Cotidiano

Colegiado: Nilson Cruz deixará a FME

Questões pessoais e particulares.

Esse é o motivo que está retirando Nilson Cruz da equipe do prefeito Antônio Ceron. Ele já havia pedido para deixar a função de Superintendente da FME. Porém, houve solicitação para que desse andamento inicial ao Jocol deste ano e também ao procedimento técnico para a licitação da torre do Tio Vida, assim como a nova iluminação prevista para todo o estádio.

FEITO ISSO…

Nilson Cruz comunicou ao prefeito Ceron ainda na segunda-feira, 13, que o momento da saída seria agora. “Estou comunicando aquelas pessoas com as quais trabalhamos e convivemos. Fico muito grato pela oportunidade de ter feito parte dessa equipe e feliz pelo trabalho realizado”, aponta Nilson Cruz. Ele informa que os dados técnicos para a licitação da torre do estádio foram providenciados. “Agora a parte legal do procedimento não dependa mais da FME. Vamos deixar a função sem pendência”.

Nilson Cruz (esquerda) aqui com o chefe de gabinete, o discreto Aurélio de Bem e a decisão de deixar a Superintendência da FME por questões particulares

SUBSTITUIÇÃO

Prefeito Ceron possui três nomes mapeados para substituir Nilson Cruz na função. Ele não antecipou quem será, porém pelo menos uma delas não tem filiação partidária, constituindo-se um nome técnico.

Continue Reading
Cotidiano

Boletim Médico: Maneca deixa a UTI

Retiro do grupo de informações de pauta da Rádio Clube FM e Gralha FM a boa informação sobre o estado de saúde do radialista Manoel Correa, o Maneca. Uma das filhas do nosso ilustre comunicador informou que Maneca deixou a UTI neste domingo, 12, e está na ala cirúrgica da UTI em observação. “Está bem e com boa recuperação”. Há possibilidade dele receber alta neste início de semana.

AGRADECIMENTO

No início da noite de domingo ele mesmo ligou para o colega Serginho de Liz na Clube FM. Relatou que está bem e pediu para agradecer a todos que rezaram e torceram pelo seu restabelecimento. Maneca foi submetido a uma cirurgia às pressas por causa de problemas no estômago.

MÉDICOS E EQUIPES

Os médicos Roberto Pontin e João Pedro Rosado foram responsáveis pelos procedimentos que, juntamente com a equipe de retaguarda do hospital Nossa Senhora dos Prazeres e depois do Tereza Ramos, estão permitindo que o radialista vença esse imprevisto de saúde.

Registro recente dos parceiros das madrugaditas da Clube FM, Manoel Correa e Serginho de Liz. O Maneca enfrentou problemas de saúde, mas está se restabelecendo com a torcida de todos para voltar ao microfone fazer aquilo que mais gosta.

Continue Reading
Cotidiano

Escritura de graça e a satisfação coletiva

Internautas ao comentarem uma das iniciativas louváveis da atual gestão em Lages, apontaram que esse programa de regularização fundiária com entrega de escrituras iniciou na administração anterior. Não que isso vá fazer diferença às quase 4 mil famílias que estão sendo, gradativamente beneficiadas – e o mais importante é que sejam – mas há equívoco nessa ponderação.

OCORRE QUE

O programa que se pretendeu executar na gestão anterior não vingou. Tanto que há casos de famílias que chegaram a pagar para ter acesso aos documentos e até agora nada do dinheiro e nem as escrituras. E se alum líder político no passado pediu alguns pilas aos moradores para providenciar as escrituras e desejar devolver os valores, seria justo.

PORTANTO

O programa Lages Minha Terra é executado sem qualquer custo às famílias que residem em áreas que ainda não dispõem de escritura. Toda a burocracia é vencida através da equipe liderada pelo Paulo da Paixão Borges de Andrade, coordenador dos trabalhos. Do Gralha Azul ao Divina Providência, os loteamentos abrangidos já totalizam cerca de 1.000 escrituras. E ao todo 14 loteamentos terão as escrituras regularizadas. Mas sempre observando que não custa nada ao morador.

