Geral

Ciclone: Alesc abre mão de R$ 30 milhões

DINHEIRO RESULTA DE ECONOMIA NO PARLAMENTO

Daqueles recursos que o parlamento catarinense tem direito, sempre há uma sobra de caixa que vai acumulado. Nesta quarta-feira, 01, a partir da realidade que assola Santa Catarina devido ao ciclone da terça-feira, 30, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa deliberou e levou a plenário, aprovando a destinação de R$ 30 milhões para ajudar os atingidos. O trâmite passa pelo Governo do Estado, mas o recurso já existe, permitindo esse apoio financeiro nesse momento de angústia enfrentado pelos catarinenses.

Presidente Júlio Garcia (PSD) liderou a discussão entre os integrantes da Mesa Diretora para viabilizar os R$ 30 milhões para ajudar atingidos pelo ciclone no Estado

***

EMPÓRIO DAS CARNES INFORMA:

JÁ TEM CORTES DE ANIMAIS

ABATIDOS NESTA SEMANA

Abate dentro dos mais rigorosos padrões sanitários para garantir qualidade no produto que você leva para casa. Empório das Carnes na Avenida Carahá!

Continue Reading
Geral

Unifacvest: Mestrado em área inovadora

SÃO 20 VAGAS COM INSCRIÇÕES ABERTAS

Geralmente quando se busca a formação stricto sensu na área de direito se foca temas mais ligados à própria carreira jurídica. Entretanto, o Centro Universitário Unifavest está oportunizando aos advogados e bacharéis uma formação stricto sensu numa área diferenciada e inovadora em termos de atuação no mercado: o desenvolvimento sustentável.

POR ISSO

A Unifacvest está com inscrições abertas até a metade de agosto para selecionar 20 pessoas interessadas nesse desafio de cursar um Mestrado em Direito e Desenvolvimento Sustentável. A área de concentração é voltada ao desenvolvimento economicamente planejado, socialmente inclusivo e ambientalmente sustentável.

DIZ O REITOR

“É uma conquista nossa e de todos aqueles que acreditam no trabalho de uma universidade que investe no crescimento intelectual e profissional de quem passa por ela”. Cita o reitor da Unifacvest, Geovani Broering, ao destacar a oferta de mais essa opção em Mestrado na Instituição.

Interessados em cursar e/ou buscar informação sobre esse novo Mestrado na Unifacvest podem acessar o portal da instituição na internet e obter maiores informações. São 20 vagas com inscrições abertas até 14 de agosto

Continue Reading
Geral

Governador Moisés está com Covid-19

SEGUNDO EXAME CONFIRMA A DOENÇA

O próprio governador comunicou na manhã desta quarta-feira, 1.º de julho, que teve diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Ele apresentou sintomas e, por isso, realizou o teste. Ele está em isolamento total, respeitando os protocolos de distanciamento social. O governador fez um novo exame, como contraprova, para ter segurança do diagnóstico e aguarda o segundo resultado. Em vídeo divulgado há pouco, Carlos Moisés afirma que está bem e teve sintomas como tosse, dor de garganta e febre baixa.

Segundo a assessoria “embora não esteja em campo acompanhando as equipes do Governo do Estado, por conta do diagnóstico, o governador monitora a evolução dos trabalhos para reparar os danos provocados pelo ciclone extratropical que atingiu Santa Catarina na terça-feira”.

SOLIDARIEDADE

O governador também lamentou os óbitos e se solidarizou com as famílias das vítimas. “Determinei a todas as estruturas de governo que atuem com intensidade e rapidez na solução dos problemas. Durante todo o dia de hoje, e enquanto durarem estas ocorrências, todos os órgãos de Governo estarão em campo, trabalhando para que possamos retornar a uma situação de normalidade”, afirmou. Carlos Moisés ainda pediu o apoio dos catarinenses para superar esse momento de dificuldade: “Quando os catarinenses se unem, não há desafio que não seja superado”.

Continue Reading
Geral

Lages duplamente em Estado de Emergência

DEPOIS DA COVID-19 AGORA É O CICLONE

Jornalista Ana Carolina Lima (SCC/SBT) informou no programa de Adilson Oliveira da Clube FM a conversa que teve com o prefeito Antônio Ceron na manhã de quarta-feira, 01. Ceron relatou que solicitou a elaboração do decreto de situação de emergência que assinará ainda nesta quarta-feira. A providência, segundo informou, deve-se à necessidade de aquisições emergenciais para ajudar as famílias necessitadas e atingidas pelos ventos fortes da terça-feira, 30.

SEGUNDA EMERGÊNCIA

Esse decreto relacionado à intempérie do ciclone com ventos fortes na tarde da terça-feira é o segundo a entrar em vigor num intervalo de 100 dias. No dia 20 de março o prefeito já havia assinado a situação de emergência em decorrência da pandemia. Assim, a cidade passa a ficar sob dois decretos de situação de emergência. Um deles devido à Covid-19 e o outro com validade a partir deste 01 de julho em função do temporal.

