Cotidiano

IMA autoriza aproveitamento de árvores

ÁRVORES NATIVAS QUE CAÍRAM COM CICLONE

Conselho Estadual de Meio Ambiente de Santa Catarina (Consema) aprovou nesta terça-feira, 07, resolução que autoriza o aproveitamento da madeira das árvores derrubadas ou danificadas pelo ciclone. Em caráter excepcional, a norma, elaborada pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA), levou em consideração a necessidade de material de construção, em especial de madeira, para reparos e reconstrução de moradias e outros locais.

SERÁ ASSIM

Com a aprovação da norma, é possível remover ou utilizar este material lenhoso de menor custo, das próprias árvores derrubadas ou danificadas por ação do temporal, sem autorização prévia do órgão ambiental, como ocorre em outros casos. Entre os critérios para retirada e aproveitamento do material gerado pelo ciclone destacam-se:

– o material lenhoso deverá ser utilizado em reparos e reconstrução de benfeitorias ou para local de uso diferente da propriedade, quando se tratar de doação da madeira para obras públicas emergenciais ou de assistência social;

– situações onde o material esteja interrompendo ou obstruindo passagens em rodovias.

AINDA

Os critérios são válidos para o reparo dos danos. Não é permitido o uso comercial direto ou indireto, de espécies da flora nativa provenientes de formações naturais, para consumo nas propriedades rurais. O responsável pelo aproveitamento do material lenhoso terá um prazo de até 30 dias após a utilização do material para a entrega dos documentos junto ao órgão ambiental, entre eles, croqui da propriedade e levantamento fotográfico que caracterize os danos causados pelo vendaval.

Significa que árvores como essas ilustradas aqui na página poderão ser utilizadas na propriedade para reparar danos

Continue Reading
Cotidiano

Cidades recebem telhas do Estado

EM LAGES COBERTURA FOI DIRETO ÀS FAMÍLIAS

Visita do Secretário da Defesa Civil do Estado, João Batista Cordeiro Júnior, no dia seguinte ao ciclone aqui na Serra Catarinense não foi somente uma benzida. Depois do levantamento das necessidades urgentes, a partir de relatórios recebidos, a estrutura estadual enviou cargas de telha de fibrocimento a municípios atingidos.

As telhas emergenciais atendem residências como essa, cuja família tem dificuldades de repor a cobertura. São 200 famílias ao todo. Aqueles não atendidos nesta primeira carga (de domingo) serão contemplados na segunda carga

Todas as doações são catalogadas para integrar um relatório da entrega do material no trabalho conduzido pelos técnicos locais da Defesa Civil

Na manhã de domingo, prefeito Ceron e o vice Polese acompanharam o descarregamento das telhas. Os registros e a divulgação visam dar transparência nesse procedimento de entrega, afastando qualquer hipótese de conotação política aos atos

AJUDA PARA ANITA GARIBALDI

Além de Lages, outros municípios atingidos pelo ciclone também receberam telhas de fibrocimento da Defesa Civil do Estado. No final da manhã de domingo parte de uma carga chegou em Anita Garibaldi. O próprio prefeito João Cidinei acompanhou o descarregamento para atender as famílias a serem beneficiadas por essa ação com a ajuda do governo.

O descarregamento de parte de uma carga de telhas de fibrocimento para ajudar às pressas as famílias que tiveram residências atingidas pelo ciclone

Fotos: Iran Moraes e Ary Barbosa Filho (Lages) e Divulgação (Anita)

Continue Reading
Cotidiano

Árvores no chão: Ninguém toca no assunto

APROVEITAMENTO DA MADEIRA CAÍDA É BUROCRÁTICO

Nenhum vereador, prefeito ou quem quer tenha poder de gestionar junto aos órgãos responsáveis levantou a voz para defender o proprietário de áreas rurais que viu grande quantidade de árvores nativas ao chão, após a passagem do ciclone. Ocorre que a burocracia para aproveitar a madeira dessas árvores que foram ao chão é tão grande, que às vezes, é melhor deixar apodrecer.

DAÍ QUE…

Internauta compartilha imagem e pondera, ao analisar a informação de que a Secretaria da Agricultura de Lages está inventariando perdas no meio rural para ajudar atingidos:

“Medida urgente é o aproveitamento da madeira em muitas propriedades para uso próprio. Existem muitos pinheiros e madeira nativa caída nas propriedades. A utilização seria uma medida para minimizar o sofrimento deste povo. Chega de “burrocracia”, bastaria fotografar as árvores com raízes e serrar, pedir licença em uma hora de pandemia e desastre é algo impensável”.

