Política Serra SC

MDB indica nomes em 10 cidades da Serra

NOMES PARA CONCORRER A PREFEITO EM 2020

Sem nome nas duas maiores cidades da Serra Catarinense – Lages e São Joaquim – o MDB compartilha a lista de pré-candidatos nas eleições deste ano aqui na região. Dos 18 municípios da Amures, a Executiva Estadual informa o nome em 10 para concorrer a prefeito e um, Cerro Negro, onde a sigla escala o vereador Adenilson Barbosa como pré-candidato a vice prefeito.

QUEM VEM LÁ?

Apenas em Ponte Alta o MDB está dividido entre dois nomes: Vereador Giovani Antunes da Luz e o ex-prefeito Lauri Antunes da Silva. Também há casos onde a sigla buscou em outros partidos um nome para filiar e colocar para a disputa. Correia Pinto, por exemplo, tem Vânio Forster, que já foi prefeito, mas pelo PDT. Agora filiado ao MDB é o nome da sigla. Da mesma forma Palmeira. Ali o vereador Orival Largura era filiado ao PSD e agora está no MDB onde concorrerá.

VICES QUEREM SER CABEÇA

Dois nomes têm situação bem confortável em seus municípios para sair da condição de vice e tentar se tornar prefeitos. É o caso de Zezo Pires em Capão Alto e Moacir Ortiz no Cerrito.

Moacir Ortiz (à esquerda falando) é o pré-candidato a prefeito no Cerrito pelo MDB em condições bastante viáveis na disputa, inclusive com apoio do atual prefeito Arno Marian (PSD)

DA INICIATIVA PRIVADA À PREFEITURA

É o que busca o empresário Fabiano Baldessar em Otacílio Costa. Ele é o nome do MDB para a disputa e deve contar com o apoio do Podemos (Edson Pasold) e PL (Leonir Ribeiro da Silva) para enfrentar o atual grupo que administra o município.

Fabiano Baldessar com o empresário Altair Xavier (esquerda). Baldessar é o escalado para a disputa em Otacílio Costa

Aqui na reunião ano passado o presidente estadual do MDB, Celso Maldaner com o ex-prefeito Elizeu. Com eles Dauri Fernandes que o MDB indica como pré em Campo Belo do Sul e Moacir Ortiz do Cerrito

De todos os municípios, apenas em Anita Garibaldi o MDB indica uma mulher. Trata-se da professora Rosane Rodrigues. Ela preside o partido em Anita e se constitui no nome para a disputa como candidata a prefeita pelo MDB

OUTROS DOIS NOMES

Na nominata antecipada pelo MDB, a sigla aponta o advogado Mauro Arruda como pré-candidato em Painel e, em Bocaina do Sul, o ex-secretário de Administração, Rodrigo Barth, é citado como pré. Mas no município atualmente administrado pelo MDB, ainda há outros nomes, assim como a hipótese dos emedebistas indicarem um vice ao PSL, de José Mariano da Silva.

Pré-candidato a prefeito pelo MDB em Bocaina, Rodrigo Barth, é um dos que aparece na foto acima. O outro é Presidente do Brasil.

Continue Reading
Política Serra SC

Vereador protocola renúncia em Vargem

ELE TAMBÉM DEIXA FUNÇÃO EFETIVA NA CÂMARA

Conforme apurado pela Central de Conteúdo da Rádio Clube FM de Lages, há novidade em relação ao episódio do recolhimento de contribuições previdenciárias de servidores e vereadores na Câmara de Vargem sem que o montante chegasse ao INSS. A prática foi confessada pelo vereador Adriano Padilha (MDB), que também ocupava a função de técnico em contabilidade naquele legislativo. Tão logo o assunto estourou, Padilha devolveu R$ 75 mil nas contas da Câmara.

PORÉM

Uma sindicância em andamento providenciada pelo presidente Roberto Mendes Spolti (PSB) atendendo inclusive o Ministério Público, indica que os valores atualizados superam os R$ 300 mil. É que o não recolhimento das contribuições ao INSS ocorreram além do ano de 2019.

