Obras

Ceron assinará empréstimo para asfalto

Aproveitando a presença de dirigentes da Caixa Econômica na Festa do Pinhão, foi fechada agenda para este sábado, às 21 horas no Conta Dinheiro. Trata-se da realização de um ato onde o prefeito Ceron e os gestores da Caixa assinarão o empréstimo de R$ 35 milhões.

DESTINAÇÃO

Desse montante serão R$ 5 milhões para custear desapropriações no complexo Ponte Grande e o restante para pavimentar ruas em Lages. O empréstimo é oriundo de um programa denominado Finisa com carência de 2 anos para iniciar pagamento. Ato será na casinha da Caixa no parque.

ASFALTO NOS BAIRROS

Os R$ 30 milhões destinados para asfaltar preferencialmente ruas onde passa o transporte coletivo atenderão vias cujos projetos de pavimentação já estão prontos. Imediatamente será feita a licitação e, a partir disso, no máximo em meados de agosto iniciam as obras abrangendo vários bairros.

Os projetos para asfaltar ruas foram elaborados ainda quando o engenheiro Claiton Bortoluzzi integra a equipe de Ceron

Continue Reading
Obras

Que estação a Semasa está construindo?

Embora a Semasa opte por aquele estilo discreto do secretário Jura de ‘não fazer chover’ cada vez que realiza ações, a gente vai descobrindo providências que merecem ser compartilhadas. Com a previsão de dobrar a abrangência do sistema de tratamento de esgoto na cidade (passando de 25% para 50%) – tenho minhas dúvidas se é tanto, mas se for é excelente – está em fase de concretagem a obra da 3.ª ETE – Estação de Tratamento de Esgoto.

DO QUE SE TRATA?

A terceira ETE é uma estrutura física semelhante às outras duas existentes que visam atender essa demanda no aumento do tratamento de esgoto, a partir de investimentos feitos pela própria Semasa. Uma passagem pelo bairro Caça e Tiro dá ideia do gigantismo da coisa. Os menos avisados podem imaginar até obra de usina nuclear, por causa do estilo diferente (para não dizer estranho). Mas vale o registro e a certeza de que aqueles recursos que a Semasa arrecada além do custeio, está tendo destinação adequada.

A sequência das obras são assim, até um pouco estranhas para que desconhece a estrutura que está por vir…

Inteiramente à base de concreto e com revestimento próprio, a obra está sendo construída no bairro Caça e Tiro

O complexo de obras é amplo e vai atender a demanda que representa a ampliação do tratamento de esgoto em Lages, cujo saneamento deve abranger até a metade do ano cerca de 50% da área urbana

Continue Reading
Obras

Obras sem longas filas ao longo da BR-282

A semana está sendo de reparos no pavimento da BR-282 na área mais próxima à Lages. A empresa Neovia, responsável pela manutenção do trecho, executou as melhorias para corrigir o pavimento nas imediações do trevo do Garden Shopping e antes desse local, substituiu o pavimento em cima do viaduto férreo e também no viaduto da Ponte Grande.

DUAS FRENTES DE TRABALHO

Neste restante de semana os trabalhos estão se concentrando em melhorias na altura do km 214, acesso ao bairro Chapada, com obras para facilitar escoamento de água ali pertinho do Motel Vilages. Além desse trabalho, outra equipe executa fresagem e substituição de pavimento no chamado Morro de Índios. Ao invés de tapa buracos, a ação coloca nova camada em pontos mais danificados devido ao tráfego pesado.

SISTEMA PARE & SIGA

Para evitar longas filas já que um dos lados da rodovia é interditado para as obras, a empresa Neovia adota o sistema Pare & Siga. Assim, os controladores liberam um dos lados do tráfego por determinado período de tempo, fazendo o trânsito fluir. O ideal nesse trecho do ‘morro de índios’ seria uma terceira faixa, para dar maior mobilidade. Mas isso dependeria de recursos federais para tanto.

