Geral

Mais R$ 1 milhão para obras do Mercado

Cumprindo a previsão legal de tornar público a chegada de recursos oriundos de convênios tanto em âmbito Estadual quanto Federal, a administração pública de Lages está confirmando a liberação de mais R$ 1 milhão para obras de revitalização do Mercado Público. Os valores são oriundos da Secretaria de Estado da Infraestrutura.

Semana passada foi realizada uma visita in loco de lideranças e empresários para conferir o andamento das obras de revitalização do mercado, cuja previsão indica que o mesmo será entregue no primeiro semestre de 2020

RECURSOS ESTADUAIS

Essa liberação de recursos do governo de Carlos Moisés aponta a relação amistosa que tem sido mantida entre os gestores estadual e municipal. Nos episódios carregados de críticas ao atual governo, o prefeito Ceron tem optado pela cautela, até porque depende da boa convivência com o Centro Administrativo. Esse R$ 1.000.000,00 ao mercado público é a confirmação daquilo dito por Carlos Moisés na única visita que fez a Lages como governador, de que iria cumprir os compromissos de repasses às obras do Mercado e do Calçadão.

Única visita do governador Carlos Moisés a Lages ocorreu nos primeiros dias de abril e focou confirmar a manutenção de repasses àqueles convênios já estabelecidos entre Estado e Município. E aquilo afirmado ao prefeito Ceron, está sendo cumprido.

Continue Reading
Geral

Delegado lageano cria hino da Polícia Civil

Dentro das comemorações dos 207 anos de existência da Polícia Civil de santa Catarina, foi lançado um edital para a escolha do hino oficial da polícia judiciária catarinense. A iniciativa foi liderada pelo próprio delegado Geral da Polícia Civil, Paulo Koerich. E coube a ele anunciar o vencedor do concurso.

Aqui o ato liderado pelo delegado geral Paulo Koerich na premiação do concurso que escolheu o hino da PC

BADA VENCE

O delegado lageano com longa história de atuação aqui na Serra Catarinense, José Rogério de Castro Filho, o Bada, que atualmente atua na Central Regional de Plantão Policial de Criciúma, foi o autor da composição escolhida. Músico de apaixonado pelo palco e a interpretação musical, Bada fez a composição que agora será entoada com aquela que representa a Polícia Civil do Estado.

Delegado Bada num registro da década passada, dele atuando em Lages. Atualmente o autor do Hino da Polícia Civil trabalha em Criciúma

Continue Reading
Geral

Secretários em prosa informal na Acil

Porque as coisas acontecem também a partir da diplomacia e boas relações, empresários lageanos especialmente ligados à Acil promoveram um jantar depois da audiência pública sobre a nova ala do Hospital Tereza Ramos para os dois secretários de Estado presentes em Lages. Douglas Borba (Casa Civil) e Helton Zeferino (Saúde) foram recepcionados pelas lideranças empresariais, sendo que o foco predominante foi o estreitamento de relações.

PAUTA DA PROSA

De acordo com o suplente de deputado Federal, Airton Amaral, o encontro na Acil focou mesmo esse estreitamento de relações com os dois secretários. “Obviamente, na informalidade, os presentes fizeram perguntas sobre o governo em geral. Questões sobre o andamento da liberação do aeroporto, entre outros temas além do Hospital Tereza Ramos, integraram os questionamentos”, cita o líder do PSL aqui na Serra.

Empresários e líderes do PSL local com os secretários Borba e o Coronel Zeferino em recepção informal na Associação Empresarial

AINDA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA

Secretário Zeferino disse que os 6% que restam para a conclusão da obra somente serão executados depois da conclusão de uma auditoria (aquela que foi recomendada). O levantamento analisa inclusive situações como desvio de materiais da obra (algo que o próprio MP teria sido acionado para acompanhar). Houve a suspensão de alguns ‘aditivos suspeitos’ cuja necessidade ou não será definida por esse levantamento a ser concluído ainda neste ano.

Embora haja sugestão, inclusive de empresários para um modelo terceirizado de gestão, o Secretário da Saúde acenou que a ideia é manter o mesmo sistema de administração que vem sendo feito no atual Tereza Ramos. Para isso, um concurso público com pelo menos 700 colaboradores seria aberto.

Foto Acil: Divulgação

Foto Câmara: Nilton Wolff

 

AINDA HÁ UNIDADES À VENDA!

EMPREENDIMENTO TERRA ENGENHARIA

Unidades à venda no plantão situado no local da obra na Avenida Papa João XXIII – Bairro Petrópolis. Outras informações neste link. Quer ter ideia de uma unidade pronta? Clique aqui!

Reg. Incorporação: R3/39.142

Continue Reading
Geral

Tereza Ramos: Nova ala talvez em 2020

Criou-se uma expectativa de que uma audiência pública programada de afogadilho na Câmara de Vereadores se constituiria num ato para trazer um grande anúncio a lageanos, serranos e moradores de outros 80 municípios deste meio do mapa catarinense que utilizam serviços do Hospital Tereza Ramos.

O QUE SE ESPERAVA?