Esse levantamento até abril deste ano indica que são mais de R$ 309 mil não recolhidos desde 2015 com valores devidamente atualizados

DESDOBRAMENTO

Em meados de março, após ser afastado da atividade de técnico em contabilidade da Câmara, para se apurar a situação, Adriano Padilha pediu exoneração da função efetiva. Agora em maio ele protocolou outro documento onde cita as ações que desenvolveu como vereador por dois mandatos, mas que está se recolhendo da vida pública. Ao final, ao presidente da Câmara solicitou que fosse protocolada sua renúncia do cargo de vereador.

A renúncia surpreendeu a comunidade em Vargem. No lugar de Padilha assume José Ricardo de Lima, o Zezinho, suplente do MDB

Presidente da Câmara, Roberto Mendes Spolti (PSB) disse que é uma situação bem chata, visto que mantém relação de amizade tanto com Padilha quanto com a família do vereador renunciante. “Mas na função de presidente não temos opção. Precisamos fazer aquilo que determina a legislação e exige o MP. Os desdobramentos disso só o futuro apontará”.

Continue Reading
Política Serra SC

2020: Quem o PSL está escalando na Serra?

EM LAGES LUCAS NEVES É A APOSTA DO PSL

E para não deixar dúvida de que o prefeiturável gosta dos cachorros, volta e meia nas peleias pela cidade e interior lá estão os cuscos por perto. E como cachorro só se aproxima de quem gosta deles. Aquele comparativo infeliz da semana teria sido apenas uma força de expressão mesmo…

Lucas Neves nas peleias de pré-campanha, entre uma volteada e outra, encontra os simpáticos cachorrinhos pelo caminho

INCLUSIVE

Lucas Neves passou a integrar a Executiva Estadual do PSL, atendendo convite do presidente Fábio Schiochet.

NOMES NA SERRA

Como estão os nomes do PSL para a disputa às prefeituras da Serra Catarinense? Os nomes que já temos nos municípios são os seguintes na condição de pré-candidatos:

Lages – Lucas Neves

Urubici – Antônio Zilli

Bocaina – José Mariano

Anita – Henrique Menegazzo

Campo Belo – Guilherme Peixe

São Joaquim – Giovani Nunes

Giovani Nunes com as primeiras damas de São Joaquim e Santa Catarina e ainda o governador Moisés na visita a uma vinícola. O prefeito de São Joaquim é pré-candidato à reeleição agora pelo PSL

Continue Reading
Política

Moisés atravessa as pontes

GOVERNADOR ADOTA NOVA POSTURA

Há de se rotular como nova postura essa do governador Moisés deixar o Centro Administrativo e a Casa D’Agronômica e colocar o pé na estrada. É o tipo de comportamento que começa a gerar conteúdo de noticiário positivo, saindo daquele turbilhão de desgastes por conta dos enroscos advindos de dois passos em falso durante a pandemia.

AGENDAS PELO ESTADO

Depois de bater ponto em Joinville, num diálogo com empresários, Moisés veio ao Meio Oeste. Ali perto de Joaçaba ele percorreu com o secretário Thiago Vieira, um trecho da rodovia estadual entre as cidades de Ouro e Jaborá. A obra de R$ 28 milhões está em andamento e com previsão de término até agosto.

Não é miragem. É Moisés na paisagem do Meio Oeste acompanhando uma obra que seu governo toca, numa postura que produz conteúdo positivo e não foca só as encrencas palacianas.

Welcome Moisés ao Estado que o senhor governa!

***

TERRA IMÓVEIS TEM TERRENOS NO

LOTEAMENTO MAIS PRÓXIMO DO CENTRO

Se você for no site da Terra Imóveis (clicando aqui) vai encontrar terreno à venda nesse loteamento por R$ 131.760,00. Entre em contato com os consultores da Terra Imóveis e venha morar bem ou investir num empreendimento que atende todos os requisitos legais previsto nas normas sobre loteamentos urbanos. Ligue (49) 3226 2327

Continue Reading
Política

PSDB não interferirá em candidaturas

AUTONOMIA GARANTIRIA MONARIM NA DISPUTA

Entre as atividades promovidas pelo PSDB em tempos de pandemia, está uma série de encontros com lideranças nacionais que prestam informações e orientações, inclusive sobre o processo eleitoral. Nesta quinta-feira, 28, por exemplo, o líder tucano na Câmara Federal, deputado Carlos Sampaio, é uma das presenças nesse espaço de diálogo do partido, através do sistema virtual.