Homens e máquinas da empresa de manutenção executam a substituição do pavimento em trechos danificados por uma nova camada de asfalto

Sistema liberando o tráfego em uma das pistas impede a formação de longas filas e nem retarda a viagem mais que uns 15 a 20 minutos

TEM MAIS PARE & SIGA

Além da providência de parada por causa dessas obras pontuais na BR-282, em outros locais em direção à Floripa tem o sistema de pare & siga. A razão é o corte de árvores ao longo do trecho, executado por empresa escolhida pelas prefeituras. Para evitar riscos aos usuários e à equipe, o pessoal sem parado o trânsito a cada vez que uma árvore, ao ser derrubada, apresenta risco de cair sobre a pista. Coisa que não demora nem 5 minutos para aqueles que são obrigados a parar.

Vegetação exótica (pinus e eucaliptos) e inclusive bracatingas muito em cima da pista estão sendo cortadas ao longo do trecho, exigindo o cuidado ao trafegar na BR-282

Continue Reading
Obras

Devereda: Obras noite adentro em Lages

Aproveitando a trégua de São Pedro na metade da semana, a Secretaria de Obras demonstrou que está vencendo a guerra contra buracos, desníveis e outras incorreções na maioria das vias de Lages. O próprio secretário João Alberto acompanhava a atuação da equipe na fresagem (retirada de asfalto velho das proximidades de buracos) e colocação de novo pavimento asfáltico antes de passar o rolo ao longo de vias como a Avenida Carahá. As proximidades do Empório da Carne, por exemplo, ficaram irreconhecíveis com o tapete preto substituindo as deformações do asfalto.

Antes do rolo nivelar e compactar o pavimento, a equipe distribuía o material naqueles locais onde apenas tapa buracos não resolvia

NUM PEDAÇO DA NOITE

De acordo com a retaguarda da área de Obras do Paço, esse trabalho se estendeu até um pedaço da noite de quarta-feira, 05, em direção ao bairro Habitação. Ideia foi aproveitar o maquinário e o material disponibilizado pelo fornecedor. Houve até quem pensasse que era miragem o trabalho acelerado assim além do horário do expediente. Mas que nada. Ideia é manter essa celeridade para pegar os buracos desprevenidos e dar um fim nos ingratos!

Continue Reading
Obras

Obra do Calçadão abaixo do mau tempo

‘A enchente anda danada, molestando o pasto

Ao passo que descampa a pampa dos mil réis

E a bóia que se come, retrucando o tempo

Aparta no rodeio a solidão local

Pealando mal e mal o que a razão quiser…’

Peguei um pedaço da letra do Zé Cláudio Machado para ilustrar a peleia abaixo do mau tempo ali no coração da paróquia, onde se edifica a revitalização do Calçadão. João Carlos Matias fez o retrato da peonada que amanheceu a sexta-feira sapateando no barro e fazendo as amarras da obra. Não é uma resposta aos desalmados que reclamam que a obra anda digavazinho. Mas apenas um registro indicativo que não tem tempo ruim para finalizar a etapa que permitirá que passemos o Natal com esse pedaço da cidade revitalizado.

Registro mostra a conclusão daquela sondagem à esquerda da estátua do Nereu, ainda o piso de uma parte da praça já colocado e os homens aqui abaixo na imagem fazendo a fundação para pilares que irão dar vida à estrutura prevista no projeto para o espaço onde era o ginásio.

Foto: João Carlos Matias

Continue Reading
Obras

Marginal deixa Kombi do Lucas ‘atoladinha’

Conforme a comunidade tem clamado em programas como Clube Comunidade e Hora da Corneta na Clube FM, a ligação entre o trevo da falecida Batistella e o bairro Santa Mônica está deplorável. A chuva constante dos últimos dias, com tendência de piorar por causa da previsão desta quinta e sexta-feira, transformou a via marginal num barral. A situação gritante levou até o vereador Lucas Neves (PP) para conferir com sua Kombi no projeto gabinete móvel a condição do trecho.

