Geral

Das imagens do cotidiano da paróquia

Secretário Samuel Ramos, retornando de uma agenda particular de São Paulo no final de semana fez esse registro no voo da Azul quando avistou Lages…

Depois que a gente lê a imagem e a identifica, torna-se fácil entender a localização. Mas no começo parece um quebra cabeça. Lages está lá ao fundo esparramada nos campos de cima da Serra

 

‘NOSSO NATAL É ESTE AQUI’

Nessa extensão da programação natalina nos bairros, tem integrante do projeto ouvindo manifestações que valem o esforço. “Nosso Natal é isto aqui com as crianças dando risada e deixando a gente faceira com a admiração dos filhos”. Foi o relato de uma mãe na passagem da caravana natalina no bairro Habitação. Nesta segunda-feira o encanto simbólico, mas representativo, chegou ao bairro mais populoso de Lages, o Guarujá…

Nilton Wolff e Daniele Mendes de Melo fizeram esse registro que resume esse encantamento simples e significativo da programação natalina nos bairros de Lages. Como é bom ver gente da gente com essa cara contente!

 

AINDA O NATAL FELICIDADE

Integrantes do Movere Centro de Danças fizeram apresentação no palco montado no Largo da Catedral…

Atração que desperta nas pequenas a admiração pelo que visualizam no palco…

São cerca de 120 dançarinas com idade entre cinco e 38 anos que apresentam no palco a arte e a leveza da dança

Para um público que aprova e aplaude cada apresentação

Fotos: Nilton Wolff

Continue Reading
Geral

MP arquiva Inquérito contra vereador Vone

Quem se der ao trabalho de ler o teor da peça que fecha o Inquérito Civil Público aberto pela 5.ª Promotoria de Justiça que atua na Defesa da Moralidade Administrativa na Comarca de Lages vai ter uma verdadeira aula de como se processa denúncias envolvendo agentes públicos. No referido inquérito se apurava indícios de irregularidades cometidas pelo Vereador Vone e seu assessor Douglas Finger. A suspeita recaía sobre o fato da empresa supostamente de ambos ter celebrado contrato com a prefeitura.

DA INSTRUÇÃO DO INQUÉRITO

Foram ouvidos os denunciados e também testemunhas, assim como integrantes da administração. Ficou esclarecido o procedimento realizado para a contratação da empresa, sem desatender a Lei Orgânica, com proposta mais vantajosa ao município e cláusulas uniformes. Foram apresentados dados, valores e também esclarecido que Finger não tem vínculo com a referida empresa.

PROVIDÊNCIA DO MP

Ao término do procedimento que totaliza 662 páginas, o Promotor de Justiça Jean Pierre Campos, titular da 5.ª Promotoria, recomendou o arquivamento do Inquérito por falta de justa causa para dar outro desdobramento ao feito. Como é praxe, numa evidência de que as decisões da Promotoria também são fiscalizadas, determinou o envio do teor apurado e decido ao Conselho Superior do Ministério Público de SC para que aquela estrutura, entendendo diferente do decidido, escale outro Promotor para eventualmente dar sequência aquilo que se recomenda o arquivamento.

Portanto, depois de quase ser linchado verbalmente por alguns setores, o vereador Vone, a partir de documentos e informações, evidenciou perante o MP não ter agido com dolo para praticar ato contrário à legislação

Continue Reading
Geral

Folha: Mudança não ajuda muito prefeitos

Há um estardalhaço por conta da aprovação de uma flexibilização de gastos com pessoal pelas prefeituras. Porém, a alteração aprovada na Câmara e Senado e que depende de sanção de Temer é um gatilho que depende de outras situações, não sendo automático o ‘direito de gastar mais’ com servidores.

REGRA DOS 10%

Apenas aqueles municípios que, comprovadamente, tiveram uma redução de receita superior a 10%, considerando exercício anterior ao atual, têm o salvo conduto para estourarem o limite de 54% de gastos de prefeituras e outros 6% das câmaras, que, somados, chegam aos 60% de teto até agora.

EXEMPLO NA SERRA

Nessa redução de receita está o recuo do FPM e o encolhimento de royalties, que é aquele acréscimo oriundo de arrecadações como as compensações de usinas hidrelétricas. Anita Garibaldi, por exemplo, chegou a faturar perto de meio milhão num único mês de royalties das usinas. Em meados deste ano, houve mês que tal arrecadação patinou na casa dos R$ 150 mil. Somado tal encolhimento ao FPM menor, ocorre a justificativa para o acréscimo de gasto.

Anita apresentou redução da arrecadação com royalties, o que justificaria o aumento do percentual de gastos com pessoal

PROBLEMA É QUE…

Se o prefeito estourar no gasto com pessoal, não sobra dinheiro para qualquer ação no município, considerando os recursos carimbados para Saúde e Educação. Tanto que o novo prefeito de Anita, Tadeu Furtado, aponta que depois que foi registrado gasto na média de setembro a agosto deste ano de até 68% de gasto com a folha, em outubro, depois dos cortes, conseguiu fechar perto de 54% e a ideia é, no ano que vem, não comprometer nem 50% da arrecadação com folha. Inclusive porque a arrecadação com royalties virou uma incógnita. Ora pinga, ora não pinga nos cofres.

