Economia

Uma centena de empregos a lageanos

Banco do Emprego, estrutura subordinada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Lages, receberá candidatos a 100 vagas para a função de servente/ajudante de obra.

LINHA DE TRANSMISSÃO

Uma multinacional na área da construção civil instalará a linha de transmissão de energia a partir de Abdon Batista (Usina Garibaldi) ao litoral. Por conta disso a necessidade da mão de obra que está sendo prospectada em Lages.

AOS INTERESSADOS…

A empresa contratante pretende contratar colaboradores alfabetizados e com disponibilidade para trabalhar em outras cidades. Também devem passar períodos longe de casa.

Os interessados devem comparecer ao Banco do Emprego nesta sexta-feira (26 de abril), das 8h às 18h.

Continue Reading
Economia Serra SC

Lages e Otacílio: Mesma gasolina e o preço…

Nesse mercado livre dos combustíveis também aqui na Serra Catarinense há situações que acabam deixando o consumidor confuso. É de domínio público que os revendedores (donos de postos) praticam preços que quiserem, não havendo tabelamento ou imposições sobre os valores que devem fixar nas bombas. Inclusive se os postos praticarem valores idênticos, desde que não haja combinação prévia de preço, não há irregularidade já que as planilhas de custos podem ter dados semelhantes e até idênticos.

PORÉM

Em regra os donos de postos praticam preços considerando as tais respectivas planilhas, que consideram frete, locação, mão de obra (salários e encargos) e outros itens de custeio, além do próprio lucro que é preciso considerar. Daí que esse consumidor atento e sintonizado acaba estranhando uma situação compartilhada no grupo de Notícias do Jornal Correio Otaciliense.

DO QUE SE TRATA?

Mesma rede de postos, mesmo dono, mesma bandeira e apenas por causa de uma distância de menos de 40 km entre Lages e Otacílio Costa e nas bombas a diferença do preço da gasolina é de 17 centavos por litro. Não há ilegalidade na prática: O dono do posto é livre e pode praticar o valor que quiser. É apenas estranho perante os olhos e o bolso do consumidor de Otacílio Costa.

A gasolina vendida em Lages na unidade da rede a R$ 4,21 o litro…

A mesma rede BR Distribuidora, com o posto, segundo o internauta, do mesmo dono, e o valor R$ 0,17 mais caro por litro.

P. S.

A gente insiste que não há irregularidade e o dono da rede pode praticar o preço que quiser porque a fixação do valor por litro é livre. Soa apenas estranho por ser a mesma rede, com o combustível da mesma origem, praticando-se a mesma carga tributária. E daí a diferença que gerou estranheza ao consumidor otaciliense!

Continue Reading
Economia

Crédito: Bolsonaro sanciona a Lei Jorginho

O mercado brasileiro de crédito passa a contar com uma nova opção e mais barata de financiamento para micro e pequenos negócios. Presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei do senador Jorginho Mello (PR) que cria a ESC – Empresa Simples de Crédito.

Bolsonaro, Mourão e Guedes na sanção da lei do senador catarinense Jorginho Mello

SOBRE A NOVA LEI

De acordo com Jorginho Mello, com a sanção da lei será ampliado o acesso ao crédito e a oferta de financiamento nas localidades em que as grandes instituições bancárias não atuam. “O crédito vai chegar de forma mais direta, com as ESCs atuando em mais locais e com uma taxa de juros menor do que a dos bancos”, cita o autor do projeto. Segundo o senador Jorginho Mello, 14% dos pequenos negócios entrevistados procuraram novos empréstimos em 2018 e apenas 9% dos solicitantes tiveram os valores liberados.

PESQUISA SEBRAE

De acordo com levantamento do Sebrae, 30% das MPEs não têm qualquer relação com bancos como pessoa jurídica. Esse percentual sobe para 55% entre aqueles que são MEIs. Para 51% dos MPEs e MEIs, a redução dos juros seria a principal medida para facilitar a tomada de empréstimos, enquanto que, para 17%, a diminuição da burocracia seria outra maneira de aproximar o segmento dos bancos.

O FUNCIONAMENTO

A Empresa Simples de Crédito tem limite de faturamento de R$ 4,8 milhões por ano e pode só poderá emprestar dinheiro com capital próprio, sem captar recursos de terceiros, e atuando em apenas um município. As ESCs podem ter rendimento apenas com os juros, sendo vedada a cobrança de qualquer multa, taxa ou tarifa.

Com informações de Rafael Wiethorn – Assessoria do Senador Jorginho

Continue Reading
Economia

Emprego: Lages foi bem no ‘março vermelho’

O terceiro mês do ano não foi nada bom em termos de geração de empregos formais, pelos dados do Ministério do Trabalho. Santa Catarina, por exemplo, fechou março no vermelho com 2.976 vagas a menos. Esse quantitativo é a diferença entre as admissões e demissões ocorridas em todos os municípios catarinenses.

PORÉM

Apesar desse índice negativo no Estado, o município de Lages conseguiu sobreviver positivamente ao março vermelho. Considerando a matemática de demissões e admissões, Lages gerou 160 vagas com carteiras assinadas a mais que os desligamentos ocorridos.