Essa é a imagem compartilhada dando ideia da quantidade de pinheiros araucárias caídos pela ação do vento. Dá para cortar e beneficiar isso? Pela burocracia existente, não é recomendável.

Mas era preciso rever os trâmites e permitir o uso da madeira para benefício dos próprios produtores rurais, com a utilização em cercas, galpões, residências e assim por diante.

Continue Reading
Cotidiano

Clube FM reforça foco no conteúdo

EMISSORA REFORÇA ATUAÇÃO LOCAL E REGIONAL

Mês de julho começou com o Diretor de Produto do Grupo SCC – que a Clube FM 98,3 integra – Beto Amaral, repassando à equipe da emissora de rádio o desafio de reforço nas estratégias de apurar informações e compartilhar com a velocidade que as ferramentas permitem ao público ouvinte e aos seguidores da emissora nas redes sociais. Foco é fazer com que uma emissora que chega em agosto aos 73 anos mantenha sempre reforçado o compromisso de informar de forma ágil, moderna, atualizada e, principalmente, com credibilidade.

MUDANÇAS NA EQUIPE

As mexidas na equipe têm sido comum nos meios de comunicação, quer em âmbito nacional, estadual e também local. Coordenador de Conteúdo, Flávio Fernandes, deixou a Clube FM. Saiu agradecendo aos nove anos de aprendizado e com foco em nossos desafios. Deverá retornar à função o jornalista Ioton Neto. ‘Lageano de São Joaquim’ o jornalista deixou a emissora para uma incursão pela Europa, especialmente a Itália. Depois retornou ao jornalismo catarinense e agora reassumirá a função.

CONTEÚDO LOCAL E REGIONAL

Não porque o Correio Lageano encerrou atividades, mas também por isso, a Clube FM reforça o foco de atender o público que busca conteúdos locais e regionais. Muitos desses conteúdos inclusive se tornam notícias em páginas de internet (blogs, portais) apurados pela equipe da Clube FM. Para reforçar a apuração de informações, evitando ao máximo conteúdo em desacordo com a realidade, a Clube FM contratou a jornalista Suzana Küster, oriunda do próprio Correio Lageano, que reforça esse profissionalismo cuidadoso da emissora.

DA COVID ÀS ELEIÇÕES

Nessa linha de apuração de informações, fidelização do público com conteúdo de credibilidade, a Clube FM foca nesse segundo semestre a manutenção do cuidado com a pauta da Covid-19 (derrubando fake news e orientando a população), bem como a pauta das eleições municipais em Lages e na Serra. “A Clube FM não tem lado partidário. Nem quando fui candidato a prefeito na eleição passada a emissora deu tratamento diferenciado”, repete sempre que aborda a imparcialidade da emissora, o diretor presidente do Grupo SCC, Roberto Amaral.

Sobre a atuação cotidiana da rádio, Amaral repete uma frase ouvida do vice-presidente da República quando de palestra em Florianópolis. “A Rádio Clube é porta voz dos governados e não dos governantes”.

Continue Reading
Cotidiano

Lages vai inventariar perdas no meio rural

LEVANTAMENTO PARA AJUDAR ATINGIDOS

O galpãozinho já estava pela bola oito e o assoprão da terça-feira, 30, encarregou-se de inviabilizar que uma estrutura assim volte a ser ocupada…

…Mas pense no sustão dos viventes vendo a cobertura sendo retirada com a força do vento, entortando a casa e galhos de araucária voando por todos os lados!

INTERIOR BEM ATINGIDO

Registros acima dão ideia de que o ciclone trouxe susto e destruição no meio rural. Por causa dessa realidade, bem às pressas, a Secretaria da Agricultura de Lages está fazendo levantamento dos dados e perdas nas localidades do interior. Secretário Osvaldo Uncini determinou que técnicos da secretaria se desloquem in loco, propriedade por propriedade, fazendo os levantamentos. “Vamos estender a mão naquilo que estiver ao nosso alcance. É uma situa absolutamente anormal que exige nosso acompanhamento e providências”, observou Uncini.

Uncini com Lages nas costas (o mapa, no caso) e a mobilização dos técnicos da Secretaria de Agricultura para um levantamento mais minucioso da situação na área rural do município

Fotos: Robinson Spuldaro – Secretaria da Agricultura de Lages

***

EMPÓRIO DAS CARNES INFORMA:

TEMOS OS MELHORES CORTES

PARA O SEU CHURRASCO

Abate dentro dos mais rigorosos padrões sanitários para garantir qualidade no produto que você leva para casa. Empório das Carnes na Avenida Carahá!

