Cotidiano

Uma agenda ao hospital Tereza Ramos

A informação ainda não é oficial porque não consta dos comunicados do Governo do Estado. Mas o secretário de Estado da Saúde, Coronel Zeferino, estaria com agenda programada para a semana que começa na cidade de Lages. A pauta da presença seria relacionada a desdobramentos para colocar a nova ala do Hospital Tereza Ramos em funcionamento.

O QUE EXISTE DE FATO?

Há uma estrutura física pronta e à disposição dos gestores públicos para entrar em funcionamento de forma gradativa. Ali seriam disponibilizados leitos hospitalares e outros setores que desafogariam o atendimento na Serra. Na semana que passou o próprio governador Carlos Moisés respondeu a uma indagação no perfil Lages do Futuro do Instagram, informando que nos próximos dias haveria novidade sobre a nova ala do Tereza Ramos. A torcida é para que a novidade seja a presença do Secretário de Estado da Saúde na cidade, com anúncios de providências.

Registro de arquivo da primeira visita de Zeferino como Secretário de Estado da Saúde numa visita ao prefeito Ceron e à Secretaria Odila

SITUAÇÃO BEIRA O INSUSTENTÁVEL

Na noite de sexta-feira, 13, a própria secretária Odila Waldrich, compartilhou conteúdo em sua rede social onde pede uma espécie de socorro à realidade existente na UPA. É que duas dezenas de pacientes aguardavam internamento hospitalar, ocupando espaços na UPA até a liberação de leitos. Embora não seja tarefa do município tal providência, uma estrutura básica hospitalar está montada na Unidade de Pronto Atendimento, enquanto não se libera leitos (pela falta desses, naturalmente). Daí a urgência no funcionamento da nova ala que está praticamente pronta e que depende apenas de decisão e gestão sobre a operacionalização da mesma.

Unidade de Pronto Atendimento tem funcionado como uma espécie de hospital de transição, onde pacientes que precisam de internamento, aguardam pelo surgimento de leitos nos hospitais da cidade. Não é função do município tal providência e nem recomendável para os pacientes. Mas liberá-los para voltar para casa e ficar esperando leito não é a solução, por causa de suas situações de saúde absolutamente frágeis. De fato é uma situação que beira o insustentável!

Continue Reading
Cotidiano

Viatura de Agentes colide em ocorrência

Embora se respeite documento interno da Diretran ao baixar uma circular proibindo que Agentes de Trânsito façam ‘acompanhamento’ de motoristas em situação suspeita até a abordagem, é questão de trânsito e não de segurança pública tal prática.

FALTA DE NOÇÃO

Exemplo da falta de noção nessa proibição é que um motorista bêbado ao ser flagrado pelos Agentes, simplesmente engata a marcha e segue a vida. Já que a viatura estaria proibida de se deslocar, acompanhando o pinguço. Da mesma forma, condutor abordado com arma, drogas e até sem CNH, simplesmente ignora a determinação de parar e segue.

LOGO

Não faz sentido a determinação do não acompanhamento a veículos que abordados, ignorem a ordem do agente da autoridade de trânsito. Se a questão for preparo e treinamento do Agente de Trânsito, cabe ao gestor da Diretran articular mais isso. Argumento de que um acompanhamento coloca em risco a segurança dos agentes e cidadãos é questionável. Até porque o abordado deve responder por seus atos – e prejuízos – se ignorou a determinação de parar, ordem oriunda de autoridade competente, no caso os Agentes.

CASO DE HOJE

Agentes de Trânsito fizeram um ‘acompanhamento’ após abordarem um veículo, cujo condutor – segundo as informações – estava sem CNH e o veículo com documentação em desacordo. Pelos dois fatores, em sendo verdadeiro, percebe-se a razão do não atendimento à abordagem. Deixar o condutor evadir-se é dar ao infrator o prêmio pela incorreção.

Registro da ocorrência que pegamos do grupo Notícia no Ato onde a colisão sequencial decorreu, segundo relatos, do não atendimento à abordagem pelos Agentes de Trânsito

PREFEITURA SE POSICIONA

Nota expedida pelo Paço informa que o prefeito Ceron determinou abertura de sindicância e abertura de processo administrativo para apurar o ocorrido. Da mesma forma determinou que os agentes atuem apenas em serviços burocráticos até a conclusão do procedimento. A Diretran fez compartilhar a circular proibindo perseguições e acompanhamentos pelos Agentes.

