Geral

OAB e INSS: Ruim e tendência de piorar

Comissão de Direito Previdenciário da OAB Subseção de Lages está chamando advogados que atuam nessa área para uma reunião extraordinária no início da noite (18 horas) desta terça-feira, 11. Desconhecemos o teor da conversa programada, mas envolve dificuldades de atuação da advocacia previdenciária, considerando a realidade vigente em relação a protocolos de benefícios, pedidos de aposentadorias e outros procedimentos.

PARA ILUSTRAR A SITUAÇÃO

INSS em Lages integra a gerência de Florianópolis, responsável por agências em 10 cidades (Imbituba, Palhoça, Curitibanos, Lages, entre outras). Ocorre que um protocolo de benefício em Lages entra numa fila única. Sistema eletrônico determina se o servidor vai despachar um pedido de aposentadoria (ou outro benefício) de Lages ou Imbituba, por exemplo. Há uma defasagem gigante de pessoal.

EXEMPLO DA DEFASAGEM

Lages possui 17 servidores efetivos. Talvez seja a única agência no Brasil que tem mais estagiários (23 ao todo) que servidores de carreira. E esses estagiários, remunerados a R$ 300,00 (ensino médio) e R$ 600,00 (universitários), tão logo dominam as atribuições, são – na maioria – contratados por escritórios de advocacia.

UM EXCLUSIVO AOS ADVOGADOS

Decisão judicial determinou que uma pessoa atenda exclusivamente advogados. Os profissionais que se dirigem ao INSS para protocolar procedimento ou buscar documento são atendidos por um estagiário. É uma realidade limitadora, com tendência de piorar, já que outros servidores do INSS tentam se aposentar antes da reforma.

PROCESSOS NA FILA

Há uma força tarefa priorizando o atendimento de processos represados. Atualmente o Paraná tem 43.000 processos à espera de decisão (pela aposentadoria ou não). São outros 17.000 no Rio Grande do Sul e mais 13.000 aqui no Estado. Essa equipe prioriza aqueles represados há mais de 365 dias. Tudo isso converge para manter a fila de espera.

SOLUÇÃO DA OAB

É em cima dessa realidade que a OAB chama os advogados previdenciários para a prosa nesta terça-feira. Considerando ainda agravantes, como o fato da agência de São Joaquim ter apenas um servidor a caminho da aposentadoria, com processos (não só de aposentadoria) tendo que buscar encaminhamento a partir de Lages.

Entidade lageana coloca a questão de encaminhamentos na área previdenciária em pauta nesta terça-feira, 11. Está ruim para os profissionais e para quem busca resposta de encaminhamentos no INSS. Mas com poucos servidores e uma demanda de processos represados, não há perspectiva positiva que altere essa realidade.

Continue Reading
Geral

Circula na rede e tem a ver com a paróquia

Nos grupos de rede social circulam registros que a gente puxa para a página porque são interessantes e têm a ver com Lages. O primeiro dos registros é dos empresários Carlos e Beto Amaral. Ambos participaram de encontro nacional do SBT em São Paulo.

NO RATINHO

No final do evento entre os executivos, diretores de afiliadas foram convidados a acompanhar o Programa do Ratinho no auditório. Os Amaral trocaram dois dedos de prosa com o apresentador.

Soubemos que nos bastidores, quando chegava no auditório, uma das senhoras que aguardava pelo programa, ao avistar Beto Amaral disparou:

– Que é que o Celso Portiolli vem fazer no Ratinho?

 

ENQUANTO ISSO EM SANTA CATARINA….

Governador Carlos Moisés não esconde a simpatia pelo repertório do Grupo Expresso e a admiração pelo músico e cantor lageano Daniel Lucena. Já apareceu em gravações entoando Certos Amigos e quando se encontra com Lucena não perde a chance de dividir o vocal…

O dueto do governador catarinense com o nosso melhor compositor num dos encontros desses ao nível do mar

 

OUTRO REGISTRO

AGORA NA SERRA

Fiquei devendo esse registro do vereador Edson Dalmonico (PP) que propôs e a Câmara aprovou sendo concedido o título de Cidadão Pontealtense ao deputado Marcius Machado. O parlamentar atuou alguns meses na área jurídica do legislativo de Ponte Alta, onde fez amizades na atuação nesse município da Serra.

Continue Reading
Geral

Um modelo de gestão ao Tereza Ramos

Participando da Hora da Corneta na Rádio Clube FM 98,3 o empresário Roberto Amaral compartilhou uma informação interessante. Ele foi um dos participantes de uma audiência na primeira semana de junho com o secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino.

E…

Na pauta uma sugestão para o modelo de gestão da nova ala do Hospital Tereza Ramos. “Foi sugerida que a gestão ocorra pela iniciativa privada e essa atuação da empresa escolhida a partir de licitação tenha a supervisão de um Conselho de Cidadãos, algo que brote da própria sociedade, acompanhando a operacionalização daquela nova estrutura de saúde”.

IDEIA 

Roberto Amaral faz questão de apontar que não se trata de uma ideia que partiu de uma pessoa. “Há um conjunto de pessoas pensando soluções para Lages. A ideia surge desse grupo pensante num propósito de contribuir com a cidade”.

MAIS

Segundo ele, com a operacionalização através de uma empresa seria possível até atividades conjuntas e complementares entre o próprio Tereza Ramos e outras instituições de Saúde, como o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres.