Continue Reading
Cotidiano

Confirmada ‘calamidade pública’ em SC

DECRETO ASSINADO PELO GOVERNADOR MOISÉS

Mesmo em isolamento devido ao diagnóstico da Covid-19 o governador Carlos Moisés tem gerenciado a crise decorrente do ciclone da terça-feira, 30. Contabilizados pelo menos 152 municípios afetados pelos ventos fortes e temporais – mais da metade dos municípios catarinenses – após contabilizar estragos e realidade, o governador assinou o decreto de calamidade pública.

Por videoconferência o governador participou de uma conversa com integrantes do Fórum Parlamentar Catarinense, Fecam e Alesc. Ele observou que o decreto de calamidade busca dar celeridade ao processo de busca de recursos junto ao Governo Federal.

CALAMIDADE POR AJUDA

Disse o governador Moisés que…

“Precisamos encaminhar isso o mais brevemente possível para Brasília para que possamos ter um retorno por parte do Governo Federal. O objetivo do Governo do Estado, por meio da Defesa Civil, é que haja celeridade nas respostas. Agradecemos o empenho da bancada catarinense nesse momento e colocamos a estrutura do Estado à disposição”.

AINDA NA VIDEOCONFERÊNCIA

O chefe da Defesa Civil, João Batista Cordeiro, relatou aos parlamentares que os chefes dos prefeitos têm entrado em contato para relatar os estragos em suas cidades. Segundo ele, neste primeiro momento, o Governo tem priorizado a assistência humanitária, com a distribuição de lonas. Também serão repassadas telhas e cestas básicas. Batista enfatizou ainda que a Defesa Civil está elaborando o plano de trabalho solicitado pela Alesc para a destinação dos R$ 30 milhões. O trabalho deve ser finalizado ainda nesta semana.

No dia seguinte ao ciclone em Santa Catarina, o secretário João Batista Cordeiro estava em Lages. Aqui conversou com o prefeito Ceron colhendo as demandas não só da cidade, mas da Serra Catarinense

Continue Reading
Cotidiano

Atualizando velocidade do vento em Lages

INFORMAÇÃO INICIAL ERA DE 130 KM. AGORA 90 KM/H

“A população de Lages foi surpreendida no início da tarde desta terça-feira (30 de junho), por volta de 14h30min, por um temporal com ventos que chagaram a mais de 90 quilômetros por hora. A chuva com rajadas fortes de vento, relâmpagos e trovões se prolongou por cerca de uma hora”.

Essa é a informação atualizada na manhã de quarta-feira, 01, sobre o fenômeno que atingiu Lages. Ao invés dos 130 km/h informados anteriormente, tendo como fonte da Defesa Civil da cidade a Epagri/Ciram, os dados de agora indicam 90 km/h. Até porque, pelos dados oficiais, em nenhuma região do Estado os ventos foram além dos 120 km/h.

Rede de energia afetada, trânsito interrompido, realidade comum em muitas vias de Lages devido à força do vento

MAIORES PICOS DO VENTO EM SC

Dados são da Defesa Civil Estadual e indicam os maiores picos de vento, com velocidade além de 90 km/h. Dos oito maiores registros, quatro deles foram em municípios da Serra Catarinense:

Morro da Igreja………120 km/h

Tangará………………….111km/h

Chapecó……………….108 km/h

Urupema………………104 km/h

Campo Belo do Sul..100 km/h

Água Doce…………….98 km/h

São Joaquim………….96 km/h

Xanxerê………………..90 km/h

Maior velocidade do vento foi registrada no Morro da Igreja, interior de Urubici, onde fica a base da aeronáutica Cindacta II. Ali o vento chegou a 120 km/h pelos dados oficiais da Defesa Civil de SC

***

NADA DE RESIDIR LONGE DE TUDO,

VENHA MORAR PERTINHO DO CENTRO.

E SEM PAGAR CONDOMÍNIO MORANDO EM CASA!

Quer morar pertinho do Centro num local absolutamente estruturado. A imagem acima é real e não de maquete. Tudo assim, organizado, pertinho de tudo, inclusive da natureza. Residencial Parque das Araucárias com unidades à venda na Terra Imóveis – Registro de Incorporação 37597

Informações: contato@terraimoveisltda.com.br

WhatsApp: (49) 99149 2327

Continue Reading