Prefeito Tadeu Furtado aponta que Anita Garibaldi reduziu quase 25% de gastos com a folha. A meta é gastar menos de 50% do que arrecada com pessoal. Dezembro é mais ingrato por causa de 13.º e rescisões, mas o ano novo deve começar com freio de gastos com pessoal em Anita

Continue Reading
Geral

Ceron: Do Paço não tem quebra de braço

Depois de dar uma conferida nas obras do Calçadão e do Mercadão, prefeito Ceron trocou dois dedos de prosa conosco. Abordou questões de varejo postas no noticiário e no cotidiano da paróquia:

VALE ALIMENTAÇÃO – “Não se trata de retirar direito. Não se retirará direito de ninguém”.

TERÇO DE FÉRIAS – “O 1/3 de férias sobre 30 dias não muda nada. Só em Lages se paga o 1/3 sobre 45 dias”.

AVALIAÇÃO – “Servidora ficou 10 meses de licença e retorna no final do ano para ser avaliada e ganhar 2%. Queremos que o benefício atenda aqueles até um limite de faltas. E se as faltas forem justificadas, mantém a avaliação”.

LAGESPREVI – “Queremos os sindicatos discutindo esse assunto. Daqui a pouco se aposentam mais 500 e faltará dinheiro para os benefícios. No meu governo vamos completar. Mas no futuro não sei”.

BINÁRIO – Prefeito não vê razão para potencializar o assunto. “Tem uma decisão para atender a coletividade. E temos humildade para afirmar que se for testado e não der certo em 60 dias podemos rever”.

EMPRÉSTIMO – “Pagamos quase R$ 40 milhões de dívidas e outros R$ 30 milhões complementando o Lagesprevi. Dinheiro que permitiria fazer tudo o que pretendíamos. Daí que o empréstimo é necessário. E Lages só pode se candidatar a um empréstimo desses porque estamos sendo austeros e fazendo o que é certo”.

Prefeito aponta que se não houver uma solução para problemas como o déficit do Lagesprevi, a situação no futuro pode caminhar para o insustentável.

 

TERRA ENGENHARIA APRESENTA

AS ÚLTIMAS UNIDADES…

Agende uma visita, conheça detalhes do empreendimento e da forma de você pagar e passar a morar muito bem em Lages!

Continue Reading
Geral

Servidores de Lages: Nore vence e mobiliza

Agenor Chaves, o Nore, fez mais que o dobro de votos do concorrente na eleição para reeleição do Sindserv, o maior dos três sindicatos representativos dos servidores municipais de Lages.

NÚMEROS

Foram 990 votos conquistados num universo de votantes de 1.443. O concorrente Matusalen Garcia fez 444 votos pela chapa concorrente de Nore que discursou: “O resultado mostra que a maioria aprova o nosso trabalho. Seguiremos lutando pela valorização do funcionalismo público”.

Juliano, o vice eleito, com o reeleito Nore garantindo mais um mandato

MOBILIZAÇÃO PARA SEGUNDA-FEIRA

Tão logo saiu o resultado da eleição, Nore já aproveitou para reforçar a mobilização. Quer todos os associados presentes na sessão da segunda-feira, 10, na Câmara de Vereadores. Lá estará em pauta a votação da reforminha que, no entender dos três líderes sindicais que representam o funcionalismo municipal, representa prejuízos aos servidores. “A eleição acabou, mas a luta continua. Segunda-feira vamos lotar o plenário para defender os nossos direitos”, concluiu Nore.

Com informações: Jornalista Fábio Ramos

Continue Reading
Geral

Lages busca empréstimo igual Otacílio Costa

Deu banzé na Câmara de Otacílio Costa o projeto do prefeito Tio Ligas que pedia autorização legislativa para empréstimo de até R$ 10 milhões para obras de infraestrutura. Os pilas são oriundos do Finisa, programa da Caixa Econômica de fomento à infraestrutura e saneamento. Projeto foi aprovado, mas não faltou reclamação. Vereadores da oposição (MDB) votaram contra. Lages pavimenta na mesma linha…

ATÉ R$ 50 MILHÕES

Na mesma linha de Otacílio Costa e com o mesmo programa e agente financiador, o prefeito Ceron colocou na pauta da reforminha no legislativo um pedido de empréstimo de até R$ 50 milhões. Não se trata de uma opção do Gringo, mas pressuposto do Finisa que o dinheiro, quando liberado, tenha as regras de dois anos de carência e um prazo de 96 meses para pagar.

SIGNIFICA QUE…

Em vindo esses recursos para a operação tapete preto nos bairros (aquelas 76 ruas), a prefeitura somente iniciaria o pagamento a partir de 2021 com término lá em meados de 2030. Autorização que se busca é de até R$ 50 milhões. Mas não significa todo esse montante. Porém, se vier tal quantitativo, o Paço teria uma prestação mensal superior a R$ 500 mil para pagar por conta do referido empréstimo.

Porque os pilas do Fundam afundaram, Ceron bate em outras portas. Daí que municípios como Lages (tal qual Otacílio Costa) foca o Finisa da Caixa para ter dinheiro visando pavimentação de vias. Lembrando que a aprovação do projeto na Câmara é apenas o primeiro passo de vários outros a serem dados até o dinheiro chegar no Paço

Continue Reading