Difícil ver de quem é a maior satisfação: Da moradora que passa a ter a escritura garantindo a propriedade onde reside ou do trio Paulo da Paixão, Samuel Ramos ou o próprio Ceron, como mostra esse registro do Greick Pacheco na entrega da última leva de documentos

Continue Reading
Cotidiano

Lages: Melindres da licitação de funerárias

Lages poderá (e deverá) ter cinco pessoas jurídicas (CNPJ) operando como estabelecimentos funerários. Um deles para cada 30.000 habitantes. Se o Censo IBGE 2020 apontar a cidade com 180 mil moradores, mais uma funerária, no futuro, poderá se somar às outras cinco. Isso é fato e definitivo. Atualmente são sete funerárias operando na cidade. Com a licitação nem significa que ‘sobrarão’ cinco já que grupos de outras cidades poderão vir participar do certame.

POR CAUSA DISSO

Diante dessa hipótese da perda de espaço e de ‘negócios’ há resistência – perfeitamente entendível – por conta desse poder/dever da Prefeitura de Lages de fazer a licitação. Apesar da resistência de alguns empreendedores da área, há um Ministério Público exigindo o básico: o cumprimento da legislação. Mas não tem sido fácil. Tanto que o processo licitatório foi para o purgatório na metade do ano passado, com o questionamento feito, segundo o processo do TCE/SC, por duas pessoas jurídicas ao teor do edital.

PARTES NO CASO

De acordo com o espelho do processo no TCE/SC as pessoas jurídicas Funerária e Capela Mortuária Correia Pinto e a Funerária Nossa Senhora Aparecida questionaram regras do edital. Por conta disso, houve uma decisão em caráter cautelar, naquela estrutura administrativa (TCE não é órgão judicial) determinando a suspensão do processo até a análise do feito.

VOLTA DA LICITAÇÃO

Tendo a relatoria do conselheiro Cleber Muniz Gavi, o TCE/SC determinou a retomada da licitação. Para tanto a Prefeitura de Lages terá que implementar mudanças no Edital, a partir daquilo que técnicos do TCE determinaram. Inclusive a nomenclatura do certame muda, ficando de acordo com a modalidade de delegação de serviço público adotada (permissão). O edital, com novos prazos, também será republicado.

OBSERVE-SE QUE...

Não há discussão – ainda – na esfera judicial. O que barrou o andamento da licitação foi um questionamento administrativo no TCE. Vencido isso, a licitação andará. A princípio…

Lages possui menos de 160 mil habitantes. Para esse quantitativo, são no máximo cinco funerárias para atuar. E para tanto, um processo licitatório deverá definir as pessoas jurídicas para operar no setor em Lages.

O QUE DIZEM OS DONOS DE FUNERÁRIAS?

Conversamos com pelo menos dois empresários do setor em Lages. Entendem que respeitam o propósito da licitação, porque a lei determina, mas para a população isso não é bom. Atualmente as empresas operam convivendo com a realidade de famílias, parcelando a prestação de serviços, submetendo-se à realidade da inadimplência e assim por diante. Também os preços praticados são módicos, havendo inclusive uma relação de cordialidade predominante entre os prestadores de serviços. Com a eventual chegada de grupos de outras partes do país, esse tipo de atuação tende a ficar comprometido.

***

TEM NOVIDADE A CAMINHO DA

CONSTRUTORA TERRA PARA LAGES

Quer se antecipar e saber o que vem por aí? Ligue ou passe mensagem para o corretor Cleiton Fávero Letti que ele informa as novidades no telefone (49) 99162 6278

Continue Reading
Cotidiano

Multa a 211 km/hora também é inconsistente?

Não foi ‘especialista’ ou questionamento externo. É através de um ato de ofício da autoridade de trânsito de Lages – sim, o diretor de trânsito tem essa designação pelo CTB – que se expediu procedimento anulando notificações de trânsito emitidas num período de 90 dias (dezembro a fevereiro).

QUE MULTAS SÃO ESSAS?

São aquelas por excesso de velocidade atestadas pelo radar móvel e portátil manuseado pelos agentes de trânsito cuja numeração inicial é zero e foram expedidas na última virada do ano.

RAZÃO DA ANULAÇÃO

O ato ex-officio – aqueles que independem de provocação de terceiros – decorre de inconsistências nos referidos autos. Em outras palavras, não se cumpriu os requisitos legais previstos para essas notificações – e somente para essas do referido período e iniciadas com zero. Embora entre a autuação e a expedição da multa haja um prazo para apresentar nome do condutor e defesa, aqueles donos de veículos que já pagaram a reprimenda inconsistente, poderão comprovar isso junto à Diretran e receberão os pilas de volta.

