Geral

São Joaquim: Risco de isolamento

O TEMPO FIRME DESTA SEMANA DEVE AFASTAR ESSE RISCO. MAS O PROBLEMA PERSISTE CASO NÃO HAJA INTERVENÇÃO SEVERA

A Polícia Militar Rodoviária, além da sinalização, realiza monitoramento constante na SC-114 na subida da Serrinha, devido às rachaduras no asfalto. Ao lado desse trecho íngreme há um morro de onde desce grande quantidade de água (mesmo sem chuva), mantendo o risco de que a pista venha se romper, comprometendo a passagem de veículos. E isso ocorrendo exige que a ligação entre São Joaquim e Lages ocorra por Urubici. O problema está que a SC-110 na altura da Serra do Panelão também apresenta riscos, inclusive com bloqueio na manhã de segunda-feira, 20, por causa de uma queda de barreira.

Print do vídeo do Urubici Mil Graus destacando a queda de uma robusta barreira na Serra do Panelão, naquele trajeto de 20 km entre a BR-282 e Urubici. O trecho seria liberado nesta segunda-feira após o trabalho de equipes da SEI (Secretaria de Infraestrutura). Entretanto, recomenda-se buscar informações antes de utilizar a ligação dessa que se constitui o início do Caminhos da Neve

Enquanto isso, na Serrinha (SC-114), próximo a São Joaquim, o risco da pista romper e impedir passagem de veículos é muito grande. O problema vem desde outubro do ano passado com reparo efetuado em caráter temporário, mas a intervenção definitiva ainda não aconteceu no trecho.

PROVIDÊNCIA EMERGENCIAL

Durante o final de semana, especialmente no domingo, quando de novas fissuras no asfalto da SC-114, temendo que São Joaquim ficasse sem a ligação com Lages, a administração municipal tomou uma medida urgente. Colocou veículos da Secretaria da Saúde ‘do outro lado do local avariado’. Assim, caso a pista cedesse e houvesse necessidade de transporte de pacientes, esses iriam até o asfalto quebrado em um tipo de veículo, e lá pegariam a condução que estava aguardando do outro lado.

Três ambulâncias e dois veículos pequenos da Secretaria da Saúde de São Joaquim estacionados no outro lado do local avariado, para, em caso de urgência, fazer o transporte de pacientes até Lages

Continue Reading
Geral

Conheça um pouco sobre a Concrevias

EMPRESA É A ÚNICA DE EMPREENDEDORES LAGEANOS E ATUA NA PRODUÇÃO PARA ATENDER TODA A SERRA CATARINENSE

Um nicho de mercado que preza pela qualidade do produto fornecido, pontualidade naquilo que promete e conhecimento sobre a área, levou três empreendedores a assumir em meados de 2018 a Concrevias. Trata-se de uma empresa focada na produção de concreto e argamassa para atender grandes, médios e pequenas construções.

Nessa mais de meia década de atuação no mercado, a Concrevias tem fornecido material para a construção de estruturas desde pequenas usinas hidrelétricas (PCH) na região até edificações diversas como residências, prédios e instalações de empresas. A Concrervias também fornece concreto as chamadas obras de artes em rodovias como a BR-116.

ALGUNS DIFERENCIAIS

Não há um combate às outras duas concreteiras existentes na cidade, mas a Concrevias é genuinamente lageana e, por causa disso, consegue executar um serviço diferenciado para atender pedidos. Há casos, por exemplo, que um dos engenheiros da empresa via in loco na obra verificar o tipo de concreto a ser utilizado, bem como volume e demanda do material a ser disponibilizado. “Temos essa preocupação com a qualidade e o atendimento diferenciado para que possa chegar à obra aquilo que, de fato, vai atender a necessidade de quem está construindo”, observa o engenheiro Luiz Fernando Figueiredo, um dos sócios e que atua no atendimento direto ao cliente nas construções.

Engenheiro Luiz Fernando, entre um atendimento e outro na empresa, explicando que o material utilizado para produzir o concreto e a argamassa é predominantemente aqui da região. “Só o cimento que trazemos do Paraná”.

Outro detalha interessante está no sistema moderno que norteia a produção de cimento e argamassa. Tudo é regulado de forma eletrônica, liderando os quantitativos necessários para garantir a qualidade diferenciada que a Concrevias apresenta do concreto e argamassa ao mercado

FROTA E MERCADO

Para atender uma clientela também além das fronteiras de Lages, a Concrevias apostou numa frota moderna e ágil, dentro do foco de reduzir ao máximo qualquer imprevisto na entrega do material. “Quem está construindo, programa-se e precisa daquele material (concreto ou argamassa) no seu prazo, no seu tempo. Qualquer imprevisto que resulte em atraso ou demora é problema ao construtor. Temos muito cuidado com isso”, confirma o Engenheiro Luiz Fernando. Depois de Lages, o município de Urubici é o que mais consome o concreto produzido na Concrevias. “E as pessoas que pesquisam e fazem seus cálculos percebem que receber um concreto ou argamassa prontos, apenas para aplicação, é bem mais vantajoso que as práticas anteriores de produzir na própria construção”.