Somente Lages foi responsável pela geração da maior parte das 256 vagas de empregos formais em toda a Serra.

MENOS EMPREGOS

Bom Retiro……………………….-71 vagas

Urupema………………………….-34 vagas

Campo Belo do Sul………………-29 vagas

Otacílio Costa…………………..-21 vagas

S. J. do Cerrito………………….-07 vagas

Correia Pinto…………………….-03 vagas

Cerrito fechou março no negativo em termos de empregos formais

MAIS EMPREGOS

São Joaquim…………………….+175 vagas

Lages……………………………+160 vagas

Urubici……………………………+62 vagas

Bom Jardim da Serra………….+35 vagas

São Joaquim foi o município da Serra que mais gerou vagas de trabalho com CTPS assinada em março. A colheita da maçã é a responsável por esse crescente

Dados: Caged/Março/19

Continue Reading
Economia

Terraplanagem: 2,6 milhões de m³ de terra

Não! A gente não faz ideia do que significa exatamente essa quantidade. Mas o trabalho de terraplanagem em fase inicial nas terras onde se construirá a Berneck movimentará 2,6 milhões de metros cúbicos de terra. Nessa fase estão sendo retiradas as raízes dos pinus que ocupavam o espaço. Depois vem nivelamento e a retirada de terra propriamente dita.

A fase inicial da preparação do solo que receberá a unidade da Berneck

O contraste do local da empresa e a BR-116 que deverá ser duplicada até esse trecho para contemplar o tráfego e também o acesso à Berneck

CONVERSA COM O PREFEITO

Engenheiro Paulo Henrique, um dos profissionais da Dalba Engenharia, é o responsável pela atuação dessa empresa no trabalho de terraplanagem. Luciano Dalaffe, outro gestor da Dalba, acompanhou o gerente de implantação da Berneck, Silvio Novelli e o jurídico Cícero Gueiros numa conversa com o prefeito Ceron. Detalharam o trabalho que será executado e discutiram alguns encaminhamentos a serem vencidos em relação a essa fase da implantação da empresa.

BERNECK EM LAGES

A planta industrial terá como produto final a fabricação do volume de 500 mil metros cúbicos de MDF por ano e 400 mil metros cúbicos ao ano em serrados. Na unidade de co-geração a ser implantada junto à indústria, a potência de consumo será de 19 megawatts e geração de 29 megawatts. De água serão consumidos 18 metros cúbicos por hora. O fluxo de caminhões será de 376 ao dia.

Continue Reading
Economia

SC: Derrubada lei de 15% de gastos com Saúde

Não sei se dá para interpretar como vitória do governo do Estado e derrota do setor de Saúde. Mas o fato é que o STF em análise da Adin sobre o aumento do repasse de recursos estaduais para a Saúde decidiu pela inconstitucionalidade da lei de autoria do então deputado Gelson Merísio.

RELEMBRE

Merísio propôs que gradativamente o percentual que é de 12% fosse aumentado 1%. A elevação foi para 13% em 2017 e 14% no ano passado. Pela lei aprovada, neste ano o percentual deveria chegar a 15%. Na época o próprio governo Colombo recorreu ao STF para derrubar a norma. Carlos Moisés assumiu em janeiro com o mesmo intuito para derrubar a lei.

E ASSIM

O STF entendeu pelo vício de origem – onde deputado estadual não pode legislar sobre matéria que represente gasto a mais ao Executivo – e derrubou a lei. No primeiro ano foram R$ 200 milhões a mais para o setor e, em 2019, o Estado teria que marchar com R$ 550 milhões a mais (considerando os 12% obrigatórios).

Merísio tentou elevar o índice de gastos com a Saúde no Estado. E embora a lei tenha sido aprovada na Alesc, o STF julgou a Adin patrocinada pela retaguarda jurídica do então governador Colombo e tornou a norma sem efeito. Assim, ao invés de 15% de gastos da receita com o setor, o Estado é obrigado a carimbar apenas os 12% constitucionais.

Continue Reading
Economia

Começa obra de terraplanagem da Berneck

Berneck é às veras mesmo?

A Berneck vem ou não vem?

Indagações comuns que se houve quando se trata da instalação da planta industrial da gigantona ali na fronteira com o Capão Alto. Daí que quando surgem os passos seguintes que evidenciam que o empreendimento é algo concreto, é importante compartilhar com a legião de São Tomé que habita estas pradarias da Serra acima.

O QUE TEMOS SOBRE O TEMA?

Empresário Aírton Sírtoli, o principal vizinho comercial do futuro empreendimento industrial por causa do Posto Guarujá nas margens da BR-116 onde se instalará a Berneck, tem dialogado com gestores da empresa e responsáveis pelo trabalho inicial de implantação da planta industrial. Como o hotel que possui está locado para o Inter de Lages, Aírton Sírtoli tem articulado com empresários como Nilceu Matos (Menfis Imobiliária) para viabilizar espaço para atender pelo menos 100 pessoas que atuarão na instalação da unidade da Berneck.