PREFEITURA NÃO INFORMOU MAS…

Os Agentes de Trânsito estão treinados e capacitados para condução de veículos em situações de urgência e emergência, incluindo, portanto, na situação decorrente do episódio da manhã de quarta-feira, 11. E em oito anos de existência da estrutura com Agentes de Trânsito esse foi o segundo acidente do gênero. E essa tolice de proibir ‘acompanhamento’ pelo gestor da Diretran é coisa de menos de 60 dias.

ATUALIZANDO

Informava que o condutor do veículo estava sem CNH. Porém, o motorista se quer era habilitado. Ou seja, nunca teve o documento de porte obrigatório!

Continue Reading
Cotidiano

Esgoto: Lages estuda redução até para 40%

Conteúdo abaixo se refere à ideia do prefeito Ceron de estabelecer uma tarifa mais módica para o esgoto em Lages. A rede coletora chegou a 5 mil moradias nos bairros da parte Sul de Lages. Muitos residentes são famílias de baixo poder aquisitivo.

 Ceron teria prometido, numa conversa em gabinete, taxar em apenas 40% do consumo de água o valor da tarifa de esgoto. Isso significaria a metade dos atuais 80% cobrados.

ESTUDO EM ANDAMENTO

Secretário Jurandi Agostini (Semasa) nos disse que existe esse estudo em andamento. “É fato que a tarifa remunerará o serviço, atendendo ainda critérios sociais às famílias de baixa renda. Mas por determinação do prefeito Ceron iremos apresentar esse estudo para trabalharmos com um percentual reduzido. Isso deve ser apresentado nos próximos dias”, cita Jura.

Lages cobra atualmente 80% de tarifa de esgoto. Esse percentual deve ser revisto. Não se sabe se a redução será para toda a cidade ou aos bairros periféricos atendidos com tratamento de esgoto, considerando critérios sociais devido a existência de famílias predominantemente de baixa renda

Continue Reading
Cotidiano

O controle de produtos licitados no Paço

É curioso e interessante o trabalho que alguns setores da prefeitura de Lages realizam para conferir qualidade e quantidade de produtos licitados. O filtro é para que aquilo adquirido através de pregões e outras modalidades licitatórias seja entregue de acordo com o especificado. Se em outros tempos o Observatório Social fazia esse acompanhamento, agora os próprios órgãos internos reforçam a fiscalização.

EXEMPLO DISSO

Na conferência do material entregue à Secretaria de Meio Ambiente e Serviços, a equipe do Secretário Delfes foi conferir os itens licitados e fornecidos. Apenas a título de exemplo, o papel higiênico (que é disponibilizado em banheiros públicos) pedia rolos grandes de 300 metros e 10 centímetros de largura. Na conferência, foram entregues rolos com 184 metros e a altura também inferior ao licitado.

Aqui está o rolão com descritivo de 300 metros e, na conferência, não chegou nem a 200 metros…

Aqui está a medição apontando a largura inferior aquilo que o poder público comprou na licitação

ACOMPANHAMENTO DO OBSERVATÓRIO

De acordo com o Secretário Delfes, o Observatório Social – estrutura independente e autônoma – foi convidado para acompanhar as medições. “Estamos notificando a empresa vencedora da licitação. Deixamos de anunciar o nome da empresa porque o erro pode ter sido do fornecedor. Mas que se evidencie esse rigorismo em respeito ao dinheiro público”, cita o secretário.

OUTROS CASOS

De acordo com o Secretário Delfes, outros produtos entregues já foram identificados com incorreções em relação ao licitado, como saco de lixo e até papel toalha. “Tivemos ainda o caso de uma cera líquida licitada onde pedíamos recipientes de 750 ml e, ao pesarmos, a lata possuía apenas 500 ml”.

Secretário Delfes e o exemplo de controle em cima de produtos licitados que nem sempre chegam de acordo com as especificações previstas no edital

Continue Reading
Cotidiano

Luto na Epagri: Perdemos o Chicão

A limitação de locomoção não era empecílho para seguir nas peleias sobre informações e orientações no meio rural. Querido de todos, Hamilton Webber Xavier atuava como extensionista da Epagri e nos idos de 2016 foi homenageado juntamente com outros profissionais da empresa de pesquisa foi homenageado pelos 60 anos das atividades. Chicão, como era conhecido, faleceu no domingo e esta segunda-feira é de despedida.

