia 14, casos não urgentes de crianças com mais de 40 dias de vida são atendidos na UPA. Urgência e emergência seguem no hospital Seara do Bem.

DISCURSO POLÍTICO

Embora a alteração tenha ocorrido por razão técnica, devido a assinatura de um TAC com o Ministério Público (lá em 2016) e exigência do Ministério da Saúde, para fazer o repasse mensal na ordem de R$ 300 mil para ajudar custear os serviços, o assunto virou debate político. Mais que analisar a questão técnica, alguns vereadores lideraram a contrariedade. Isso contribuiu para gerar angústia nas pessoas, diante da pregação de que a alteração seria o caos.

CLARO QUE…

Como estamos falando de um setor que convive com realidades diferentes a cada dia – demanda de pacientes, eventuais defasagem de profissionais para atender – não dá para dizer que tal alteração deixará de registrar um ou outro problema. Mas situações administráveis, pelo que se constata.

E…

Se ao invés de criticar a mudança, que não era opcional ao poder público, aqueles que combateram tivessem ajudado a orientar e divulgar, a comunidade estaria ainda mais sintonizada sobre onde levar as crianças diante deste ou daquele quadro clínico.

O hospital infantil segue referência no atendimento de urgência e emergência e também de crianças com qualquer diagnóstico até 40 dias de vida. A instituição atende não apenas Lages, mas todos os municípios da Serra Catarinense e de outras partes do Estado.

Continue Reading
Cotidiano

Saúde em Lages: Campanha simpática

Exemplo da minha família: Minha mãe precisava ir ao então Pronto Atendimento lá se vão duas filhas, três netas, o vizinho e meu pai. Essa multidão em nada adiante para ajudar a melhorar o estado de saúde de uma pessoa. Quando se trata de criança então, ainda é maior o número de ‘auxiliares de deslocamento’: Pai, mãe, avó, irmão, madrinha e assim por diante.

CAMPANHA SIMPÁTICA

É esse tipo de comportamento que uma campanha tenta conscientizar as pessoas. É compreensível a angústia e a preocupação com o ente que precisa de atendimento na UPA ou na UBS. Mas não é o deslocamento em grande número para acompanhar o enfermo que tornará o atendimento mais rápido ou mais eficaz.

O recado simpático para tentar reduzir o volume de pessoas na UPA e nas UBS dos bairros porque com um ou dois acompanhantes, o paciente tem o mesmo atendimento e as coisas se resolvem sem aglomeração

Continue Reading
Cotidiano

Cobra, radar e milagre: A semana na Serra

Janeiro não tem sido aquele mês parado em termos de ocorrências e acontecimentos na Serra Catarinense, contrariando a tendência de outros anos. Da estiagem a fatos policiais, duas cenas chamaram a atenção nesta semana.

Uma delas foi esse urutu de mais de um metro de comprimento encontrado no saguão do aeroporto na localidade de Águas Sulfurosas em Correia Pinto. Bombeiros capturaram a cobra e a devolveram ao habitat. Onde há cobras é porque os vestígios humanos são mais raros. Daí nem precisa falar nada sobre o referido aeroporto…

Na estrada entre Campo Belo e Cerro Negro essa cena chama atenção. Uma colisão envolveu o veículo que aparece em pedaços e uma caminhonete. Graças a Deus que foram apenas susto e escoriações. Mas pela cena dá para dizer que o anjo da guarda do motorista do veículo de uma empresa de Lages não estava de férias!

 

LOUCURAS NAS VIAS DE LAGES

Também não estão de férias os agentes de trânsito de Lages. Em uma das operações com radar da semana o condutor desse veículo Hyundai foi flagrado a mais de 100% do limite de velocidade numa das avenidas de Lages onde as placas indicam os 60 km/h. Nesse caso a multa  é de R$ 881,40 e suspensão da CNH!

Igual punição terá o condutor desse possante trafegando a mais de 150 km/h no Acesso Norte de Lages onde o limite é de 80 km/h

Continue Reading