Economia

ICMS: ‘Aumento é crime… desumano’

Ex-governador Colombo, tem peregrinado em Santa Catarina e, numa dessas agendas dialogou com produtores rurais em Curitibanos. Registrou os reclames de quem passará a conviver com a tributação de ICMS nos defensivos agrícolas. Se antes era 0% de incidência, agora há um encaminhamento para se tributar em 17%. Sobre o tema, Colombo não poupou crítica:

“Aumentar impostos de defensivos agrícolas é um absurdo. É um crime contra o agricultor. É desumano com que tem as mãos calejadas. Famílias vão quebrar. Negócios que estão aí há anos vão fechar (…). É frango mais caro. É porco mais caro. É gás mais caro. Aumentar impostos é ser contra quem produz e quem consome. É ser contra o povo catarinense”.

Colombo visitou essa propriedade em Curitibanos, onde se produz alho em longa escala e ouviu do produtor que o caminho será tentar produzir em outro Estado onde não há incidência de ICMS (caso do RS e PR, segundo disse).

Continue Reading
Economia

MP da Liberdade Econômica: Voto de Carmen

Na verdade dos 16 parlamentares na Câmara Federal apenas Pedro Uczai (PT) foi contrário ao texto base da norma que chamam de MP da Liberdade Econômica. Deputada Carmen Zanotto, embora tenha sido voto contrário à reforma trabalhista, foi favorável à MP que precisa virar lei até a última terça-feira de agosto, 27, sob pena de perder validade.

DO QUÊ ESTAMOS FALANDO?

A norma que está sendo aprovada na Câmara para depois seguir ao Senado – e já em vigor na forma de MP – propõe-se a facilitar empreendimentos e reduzir burocracia sobre a atividade econômica. Há algumas alterações na relação trabalhistas, como a flexibilização do trabalho aos domingos.

OUTRAS INOVAÇÕES NA MP

As CTPS – carteiras de trabalho – atualmente emitidas pelo Ministério do Trabalho passam a ser de responsabilidade do Ministério da Economia e terão sua emissão, preferencialmente, pelo meio eletrônico. O uso do papel será exceção. Registrou eletronicamente estará valendo e o acesso aos dados é pelo CPF do trabalhador.

MENOS BATEÇÃO DE PONTO

Atualmente apenas empresas com 10 empregados ou menos está dispensada de registrar o ponto de trabalhadores. Com a MP, a dispensa é para empresas de até 20 empregados. Por acordo direto entre empregador e empregado, será possível o chamado registro de ponto por exceção, uma inovação trazida pela MP.

Deputada Carmen Zanotto se juntou à ampla e absoluta maioria da bancada federal catarinense votando na MP que dá uma desengessada na atividade econômica sem, em tese, causar prejuízos ao trabalhador

 

EMPREENDIMENTO TERRA ENGENHARIA 

Residencial Mariah ali na subida da Avenida Papa João XXIII está assim! Terra Imóveis ainda tem unidades à venda.

Informações (49) 99162 6278.

Continue Reading
Economia

SCC SBT comemora índices na Grande Floripa

Gestores do segundo maior grupo de comunicação de Santa Catarina comemoram resultados da aferição de audiência naquele que é um dos principais mercados catarinenses, ao lado das regiões de Joinville e Blumenau. Levantamento feito pelo Kantar Ibope Media apontou o SCC SBT inclusive liderando entre as emissoras de TV abertas em Florianópolis. Para a questão mercadológica isso faz diferença significativa.

Humorístico A Praça é Nossa ficou na média com quase 2% a mais de audiência na Grande Florianópolis, conforme os dados que constam acima

E num dos horários mais disputados entre as emissoras de TV aberta, onde as principais (NSC, SCC/SBT, RIC e Band SC) têm noticiário local, a produção de jornalismo local do SCC SBT chegou à vice liderança, conforme os dados no banner ilustrado pela figura carismática da jornalista Ildiane Silva, que ancora o SBT News das 19 horas.

80 ANOS DE GRUPO SCC

E A HOMENAGEM NO DF

Durante o ano algumas ações têm marcado o período desde a chegada do pioneiro Carlos Joffre do Amaral a Lages (1939) até os dias atuais nessa trajetória de comunicação que iniciou com a Rádio Clube – hoje FM 98,3 – e se estendeu com várias empresas com atuação na Serra, no Estado e no País. Essa data será lembrada numa sessão especial na Câmara dos Deputados, reverenciando inclusive o homem que é sinônimo dessa trajetória, Manoel Corrêa, o Maneca.

A iniciativa do deputado Fábio Schiochet (PSL) levará diretores do Grupo SCC a acompanhar a sessão no plenário da Câmara

Continue Reading
Economia

Cervejas catarinenses premiadas em Londres

Capital inglesa realiza anualmente o World Beer Awards (WBA). Trata-se de um dos principais concursos cervejeiros do mundo. Não, nem Lages e nem a Serra Catarinense têm marcas entre as escolhidas nesta edição 2019. Princesa da Serra, Guedbeer, Eiswasser, Boava e outras encorpadas ou de leveza representativa ainda não navegam em mares ingleses.