Chicão, como era conhecido, aqui rodeado pelo Altenir Agostini (Sebrae), Robson Spuldaro, o filho que não poupava esforços para ajudar o pai e o médico veterinário Vilmar Zardo. A vida do Chicão sempre foi assim, rodeado de amigos e colegas de peleia.

 

ESTÁ LANÇADO O RESIDENCIAL

MIRANTE DA BOA VISTA

Há ainda algumas unidades à venda. Informe-se no telefone (49) 9 9162 6278

Incorporação R3/39.142

Continue Reading
Cotidiano

Morre Ary Moraes fundador da Cooperplan

A sexta-feira, 23 de agosto, será de despedida para um dos produtores rurais que ajudou no ano de 1993 na fundação da Cooperplan, cooperativa genuinamente lageana. Era comum encontrá-lo caminhando na área central de Lages, dialogando com as pessoas, interagindo também sobre questões políticas locais.

AGRONEGÓCIO

Ary Moraes foi um dos maiores produtores rurais aqui na Serra Catarinense, atividade integrada com outros membros da família Manfrói. Era pai de Arnaldo Manfrói Moraes, que foi vereador, prefeito interino de Lages e concorreu a Deputado Estadual antes de optar por se recolher da política e se dedicar às atividades agrícolas.

Ary Moraes deixa uma legião de amigos que cultivou ao longo das peleias aqui na Serra

Continue Reading
Cotidiano

Maizá paróquia: Chupa Nova York e Paris!

O Véio da Havan é mesmo um midas.

Tratou de deixar os dois monumentos mais conhecidos nos States e na França ao alcance dos olhos dos paroquianos. E um ‘monumento’ assim ao lado do outro, unindo os dois continentes num único vistaço. Lance o zóio na imagem abaixo…

A estátua da liberdade que é cheia de poréns para chegar até ela pelo Rio Hudson, ali na fronteira com Nova Jersey, aqui está assim, ao alcance de todos. E o que dizer da Torre Eiffel ali à direita colocada estrategicamente para dar essa harmonia no contraste visto pelo João Carlos Matias e que se tornou o retrato acima? Só faltou um monumento dos bois de botas no meio para deixar tudo mais equilibrado.

ALIÁS

Dizem e eu não desafirmo, que tem gente que, ao passar pela réplica da estátua instalada ali na chegada a Lages, tem feito o sinal da cruz numa demonstração de devoção. Jornalista Robinho Ribeiro do Correio Otaciliense é um dos devotos que se benze ao passar pela Nossa Senhora da Tocha!

Continue Reading
Cotidiano

Agentes em ação: Cada acelerada é um flash

Nenhum dos 84.859 possuidores de CNH com endereço em Lages pode alegar desconhecer que os agentes de trânsito têm feito fiscalização periódica nas avenidas e acessos da cidade. Foco tem sido desde o final do ano passado coibir excesso de velocidade em vias onde foi padronizado o limite – 60 km/h nas avenidas e 80 km/h nos acessos à Lages.

PORÉM

Os Agentes de Trânsito não têm encontrado dificuldades para flagrar abusos. Ainda na segunda-feira mostramos motorista trafegando a 112 km/h numa Avenida Duque de Caxias super nervosa, onde o movimento é intenso e o limite apontam as placas: 60 km/h. Nesta terça-feira, 13, a atuação dos Agentes ocorreu na Avenida Santa Catarina. E temos dois exemplos da negligência dos condutores com o limite de 60 km/h no local.

Este veículo foi flagrado a praticamente 100% além do limite de 60 km/h previsto para a Avenida Santa Catarina

Aqui a velocidade é menor, mas mesmo assim, acima dos 50% do limite para a via. Nos dois casos, os condutores recebem (em casa) multa de R$ 880,41 e a anotação de 7 pontos na CNH. Há ainda um processo administrativo que vai resultar na suspensão da Carteira de Habilitação

FROTA EM LAGES

PASSA DE 113 MIL

De acordo com os dados oficiais do Detran, apenas a título de curiosidade, a quantidade de veículos emplacados em Lages no dia 31 de julho chegou a 113.373.

Continue Reading