Ceron na Defesa Civil na boca da noite da terça-feira, 30, confirmando as ações e informando a situação de emergência a ser decretada.

Continue Reading
Geral

Transtornos com o ciclone em Lages

DADOS COLETADOS PELA EPAGRI/CIRAM

Definido como ciclone, o evento climático que passou por Lages e Serra Catarinense causou susto e transtornos. Além do destelhamento de residências, foi a queda de árvores que resultou em problemas maiores. É que isso causou problemas de acesso a vias urbanas e estradas diversas na Serra. A queda de postes também ocasionou interrupção de energia elétrica, incluindo abrangendo toda a cidade de Lages durante a tarde da terça-feira, 30.

Situações como essa, como queda de poste, assustando moradores como esse senhor, foi responsável pela falta de energia em muitas cidades da Serra Catarinense

Moradores se ajudando para liberação de passagem em vias como a João José Godinho entre o Morro do Posto e Frei Rogério, onde as árvores foram ao chão

DADOS DA CELESC

“Em virtude do temporal provocado por um ciclone extratropical nesta terça-feira (30), a atualização da Celesc no início da noite (19h) contabilizou 1,5 milhão de unidades consumidoras sem energia elétrica em toda área de concessão. No momento, todas equipes, para serviços leves e pesados, estão em campo para restabelecer o sistema, após ventos que ultrapassaram os 100km/h. Infelizmente, todas as regiões do estado foram atingidas. Os prejuízos ainda estão sendo levantados pelas equipes regionais”.
Continue Reading
Geral

Marquise esmaga carro no Coral

Cena impressionante na avenida Camões em decorrência do vento da tarde de terça-feira, 30. Uma estrutura em alvenaria – provavelmente uma marquise – foi projetada em cima de um veículo Hyundai. O veículo placas QIG-2801 de Lages ficou irreconhecível.

A queda da estrutura foi tão violenta que além de achatar o veículo, furos os pneus deixando o carro no chão

Se uma pessoa estivesse no interior do automóvel dificilmente escaparia com vida pela força da pancada

O local foi isolado pelos agentes de trânsito diante do risco de alguma outra parte da edificação viesse ao chão

Continue Reading
Geral

Lages: Por que bons dados sobre Covid-19?

O QUE TORNA LAGES ESSA EXCEÇÃO NO BRASIL?

Participando do programa A Hora da Corneta da Clube FM, empresário Roberto Amaral, naquela cautela de quem já passou alguns meses dos 60 anos, ponderou sobre o cenário que torna Lages mais tranquila em número de casos da Covid-19. Ele aponta:

“Penso que temos uma conjugação de fatores que felizmente nos deixam nessa situação, relativamente, confortável em relação à Covid-19. Nossas grandes indústrias estão impressionantemente distantes. AMBEV na saída para São Joaquim, Vosko na BR-116 saída para Correia Pinto, JBS na parte sul da cidade, saída para Capão Alto, Klabin com suas plantas industriais em Lages, Correia Pinto e Otacílio Costa. Não há uma aglomeração significativa de trabalhadores numa única região da cidade”.

MOVIMENTAÇÃO DE PESSOAS

Se é ruim o fato de não termos aeroporto operando em média escala e nem um grande centro de distribuição de passageiros rodoviários, por outro lado isso contribui para evitar o entra e sai de pessoas por esses sistemas. “E o tráfego rodoviário, observe, distribui-se por todas as regiões”, diz Roberto Amaral.

POPULAÇÃO

Analisando essa situação positiva de baixa incidência da doença, Roberto Amaral aponta que a densidade demográfica de Lages é pequena. Os bairros estão espalhados e separados por extensões de áreas. Apesar de termos comunidades carentes em pontos específicos da cidade, não existe a favela com amontoado de residências, demasiadas próximas umas das ouras. “Considerando que a população coopera muito, demonstrando a índole do lageano e serrano de um povo ordeiro e parceiro”.

VIAGENS

Há outra realidade apontada por Amaral a se considerar. Viajamos pouco, proporcionalmente aqueles deslocamentos de cidades do porte de Lages, cuja população se desloca em quantidade maior. A maioria daqui vai para o sítio ou percorre a região que também apresenta baixo índice da doença.

MAIS FATORES

“Temos médicos excelentes e estrutura de saúde dinâmica com profissionais dedicados e comprometidos”. Roberto Amaral cita ainda que a prefeitura agiu rápido. “Com competência e lidera o processo”. Ele diz mais: “As entidades se uniram e as instituições lageanas e serranas atuam em harmonia. A Comunicação da prefeitura funcionou e as forças de segurança, PM, Polícia Civil e até o Exército são parceiros, presentes e atuantes”, resume o empresário.

Roberto Amaral, aqui com a esposa Adriana, aponta ainda o papel importante de todos os meios de comunicação locais. “A própria Rádio Clube tem lidado e liderado bem esse trabalho e com algo fundamental: zero para fake news“.

Continue Reading