A frota da Concrevias que transporta o cimento do Paraná para a sede da empresa em Lages e os caminhões que levam a produção (concreto e argamassa) às construções

Essa estrutura à direita é onde ocorre a mistura do cimento, areia, pedra brita, em quantidade definida eletronicamente, para dar origem à argamassa ou o concreto. Até o tipo de pedra brita é determinante para que o concreto tenha maior aderência e durabilidade, situações observadas na empresa lageana

Antes da entrega ao cliente, o concreto passa por estágios de análise e testes para confirmar o atendimento dos padrões apresentados pela Concrevias ao mercado da construção

Embora não sejam muito de aparecer, os empreendedores do registro acima são Vilmor Simon e Luiz Fernando Figueiredo que, juntamente com Dilson Freitas de Souza, formam o tripé proprietário da Concrevias, a única concreteira que é genuinamente lageana.

EM TEMPO

O post não é publicitário. O conteúdo se propõe apenas a exteriorizar aos que frequentam esta página uma ideia de empresas que fazem sucesso no ramo em que atuam na cidade de Lages!

Continue Reading
Geral

SC-114 volta a rachar em São Joaquim

FISSURAS APARECERAM NESTE DOMINGO (19) EXIGINDO ESTADO DE ALERTA SOBRE A LIGAÇÃO COM LAGES

No final de abril abordávamos as condições precárias das rodovias estaduais na Serra Catarinense afetadas pelas chuvas de outubro e novembro do ano passado que, até agora, não receberam os devidos reparos. A situação é tão crítica que o ponto avariado da SC-390 tem sido palco de acidentes, inclusive capotamentos. Em outros locais (SC-114 e SC-120) houve intervenção temporária até o reparo definitivo ser executado, cuja demora tem se perpetuado.

SECRETÁRIO ABORDA O ASSUNTO

Na abertura da Festa da Madeira em Otacílio Costa (dia 10), o secretário Jerry Comper (Infraestrutura) relatou que houve licitação de empresa para elaborar projetos de recuperação dos trechos avariados. Sobre as obras em si, isso dependerá da aprovação dos projetos e previsão de recursos. Enquanto isso, a temporada de inverno, de fluxo mais robusto nas rodovias serranas, exigirá que o usuário conviva com a realidade de risco.

VOLTAM RACHADURAS NA SC-114

Porque foi feito um reparo temporário, esperando que viesse a correção definitiva na sequência, a SC-114 na altura da chamada Serrinha (subida da rodovia logo depois da Vínciola Villa Francioni em direção a Lages) voltou a apresentar rachaduras no pavimento. Houve abertura de fissuras, conforme destacou em reportagem o Portal Notiserra.

Registro do Notiserra deste domingo, 19 de maio, onde o asfalto ‘voltou a trabalhar’ causando as rachaduras…

Polícia Militar Rodoviária recolou a sinalização à base de cones, isolando a terceira faixa da subida e alertando os usuários sobre a situação no local. Caso esse local seja bloqueado, São Joaquim fica sem ligação com Lages, precisando deslocamento por Urubici, visto que houve uma tentativa de encontrar um desvio quando do problema em outubro do ano passado, mas o relevo do local não permite.

O mosaico acima com registro na Serrinha (SC-114) e na SC-390 (São Joaquim a Bom Jardim) é ilustração da seguinte manchete do Portal Notiserra:

“Situação nas rodovias da Serra Catarinense é crítica e promessas de intervenção do Governo Estadual não se concretizam”.

Fotos e imagens: Notiserra

Continue Reading
Geral

A semana em que Lages vira festa

NA METADE DA SEMANA COMEÇA O RECANTO DO PINHÃO NO CALÇADÃO COM INDICATIVO DO FIM DA SEQUÊNCIA DE CHUVA

A chuvarada da sexta e sábado e com instabilidade ainda no domingo não foi impedimento para que a empresa contratada montasse a estrutura de palco e áreas cobertas para a programação do Recanto do Pinhão. Para o local, além de uma quantidade significativa de artistas locais e regionais, foram estacalados nomes de peso do gauchismo para subir ao palco no Calçadão. Teremos de Mano Lima a Joca Martins com seus repertórios dignos de grandes eventos na programação prevista para iniciar na quarta-feira, 22.

Embora a previsão seja de uma sequência de dias sem chuva, caso ocorrer qualquer instabilidade a estrutura que está sendo montada garante conforto ao público que for assistir aos shows no palco do Recanto

Caso, por circunstâncias várias, você opte por não frequentar o parque Conta Dinheiro, uma passada pelo Calçadão dará ao visitante o clima de festa, além de se constituir uma forma de ajudar as entidades que realizam trabalhos sociais em Lages a angariar recursos para a mantença durante o ano. Ponche, quentão, paçoca e outros itens do cardápio típico desta época, tudo estará à disposição nos espaços montados!