A nova ala está praticamente pronta, inclusive com equipamentos modernos, dependendo apenas da definição do modelo de gestão para entrar em operação atendendo mais de 60 municípios dessa parte central de SC

***

MIRANTE DA BOA VISTA NOS ALTOS DO PETRÓPOLIS

EMPREENDIMENTO DA CONSTRUTORA TERRA COM

UNIDADES PARA RESERVAS E PRÉ-VENDAS 

Empreendimento está em fase de lançamento (registro de incorporação R3/39.142). Informações e pré-reservas no telefone (49) 99162 6278.

Continue Reading
Geral

Lages tem rumo… pelo menos na sinalização

Já vai um tempo que chegavam ponderações sobre a necessidade de melhorias na sinalização urbana de Lages, indicando rodovias, bairros e instituições. Na manhã de domingo o engenheiro Sérgio Todeschini que comanda a área de engenharia de trânsito, compartilha registro dessa providência colocada em prática na paróquia. Se o problema era placa indicativa, quem chega na cidade agora tem rumo.

As novas placas, como essa no alto, na ‘encruzilhada’ da Carahá com a Duque dá o direcionamento especialmente aos que são de outras plagas e não conhecem bem as quebradas de Lages

As placas antigas faziam referências para rodovias que já mudaram até a numeração como a SC-438 que agora se chama SC-114, como se vê na outra encruzilhada da cidade, ali no coração pulsante do Coral

Na frente da gigante Disauto na Camões o indicativo do bairro Coral e a orientação para chegar aos outros bairros das cercanias

O centro também está com placas indicativas no padrão de turismo, informando como chegar a órgãos e instituições. Ficou show!

Continue Reading
Geral

UPA: ‘Solenidade’ de retirada dos tapumes

Enquanto o prefeito Ceron cumpre agenda em Brasília que fecha com a participação no Prêmio Prefeito Empreendedor do Sebrae, o vice Juliano Polese quebrou a geada para acompanhar a retirada dos tapumes da obra da UPA – o novo pronto atendimento de Lages – ali atrás da rodoviária. Houve quem comentasse que haveria a solenidade de retirada dos tapumes, mas a providência dos guapos da Construtora Evoluta foi executada, sem formalidade do Paço.

A estrutura é tão ampla que não coube na foto. Para esse local virão todos os serviços que atualmente são prestados no PA do Centro. Na virada deste mês para julho essa estrutura é para estar em funcionamento

PAÇO TEM MÉRITO

Histórico dessa obra é bem interessante. Vieram recursos na ordem de R$ 1,5 milhão do governo Dilma para executar a UPA. Porém, a empresa que venceu a licitação não deu conta. Quando Ceron assumiu o Gringo foi colocado num fundo de guampa: Devolvia o R$ 1,5 milhão enviado por Dilma ou concluía a obra.

FOI ENTÃO QUE…

Para não ter o prejuízo da devolução do valor atualizado e ainda ficar sem UPA, houve uma reengenharia financeira, com aporte de recursos próprios e mais uma emenda da deputada Carmen (para o mobiliário). Com isso, a obra está assim, prestes a entrar em operação, dando adeus aos apertos (pelo menos estruturais) do atual Pronto Atendimento Tito Bianchini.

O pátio da UPA ficou assim, dando uma ideia de espaço e estrutura onde se concentrarão atividades para atender pacientes em casos de urgência e emergência

Continue Reading
Geral

Saúde: Investe-se mais e ainda é pouco

Deputada Carmen Zanotto (Cidadania) colocou em sua pauta da semana a participação na conferência estadual de saúde realizada em Florianópolis. A iniciativa é uma preparatória para a versão nacional desse debate previsto para agosto no DF. A parlamentar confirma que se investe mais que o exigido pela Constituição Federal, mas que careceria de mais dinheiro ainda para se investir em saúde:

“Deveriam investir 15%, mas a grande maioria dos municípios aplica até 24% da receita e alguns chegam a 37%. Os Estados, que deveriam investir 12%, a média é de 14%. Por isso, precisamos ampliar os recursos orçamentários nesta área tão importante”.

Na abertura da conferência em Floripa, a deputada aproveitou para trocar informações com o Coronel Zeferino, titular da Secretaria de Estado da Saúde

MOMENTOS DIFÍCEIS À SAÚDE

Carmen ressaltou que a saúde vive um momento difícil com a Emenda 86, que estabelece orçamento impositivo e retira recursos da saúde pública, e com a Emenda 95, que congela os gastos com os serviços sociais. Embora o SUS tenha registrado avanços nestes 30 anos de existência, a parlamentar catarinense avaliou que é preciso melhorar o atendimento das milhares de pessoas que procuram os hospitais e unidades de saúde em todo o País.

Continue Reading
Geral

Mais pratas da casa no Programa do Ratinho

Depois que o Paulinho Guazelli abriu a porteira, a produção do Programa do Ratinho está escalando os artistas desta terra para integrar a atração. Nesta segunda-feira, 03, foi a vez de Leandro Marx se apresentar no programa do SBT.

Meu colega Nassif fez o registro da presença lageana de Leandro Marx na prosa com Ratinho

QUEM É LEANDRO MARX?

Leanndro Marx sempre quis cantar. O sonho que nasceu com ele, em Lages, agora é realidade. Após vários anos dedicados à música, que o tornaram um jovem experiente, o cantor sertanejo se lança na carreira solo já com um CD inteiro de composições próprias. “Leanndro Marx – Além dos Limites” apresentou como música de trabalho Pra Sempre.

Multi-instrumentista (toca violão, viola, guitarra, bateria e  contrabaixo) e com um talento único, o músico busca conquistar mais espaço no cenário musical levando sua voz firme a vários públicos. O Brasil teve oportunidade de conhecer um pouco de Leandro Marx na noite de segunda-feira pelo SBT.

Continue Reading