MAS…

Santa Catarina fez bonito com oito cervejarias premiadas com 26 medalhas, sendo 11 de ouro. A Lohn Bier que fica ali às margens da SC-390 no caminho entre Lauro Müller e Orleans abocanhou 11 medalhas. A blumenauense Eisenbahn conquistou quatro medalhas e a Sunset Brew que tem produção em Tijucas também apresentou premiação de quatro de seus rótulos.

SUNSET BREW

Permitam-me fazer referências à Sunset Brew, cujo chopp embalou o final de semana do dia dos pais, trazido pelo mestre cervejeiro Rudy Fávero, que atua na cervejaria de Tijucas. A Sunset Brew emplacou com duas medalhas de ouro, uma prata e um bronze, a constar:

– Aggro Bear (medalha de ouro/IPA american style)

– Madame Tatá (medalha de ouro/belgian style ale)

– Mystic Panther (medalha de prata/flavoured stout)

– Imperial Black Rhino (bronze/flavoured stout)

Rudy Fávero (direita) nesse registro julgando as variáveis de rótulos produzidos no México. Ele é um dos especialistas que atua para tornar os rótulos da Made In Tijucas, a elogiável Sunset Brew, uma das excelentes cervejas nessa Santa Catarina que tem surpreendido com a produção da referida bebida

Continue Reading
Economia

Websummit On The Road aterrissa em Lages

Nesta sexta-feira, Lages recebe uma etapa do WebSummit On The Road, evento itinerante do WebSummit,  maior encontro de inovação e tecnologia do mundo, que terá sua edição 2019 em novembro, em Lisboa.

Lages é a única cidade não capital no Brasil a receber a ação, e já estão confirmadas as presenças de nomes importantes na plateia, como o adjunto da SDS, Amandio João da Silva Júnior, que irá prestigiar a rodada de palestras que inicia às 16 horas no Orion Parque Tecnológico. 

ENTENDA O WEBSUMMIT

WebSummit On the Road, que é gratuito, quer expor detalhes do ecossistema português para empresários e estudantes brasileiros através de diversas palestras sobre oportunidades de negócios ministradas por Diogo Machado, da Glóbulo, organizadora do evento;

TEM AINDA

 Nuno Rebelo de Souza, presidente da Operação das Câmaras Portuguesas no Brasil, que é filho do atual presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, Laio Gastaldello Zambelo da Bazaar; thiago Meneghel do IFSC; Flavio Peron e Ema Cristina, que falarão sobre Nacionalidade Portuguesa; e Thiago Matsumoto e Eduardo Migliorelli da Atlantic Hub.

Continue Reading
Economia

Colombo: Do MP ao não aumento de imposto

Aquele repertório de ideias, leituras de cenários e perspectivas que Raimundo Colombo tem semeado pelo Brasil em suas incursões em forma de palestra, o ex-governador o fez para conterrâneos durante palestra articulada pela diretoria da Acil.

ESPETADINHA NO MP

O ex-governador abordou os efeitos da Constituição de 1988 e o déficit fiscal como alguns dos desafios do Brasil. Segundo ele, os órgãos de controle ganharam maior poder e influenciam diretamente na gestão do Executivo. Utilizou um exemplo de Santa Catarina para demonstrar. “Em 2017, o Ministério Público utilizou a Lei de Improbidade Administrativa 8.192 vezes. Destas, apenas 67 ações foram procedentes. Isso é indicativo de excesso ou uso inadequado de tal norma”.

LEITURA NACIONAL

Com relação ao déficit fiscal, Colombo apresentou alguns dados que demonstram que as contas do Governo Federal registraram déficit primário de R$ 108 bilhões em 2018, o equivalente a 1,7% do PIB. Este valor não inclui os gastos do governo com o pagamento dos juros da dívida pública. “Foi o quinto ano seguido em que as contas ficaram no vermelho, estes resultados negativos começaram em 2014. No final de 2018, a dívida pública estava em 79,6% do PIB”.

GARGALOS NACIONAIS

O ex-governador fez uma referência a uma citação do ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, que disse que existem três grandes blocos de problemas fiscais no Brasil:

“A Previdência, que é uma fonte enorme de déficit e de desigualdade; o funcionalismo público, que no Brasil representa uma fatia do gasto público muito maior do que em qualquer outro país; e se somarmos os dois, chegaremos a 80% do gasto público total do Brasil. Na maioria dos países fica em 60% ou menos. Seria possível imaginar uma economia de 20% do gasto, o que resolveria a grave fiscal do Brasil”.

COMO GESTOR EM SC

Colombo também deu destaque ao período que esteve à frente do governo de Santa Catarina e que a decisão de não aumentar impostos contribuiu para tornar o Estado mais competitivo e ter menor índice de desemprego. Diversos setores foram beneficiados, garantindo a continuidade da produção. Entre eles, o setor que reduziu o ICMS de 17% para 3%, isso permitiu combater a entrada dos produtos chineses e gerar milhares de empregos.

Palestra que Colombo apresentou na Acil tem sido feita em várias partes do País, a partir de um conjunto de ideias que o ex-governador tem, a propósito da realidade brasileira

Informações e fotos: Sheila Rosa – Acil

Continue Reading