Continue Reading
Geral

Podemos: Dois ‘cabeças’ em Lages

POR ENQUANTO O PODEMOS NÃO TEM AQUELE NOME GARANTIDO PARA A DISPUTA. MAS JÁ ESTÁ PRÉ-COLIGADO

Longe de ser negativo, muito pelo contrário, é uma estratégia interessante do Podemos em Lages para a disputa do pleito. A sigla não tem um nome consolidado (de martelo batido) como sendo aquele que se trabalhará visando a disputa à prefeitura. Está no páreo pela sigla o deputado Lucas Neves, que é cauteloso em não se colocar de forma incondicional como candidato a prefeito. Outro nome é do vereador Jair Júnior, cuja leitura sobre o mesmo indica que disputaria a prefeitura se fosse para ser o cabeça pelo Podemos, visto que há resistência de prés de outras siglas em tê-lo como vice. Mas algo é certo: O Podemos já está pré-coligado para a disputa eleitoral.

O QUE SIGNIFICA PRÉ-COLIGADO?

Significa que onde o Podemos estiver, pelo que se desenha, o Republicanos estará junto. Isso ficou claro na reunião da noite de sexta-feira, na Acil. O próprio Lucas Neves liderou a conversa, orientando, informando e agregando o grupo. Observou que parte da sociedade quer que o time apresente um projeto para administrar Lages. E citou que novas pesquisas irão apontar os passos rumo ao Paço.

Presidente do Republicanos, o partido do ex-governador Carlos Moisés, Adilson Lima (esquerda) e o vereador Jair Júnior no trabalho de orientação do Podemos liderado pelo deputado Lucas Neves

O bom grupo de pré-candidatos a vereador tanto do Podemos quanto do Republicanos na agenda da sexta-feira, 17, na Acil. O momento é de informação, orientação e motivação para a disputa que se aproxima em Lages.

Continue Reading
Geral

MDB ‘afia foice e machado’ em Lages

PARTIDO APRESENTOU NOMINATA DE PRÉ-CANDIDATOS A VEREADOR PARA O PLEITO DESTE ANO

A julgar pela existência de mais pretendentes que vagas para serem preenchidas, os emedebistas estão otimistas com bons resultados no pleito deste ano em Lages. Coube ao presidente da sigla, Pedro Freitas, e o pré-candidato a prefeito, Elizeu Matos, chamar uma reunião para organizar encontro regional no mês que vem e, ao mesmo tempo, apresentar a nominata dos pré-candidatos ao legislativo. Há 30 nomes filiados e dispostos a concorrer. Desses, um total de 17 devem ter até 5 de agosto o nome homologado para ir ao trecho em busca de votos.

Coube ao ex-vice prefeito de Lages (ele fez dobradinha com Coruja em 1992), Cosme Polese fazer uma palestra motivacional aos integrantes do time pelego. A palavra de ordem àqueles que partirem em busca de votos é o entendimento que o corpo a corpo, a abordagem individual, o diálogo (muitas vezes mais ouvindo que falando) é uma estratégia infalível para conquistar a confiança e o apoio na urna.

Elizeu Matos é o pré a prefeito, pretendendo retorçar ao Paço depois da saída conturbada da função. Ele tem sido o principal articulador e absolutamente entusiasta com o projeto para recolocar o 15 no comando da gestão lageana.

DC E PSB JUNTOS NA LIDA

Para somar ao tempo do horário eleitoral, assim como visando agregar mais candidatos a vereadores na rua, o próprio Elizeu Matos tem articulado a adesão (por enquanto) de dois partidos para a coligação majoritária. O Democracia Cristã (DC) e o PSB estão alinhados ao projeto, inclusive com lideranças presentes na reunião da sexta-feira. Havia uma costura inicial para ter o União Brasil junto no projeto, mas esta sigla tem pré-candidato a prefeito, o Procurador de Justiça aposentado Lio Marin.

Continue Reading
Geral

Surpresa desagradável em Correia Pinto

CONDIÇÕES DE ESTRADAS DO INTERIOR DO MUNICÍPIO SERRANO EVIDENCIAM UMA REALIDADE INSUSTENTÁVEL

Os registros abaixo são anteriores ao aguaceiro deste final de semana (17 e 18 de maio). E apontam a situação complicada enfrentada por moradores de localidades do interior de Correia Pinto. É verdade que as chuvas constantes dificultam a manutenção. Mas uma estrada somente chega em situação como a evidenciada no caminho para a localidade de Farinha Seca porque não houve qualquer ação prévia que evitasse que a água acumulasse.

O registro ocorreu na terça ou quarta-feira, quando nao choveu na Serra Catarinense, e mostra como o motorista acabou sendo surpreendido pelo volume de água no caminho. O carrinho da GM não conseguiu vencer o aguaceiro. Talvez se fosse um Uno...

O acesso à localidades como Farinha Seca, no interior de Correia Pinto, tem motivado uma série de reclamações por parte de moradores na programação da Rádio Clube FM de Lages

Nem precisa reportar a chateação do motorista e da família diante de uma surpresa desagradável como esse

As fotos foram enviadas ao programa A Hora da Corneta da Clube FM

Continue Reading