Que a partir de uma costura ao nível do mar, inclusive com a participação do vereador Lucas Neves, que dialogou com o governador Carlos Moisés (inclusive convidado a se filiar ao PSL) seria anunciado que num devereda desses, com um processo seletivo às pressas, colocaria-se a nova ala em funcionamento gradativamente. Começaria com a oferta de novos leitos de internamento, depois mais leitos e assim sucessivamente até que a estrutura estivesse no todo atendendo essa coletividade que amarga em filas à espera de vaga.

LEGO ENGANO, MANO

Os bem intencionados (ou bem mandados) secretários de Estado da Casa Civil e da Saúde, Douglas Borba e o Coronel Helton Zeferino, respectivamente vieram, ouviram, falaram e prospectaram, com otimismo, um funcionamento talvez no segundo semestre do ano que vem.

O QUE DISSE O SECRETÁRIO?

Helton Zeferino conversou com a imprensa depois da audiência. Começou apontando que a nova ala do Tereza Ramos era para estar em funcionamento em 2015 – isso é verdadeiro. Citou que o Estado avalia o que ele chama de ‘algumas inconsistências’ na obra – a gente não faz ideia do que se trata. Mas o ponto principal da demora está na indefinição do sistema de gestão de pessoal. O próprio Estado tocaria a futura ala ou se opta por um modelo terceirizado?

O Secretário respondeu por aditivos que foram incluídos na obra durante a execução, como a necessidade de implantação de sistema contra incêndio. E disse que houve recomendação por auditoria externa para analisar a execução do projeto.

EM RESUMO

A audiência pública realizada na Câmara não alterou qualquer situação relacionada à entrada em funcionamento da nova ala. Ela segue fechada, ainda com alguns equipamentos em licitação – segundo disse o secretário – e antes do ano que vem (segundo semestre, com otimismo) não há de se esperar algum fato novo sobre a funcionalidade da estrutura. Ruim para todos. Especialmente para a população que seguirá na fila à espera de leito hospitalar!

Fotos: NIlton Wolff

Continue Reading
Geral

Dez retratos de uns dias atrás na paróquia

Se é uma coisa que a gente gosta de compartilhar pelo saudosismo na vida das pessoas são registros de tempos idos na paróquia. Algumas imagens mais antigas, outras nem tanto. Mas que dão ideia do crescimento da cidade e do cotidiano que envolve a vida da gente nestas plagas.

Lembram do convite para a inauguração do Terminal Rodoviário que levou o nome do Bispo Diocesano Dom Honorato?

Chega nem parecer que é uma foto esse registro pós-1922 na atual Rua Nereu Ramos em direção à Catedral

Olhem o capoeirão onde atualmente é o estacionamento da Acil. O velho mercado público que em breve estará de cara nova. Ao fundo a Igreja Santa Cruz e a avenida em direção ao Sul de Lages

Registro político de ex-prefeitos Juarez Furtado e Antonio Matos de Anita Garibaldi com o saudoso Pedro Ivo Campos, governador que virou até nome de ponte

Últimos suspiros da gestão FHC/Marco Maciel e o ‘magrão’ visitando Lages. No registro Paulo Bauer que era vice de Amin no governo em 2002 e ali à direita o atual prefeito Ceron

A Câmara de Vereadores de Lages com 21 vereadores, menos de 10 servidores e instalações no último andar do predinho da prefeitura

Nós entrevistando a médica que mais tarde viria dar nome à UPA de Lages, Doutora Maria Gorete dos Santos

Essa imagem já pode constar do ‘noticiário das antigas’ retratando os tempos idos do centro da paróquia?

Observem ao fundo das instalações do 1.º Batalhão Ferroviário aquele ‘capoeirão’ é o Parque Conta Dinheiro. O CAV não existia. Assim como o bairro Guarujá era uma meia dúzia de residências. Aquele ‘risco verde’ lá em cima é o trilho da linha férrea

E a gente fecha o saudosismo dessa sessão com o sobrevoo do drone numa Lages da metade do século passado. Atentem à esquerda esse descampado e uma várzea. É o atual bairro São Cristóvão. Até o Rio Carahá – percebam – era meio desnorteado, com umas curvas mirabolantes no caminho para o Caveiras.

Esses registros são de domínio público porque estão disponíveis na internet!

Continue Reading
Geral

Lages: Vereadores querem Banco de Ração

Ideia é interessante, pertinente.

Porém, talvez não devesse ser atribuído ao poder público tal atribuição e gestão pelo engessamento que isso representa. Até um convênio dentro do marco regulatório dentro das políticas públicas de proteção animal seria mais pertinente que atribuir à municipalidade tal tarefa.

DE QUALQUER FORMA

Vereadores Luiz Marin (PP) e Bruno Hartmann (PSDB) encaminharam moção legislativa ao prefeito Antônio Ceron. Sugerem a criação de um banco de ração no âmbito da administração municipal. Caberia ao ente público a articulação e gestão do recebimento de ração oriunda de doações. E o arrecadado destinado às entidades que atuam na proteção animal.