O veículo utilizado pelo vereador para percorrer os bairros da cidade ficou quase atoladinho por conta da irregularidade no chão batido nessa paralela da BR-116

OFÍCIO À AUTOPISTAS

Lucas Neves disse que iria encaminhar ofício à Autopistas Planalto Sul que é a responsável pelo trecho, já que a BR-116 é concessionada. Mas considerando a condição do local, até o ofício chegar no Paraná e a empresa mandar tomar providências, o local estará interditado já que temos uns 100 mm de chuva neste final de mês.

DAÍ QUE…

Embora não seja sua atribuição, já que é trecho sob concessão privada, a Secretaria de Obras deveria dar uma patrolada no local e jogar uma brita.

ATÉ PORQUE

A solução definitiva para esse problema virá com a duplicação da BR-116 nesse trecho, cujo projeto está em andamento. Mas até lá vai continuar chovendo!

Pelo projeto da duplicação, a via que está virada num lamaçal irá receber pavimentação asfáltica. Mas a condição atual sugere que não se espere pela obra

Continue Reading
Obras

UPA para uma Lages de até 300 mil habitantes

Antes de agosto chegar os lageanos se deslocarão a outro endereço quando o assunto for serviço de urgência e emergência. Comumente chamado de ‘Pronto Socorro’ o Pronto Atendimento Tito Bianchini deixará de existir como tal (ali haverá apenas uma UBS) e os serviços ofertados na esquina das ruas Sete de Setembro e Rui Barbosa estarão à disposição na Avenida Brasil, atrás da rodoviária, onde funcionará a UPA.

UPA TIPO II

As unidades de pronto atendimento são classificadas de acordo com o porte das cidades. Há aquelas mais acanhadas do tipo I para cidades menores, com população inferior a 200 mil habitantes. Preparando-se para que, de repente o IBGE já conte o ano que vem (no Censo) que somos mais de 200.000 viventes na paróquia, a UPA a ser inaugurada é do Tipo II, para atender uma demanda de até 300.000 habitantes.

A gigantosa está numa área de 2.815 metros quadrados e por pouco não acabou sendo inviabilizada já que na administração anterior houve a licitação, a empresa vencedora tocou parte da obra, depois desistiu e o município quaje teve que devolver R$ 1,5 milhão que havia embolsado.

VALOR DA OBRA

Executada nessa etapa definitiva pela empresa Evoluta, a obra está recebendo – segundo o DataPaço – um montante de R$ 2,5 milhões de recursos municipais. E ainda outros R$ 2 milhões federais, dos quais R$ 1,5 milhão é aquele montante aportado lá no início quando a obra cambaleou. Os R$ 500 mil complementares são de uma emenda da deputada Carmen Zanotto (sim, tem o dedo dela), sendo que esse meio milhão é para materiais e equipamentos.

A diretora da futura UPA será Beatriz Montemezzo, de predicados dispensáveis quando o assunto é gestão na saúde, pelo bom trabalho feito a frente do Hospital Tereza Ramos. No registro ela com o prefeito Ceron e dona Salete, a primeira dama, discreta ali no registro do Greick Pacheco

O QUE TEM NO ESPAÇO FÍSICO DA UPA?

Áreas de recepções, sala para estratificação de risco, salas de espera, bloco de serviços/administrativo, sala de estar/descanso para médicos, vestiários e banheiros, refeitório, cozinha, lavanderia, balcão de avaliação/triagem, cinco consultórios médicos adultos e infanto-juvenis, consultório odontológico, posto de vigilância, sala vermelha/emergência (os pacientes em estado grave, transportados por ambulância, chegam direto, sem necessidade de passar pelo fluxo normal), sala para administração de medicação, farmácia, sala de nebulização, sala de raio-X, sala para eletrocardiograma, sala de curativos limpos e sujos, sala de esterilização, sala de coleta de material (sangue), posto de enfermagem, sala externa para geradores de energia, sala de gases medicinais (oxigênio) e necrotério. No segundo pavimento estará instalado o almoxarifado

PALAVRAS DO GRINGO

“Todos serão surpreendidos com a magnitude e qualidade deste prédio”.

Continue Reading