Sírtoli na prosa com os profissionais ligados à Berneck discutindo detalhes da ocupação de espaços para abrigar a equipe que passa a atuar na instalação da empresa

MORADIA E ALIMENTAÇÃO

Além de alojamento, o grupo de profissionais que atua nessa fase inicial também está sendo atendido através da alimentação fornecida pelo Ponto da Costela. “É uma movimentação que já dá ideia da importância desse empreendimento. Há um esforço para atender as demandas da empresa e suas terceirizadas com serviços e produtos de qualidade”, confirma Airton Sírtoli.

Um dos colaboradores do Posto Guarujá na BR-116 mostrando a frota que está a serviço dessa fase inicial de instalação da planta industrial da Berneck

 

ENQUANTO ISSO NO LOCAL

ONDE A BERNECK SURGIRÁ…

Uma terceirizada, a Dalba Engenharia – bastante conhecida dos serranos pela atuação em obras como a pavimentação a concreto do trecho Lages a Otacílio – trabalha na terraplanagem na área onde se instalará a Berneck. Essa é a fase inicial da implantação da estrutura.

Um vistaço que para os incrédulos pode parecer miragem, mas é o maquinário da terceirizada da Berneck fazendo a limpeza da área onde foi retirado o pinus para, na sequência, executar a terraplanagem que receberá depois a estrutura física da empresa

***

TERRA ENGENHARIA TEM EXCELENTES

OPÇÕES DE IMÓVEIS NOVOS EM LAGES

Quando você pensar em adquirir um apartamento novo, leve em consideração a qualidade dos empreendimentos da Terra Engenharia. Há opções para os mais variados perfis de clientes e inclusive com novidades a caminho!

Boa localização, financiável e com o padrão Terra Engenharia. Esse é o Residencial Mariah, uma das opções que você se informa aqui!

Continue Reading
Economia

Reforma corta R$ 44 milhões/ano da Udesc

Udesc já reagiu com uma série de dados apontando que o corte proposto pelo governo na ordem de 10% do percentual de duodécimo, representaria perdas e preocupações para a universidade pública catarinense que possui um braço em Lages, através do CAV.

ENTENDA O DUODÉCIMO

Atualmente 21,88% da chamada receita líquida disponível do Estado tem como destino a Udesc, TJ/SC, MP/SC, TCE e Alesc. TJ acessa 9,41% e a Alesc outros 4,34%. MP fica com 3,98% e a Udesc morde 2,49% da receita líquida disponível. O TCE/SC tem 1,66% da fatia. A proposta do governador, contida na reforma administrativa, retira 10% de cada um desses índices.

IDEIA NA UDESC

Esse corte significa que ao invés de 2,49% a Udesc teria que se virar com 2,24%. Em valores, ano passado a Udesc recebeu R$ 427 milhões para tocar sua estrutura. Aplicando os 10% esse montante passaria para R$ 384.300.000,00. “A Udesc lamenta a forma como essa medida foi conduzida pelo governo”, aponta o reitor Marcus Tomasi.

PRESSÃO NO PARLAMENTO

Intenção dos gestores da Udesc é pressionar os deputados para barrar a tesourada prevista na Reforma Administrativa. Por tabela, talvez os parlamentares tenham interesse em evitar o corte já que isso representaria redução de repasse de quase R$ 80 milhões anuais para a própria Alesc.

PORÉM

Se a ideia é que cada setor faça um sacrifício em nome da austeridade e cortes com redução de gastos, o caminho não pode ser outro. Governador Carlos Moisés, com sua retaguarda técnica, mapeou onde pode enxugar e viu isso no duodécimo. Como boa parte da massa pensante ativa e inativa da Udesc pregou a mudança, que essa também contemple o corte no próprio cofre.

Se aprovada a reforma com a redução dos 10% no duodécimo da Udesc, por exemplo, a universidade terá que se virar com R$ 44 milhões a menos em seu orçamento anual

Continue Reading
Economia

Acil volta a emitir certificado digital

Desde o início do mês de abril, a Acil conquistou o status de Autoridade de Registro (AR) junto ao Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI). A partir disso, em parceria com a Certisign, retomou a emissão de Certificado Digital.

E COM ISSO

A ideia dos gestores do sistema na Acil é oferecer um atendimento personalizado e proporcionar uma emissão em aproximadamente 30 minutos, dependendo da complexidade do caso.

PARA QUE SERVE?

O certificado digital funciona como uma ferramenta eletrônica, que por meio de um dispositivo, valida e reforça os mecanismos de segurança online. Utiliza tecnologia para garantir a privacidade e confirmar a autenticidade das informações dos usuários, empresas e instituições na rede, proporcionando mobilidade e redução de custos.

PARA A ADVOCACIA

Com o advento dos procedimentos (peticionamentos diversos) eletronicamente, o certificado digital se tornou indispensável aos profissionais da advocacia. Com o rompimento da Acil com a Certisign a opção passou a ser a CDL ou deslocamento a Florianópolis. Com o retorno da parceria, a revalidação e novos certificados se tornam mais fáceis, sem sair de Lages.

Segundo informações da própria Acil, quem é associado à entidade, tem desconto na emissão do certificado digital

Continue Reading