A GENTE INSISTE QUE…

A ideia é deveras interessante. E a estruturação do ‘banco’ através de uma entidade e/ou instituição com o apoio financeiro (e não de pessoal ou logística) do poder público, poderá dar um resultado mais satisfatório. Até porque as pessoas se dispõem mais a doar e ajudar quando aquilo encaminhado não passa pelo atalho do poder público.

Hartmann e uma ideia deveras bacana dele e do colega Luiz Marin. Apenas o viés de repassar ao poder público a ‘gestão do banco de ração’ que seria algo a ser (re) pensado

Continue Reading
Geral

Lotes no bairro Ferrovia: Boa notícia do DF

Secretário Samuel Ramos tem liderado a cruzada para resolver uma pendência que se arrasta desde o início da década. Trata-se do deslocamento de uma área de terras do Patrimônio da União para o domínio da Prefeitura de Lages. No terreno se pretende viabilizar mais de 150 lotes. Em alguns o próprio município construirá residências para atender famílias que aguardam na fila das demandas habitacionais.

NOVIDADE DA SEMANA

Ainda na terça-feira, 17, o secretário Samuel Ramos informava direto de Brasília a boa nova. Depois de uma reunião com representantes do Governo Federal – inclusive com apoio dos gabinetes dos deputados Daniel Freitas e Carmen Zanotto e ainda do Senador Amin – houve encaminhamento para que num prazo inferior a 90 dias o terreno seja repassado ao município de Lages.

LOTEAMENTO PADRÃO

De acordo com Samuel Ramos, após esse trâmite, o prefeito Ceron deverá definir a forma como ocorrerá as construções de residências. “E o loteamento terá toda a infraestrutura exigida em lei”, destaca o secretário de Assistência Social. “Não se resolve o todo da questão habitacional, mas atende aqueles casos mais urgentes de realocação”.

Secretário Samuel Ramos no DF na agenda que bateu o martelo para que antes do final do ano as terras que integram o patrimônio da União no bairro Ferrovia, passam para o domínio do município, permitindo a implantação de um loteamento padrão

Continue Reading
Geral

Tereza Ramos: Lages ‘sem alas’ pela nova ala

Há um ruído desnecessário nessa coisa do possível anúncio da ativação da nova ala do Hospital Tereza Ramos. A providência está para ser anunciada – façamos figa – numa audiência pública marcada na Câmara de Lages esta quarta-feira, 18. A polêmica decorre do fato de que o vereador Lucas Neves (PP) estaria puxando para ele a providência. Bobagem de quem pensa isso. Se Lucas Neves tivesse mesmo esse poder, por certo lá em janeiro deste ano já teria corrido atrás e resolvido isso. Há um esforço do referido vereador, mas ele, como os demais, tem o poder limitado à atuação.

ENTRETANTO

Precisa que fique claro que as famílias daquelas dezenas de pessoas que ficam ‘internadas’ na UPA à espera de leito hospitalar não querem saber se quem está tornando isso possível é uma articulação do meu dileto amigo Calça Larga, do Pelezinho lá do Gethal ou de outro líder político ou comunitário, que no caso seria o esmeraldino de Lages, o Lucas Neves. O importante é que se dê passo para que a ala planejada e pensada para disponibilizar mais leitos, entre em funcionamento.

OUTRA COISA

Retirem qualquer carga de crítica ao fato de Colombo ter pensado essa obra. Aos que a chamam de elefante branco não fazem ideia de que ela chega a ser ainda pequena perto da necessidade. Lages e a Serra precisam dessa obra desse tamanho e ainda maior para atender as necessidades de pacientes de 82 municípios. A obra foi bem vinda, como será o início das operações da nova ala. A gente torce que seja meio devereda, embora não tenha tanto otimismo assim.

AUDIÊNCIA

A providência da Câmara de Vereadores, liderada pelo vereador Vone, puxando o assunto para o parlamento lageano é importante. Prefeito Ceron disse que foi convidado e lá estará. Porque além das pessoas que precisam de internamento, o próprio município tem interesse na estrutura funcionando para desafogar a UPA. Ademais, a relação de Ceron com o governador Carlos Moisés tem sido amistosa e de parcerias, em nome de uma razão maior que é a cidade.

LOGO

Que venha a audiência, debates, pedidos e respostas. Mas nada de artilharia contra o governador Carlos Moisés. Por uma razão simples: Raimundo Colombo já discursava que briga política não constrói escola e nem hospital. Logo, sigamos o ensinamento do ex-governador, afastando ideias de brigas e trilhando um mesmo objetivo que é dar ao cidadão que busca internamento, a possibilidade de encontrar leito sem ficar no purgatório da espera.

Ceron e Carlos Moisés têm relação amistosa com o gesto do governador em manter o repasse de convênios assinados na cidade. Gesto que deve se confirmar também em relação a soluções para o funcionamento da nova ala do Hospital Tereza Ramos. Embora, admitamos, aquela ala não funcionará da noite para o dia, visto que quando se trata de saúde, não se pode atuar com improviso.

Continue Reading