ISSO É NORMAL?

Não é comum, mas é normal. É melhor você anular pela inconsistência e abranger toda a coletividade atingida pela medida do ente público, que atender somente aqueles que recorrerem da situação.

Não faço ideia se a multa do anitense condutor do Audi A3 flagrado no começo de fevereiro (dia 11, né?) a 211 km/hora começa por zero. Se iniciar, ele se livra de uma tremenda dor de cabeça

Continue Reading
Cotidiano

Maneca: “Estou bem bom graças a Deus…”

“Estou bem bom graças a Deus… Graças aos amigos”.

As palavras acima foram do próprio Manoel Correa ao se comunicar com o médico João Pedro Rosado. Doutor Rosado e o médico Roberto Pontin foram os profissionais responsáveis pela cirurgia no radialista. Claro que é aquele ‘bem bom’ dentro das circunstâncias de um período pós-operatório. Mas ele está melhor.  Maneca apresentou complicações no estômago e precisou da intervenção cirúrgica às pressas ainda na sexta-feira, 03.

E MAIS

Doutores Rosado e Pontin e a equipe que acompanha o paciente tinham expectativa de reação do Maneca a partir de um período de repouso. “As horas imediatas pós procedimento são cruciais. Mas ele é forte e estamos confiantes, embora o quadro exija atenção”, contou o médico ainda na sexta-feira, 03. A família tem acompanhado a evolução do quadro clínico e pedido orações para que o radialista se recupere.

Maneca trocou breves palavras com o médico João Pedro Rosado que com o colega médico Roberto Pontin atendem o radialista. Maneca disse que está bem graças a Deus e aos amigos. Ele tem 86 anos e sofreu complicações no estômago, precisando de intervenção cirúrgica às pressas.

Continue Reading
Cotidiano

Adeus ao cão Barney: De cortar o coração!

A gente se apega a esses bichos, divide a vida com eles, troca gestos, compartilha passos. E isso no cotidiano de nossas lidas. Porém, há alguns desses seres que além de bons companheiros, são transformados em guerreiros, cumpridores de missões.

Daí que não há como se manter alheio ao sentimento de pesar que abrange tanta gente desde a sexta-feira, 03, quando se soube do desaparecimento do cão Barney.

MORTE EM TRABALHO

Formando binômio (homem e cão) com o soldado Rangel, o Barney foi acionado para ajudar numa ocorrência em Içara, onde ocorrera um afogamento. Num dos mergulhos, sem pressentir o perigo, Barney não voltou. Acabou sendo encontrado no sábado sem vida distante do local onde ajudava nas buscas. A morte de Barney repercutiu no Brasil. Do governador Moisés à deputada Joice, autoridades e anônimos se solidarizam ao Soldado Rangel e lamentam a perda.

Cena triste, comovente: Soldado Rangel dá adeus ao fiel amigo, durante cerimônia de cremação em São José. As bandeiras de Santa Catarina e de Lages servem de manto para a despedida de Barney

***

TEM NOVIDADE A CAMINHO DA

CONSTRUTORA TERRA PARA LAGES

Quer se antecipar e saber o que vem por aí? Ligue ou passe mensagem para o corretor Cleiton Fávero Letti que ele informa as novidades no telefone (49) 99162 6278

Continue Reading
Cotidiano

Rádio Clube FM: Maneca passa por cirurgia

Naturalmente o correto é respeitar a privacidade da família quando uma pessoa enfrenta algum problema de saúde. Porém, quanto se trata de uma referência para a comunidade em comunicação, caso de Manoel Correa, o Maneca da Rádio Clube, é comum correr comentários e informações diante de um problema de saúde.

ASSIM

É importante, a partir da preocupação e orientação da direção do Grupo SCC, informar ao público que o radialista Manoel Correa, o Maneca, apresentou problemas de saúde nesta semana. Foi necessária uma intervenção cirúrgica cujo procedimento transcorreu dentro da normalidade. Ele está sob cuidados médicos e atenção da família. Colegas de trabalho, a direção da Clube FM e do Grupo SCC e a comunidade em geral, todos torcem para o pronto restabelecimento de Maneca.

Registro que fizemos no dia 15 de fevereiro de Maneca com Serginho de Liz quando o programa Alma Cabocla comemorou mais um aniversário

Maneca com os empresários e diretores do Grupo SCC, Carlos Amaral e Roberto Amaral, quando da homenagem com a Comenda Acaert ano passado no Congresso da Acaert. Maneca está completando 70 anos de atuação na Rádio Clube, onde iniciou as atividades em 1949.

Continue Reading
Cotidiano

Saúde de Lages: Reclamação e desinformação

Ao ouvir a notícia sobre o mutirão de cirurgias oftalmológicas na Hora da Corneta da Clube FM, ouvinte ligou para dizer que a saúde de Lages está uma merda. Relatou que espera pela cirurgia nos olhos e que, embora noticiado o mutirão, não foi atendido. Em outro caso relatado na emissora, paciente foi colocada à espera de leito no Pronto Atendimento e depois internada, através do sistema de leito de retaguarda no Hospital Faustino Riscarolli em Correia Pinto. Ao conseguir vaga em hospital de Lages foi diagnosticado que ela está com câncer.

DAÍ…

Houve o questionamento sobre o fato do Pronto Atendimento não ter feito o diagnóstico da paciente, apontando que a mesma estava com câncer. O médico que atendeu o caso relatou que os exames de rotina que dizem respeito a um serviço de emergência foram feitos. E que tais exames previstos nesse tipo de atendimento (sangue e urina) não incluem uma investigação sobre doenças diversas, inclusive câncer.

OU SEJA

Embora seja lamentável a demora no diagnóstico, não cabe ao Pronto Atendimento esse procedimento. Quer seja em Lages ou em qualquer outro município. Os dois episódios (da demora na cirurgia e na demora do diagnóstico), serviram para novamente apontar a área da saúde de Lages como caos. Entretanto, embora absolutamente lamentáveis, tais casos não se constituem a regra.

ADEMAIS

Há pressão porque as pessoas, mesmo com sérios problemas (como a senhora com câncer) são submetidas à fila do Sisreg – o sistema de regulação de internamentos. Isso, no entanto, não é responsabilidade dos municípios. É um sistema nacional preconizado pelo SUS dentro da ideia de universalização do sistema de saúde.

AINDA

Embora sejam casos graves e lamentáveis, há profissionais que cuidam dessa fila, executando procedimentos em um sistema que não foram eles que criaram. Eles apenas operam o referido sistema. Daí culpá-los por isso é desconhecer ou ignorar a realidade.

E para quem espera o funcionamento da UPA como solução para essas demandas, a notícia não é boa. A urgência e emergência ganharão novo espaço, moderno e amplo. Entretanto, os internamentos efetivos seguirão sendo feitos pelo Sisreg. Logo…

Continue Reading
Cotidiano

Escolar: Vereador quer ‘blitz a domicílio’?

Haveria a possibilidade de ser criada uma norma ou algum tipo de providência para que os veículos de transporte escolar, salvo situações de emergência, não fossem abordados pela Polícia Militar nas blitz de trânsito realizadas em horários de entrada e saída das instituições de ensino?

A indagação acima em forma de requerimento foi encaminhando ao Tenente Coronel Alfredo Nogueira dos Santos (foto), comandante da PM de Lages. Parte do vereador David Moro (MDB) pretendendo que não se realize mais blitz em veículos de transporte escolar em horários de entrada e saída de escolas.

PORÉM

Se as blitz não forem realizadas nesses momentos, com os condutores de Vans transportando estudantes, em um outro momento eles estarão sem a clientela e a abordagem não irá caracterizar transporte escolar. E a ideia, naturalmente, não é punir nenhum profissional que efetua esse nobre e necessário serviço. Mas proteger as crianças transportadas, a partir da exigência para que todos os veículos estejam de acordo com as regras.

ASSIM

Para aqueles veículos que atendem todas as normas, seus condutores não têm com o que se preocupar. E os próprios pais, que prezam pela segurança dos filhos, vão entender e até concordar (desde que sejam informados no momento das abordagens) caso ocorra algum atraso no retorno dos filhos para que a PM e os Agentes de Trânsito façam verificações sobre o atendimento dos requisitos legais.

INCLUSIVE

Realizar blitz fora do horário de atuação no transporte escolar para abordar os veículos que prestam esse serviço só faltaria ter que marcar com os motoristas para serem abordados em casa. E blitz a domicílio não existe!

Continue Reading