DATA DA ELEIÇÃO

Assunto mais abordado nesses encontros virtuais é a data da futura eleição, visto que é descartado que a votação ocorra em 4 de outubro. A partir de decisão de líderes, de forma presencial Câmara e Senado votarão a nova data agora em junho. E algo é certo: mesmo mudando a data (o que é provável), todo o restante do calendário seria mantido.

SIGNIFICA DIZER QUE…

A escolha de candidaturas, mesmo que a votação seja somente em 6 de dezembro, acontecerá no prazo de 20 de julho a 5 de agosto. Algo questionável, visto que será necessário alterar a data da campanha eleitoral. A menos que ela comece dia 15 de agosto e se estenda até 3 de dezembro, o que é impossível.

SOBRE QUESTÕES LOCAIS

Presidente do PSDB, deputada Geovânia de Sá, durante encontro virtual desta quitna-feira, 28, reforçou aos presidentes municipais que a sigla não irá interferir nas decisões dos diretórios. Cada cidade vai poder, livremente, decidir seus candidatos a prefeito, vice, vereadores e, eventuais coligações majoritárias já que na proporcional não haverá coligação.

Print de tela de uma das reuniões virtuais do PSDB com a presidente Geovânia garantindo autonomia aos presidentes municipais para decidirem o que considerarem melhor na formação de chapas e candidaturas. Algo que agrada o prefeiturável Dilmar Monarim (lá em cima no print), que garante que só não disputaria a prefeitura se houvesse intervenção no PSDB

Continue Reading
Política

Samuel se recolhe do ‘Juntos por Lages’?

VEREADOR DESTACA FORTALECIMENTO DO DEM

Eleito pelo PSD na eleição de 2016 e apontado como alternativa da sigla para embates futuros, causou surpresa dentro do grupo político sua opção de trocar de sigla. Talvez visualizando falta de espaço no PSD, Samuel Ramos assinou filiação no DEM. Para demarcar afastamento do grupo ligado ao Paço, passou a militar com os vereadores de oposição, que farão enfrentamento a Ceron na eleição vindoura.

RECUO NA ESTRATÉGIA

Mereceu várias interpretações o fato de Samuel Ramos, nos últimos dias, dar indícios de distanciamento do grupo liderado por Lucas Neves e que conta com Jair Júnior, Bruno Hartmann e Thiago Oliveira. Fomos na fonte entender a situação. Samuel, por exemplo, não assinou a nota de repúdio que relata tentativa de demolir a CPI do Mercado Público, antes mesmo dessa vir ao mundo. “Temos divergências de ideias, como em todos os grupos. Não assino nada que acho que não seja o meu pensamento e o pensamento do democratas”, disse-nos Samuel Ramos.

FOCO NO DEM

De acordo com Samuel Ramos, o DEM tem chapa completa de pré-candidatos a vereador. “Mas em um momento de pandemia estamos preferindo a discrição e a análise do cenário”. Segundo ele, não é o momento para articulação política. “O momento é de salvar vidas e a economia”.

Samuel Ramos (ali entre Gerson e Pedro Figueiredo), dando a entender que está assim, mais distante de Jair Júnior e de outros integrantes do grupo de oposição ao Paço

HÁ QUEM DIGA QUE…

Samuel Ramos teria sido convencido a repensar a postura política, num sinal de aproximação do DEM com o Paço, até por forças estaduais orientando nesse sentido. O que há de verdade nessa vertente, somente o tempo e os gestos dirão.

Samuel Ramos (direita) figurou com o grupo Juntos por Lages. Mas há quem diga que agora ele não figura mais, desfigura. Ele prefere adotar um discurso mais discreto de ‘ideias próprias do democratas’.

Continue Reading
Política

Monarim não crê em apenas duas chapas

VENCEU A COVID-19 E QUER VENCER A ELEIÇÃO

“Essa ideia de tentar bipolarizar não irá impedir outras candidaturas. No meu caso, não visualizo que as pré-candidaturas apresentadas me representam ou representam o PSDB. Nessa condição, vamos para a eleição sim, em qualquer circunstância, como forma de oferecer uma opção diferente, de quem não está ligado a cargos e mandatos e com preparo e experiência na gestão pública e privada”.

Fala acima é do homem da foto que aparece ao lado da presidente do PSDB no Estado, Geovânia de Sá. Empresário Dilmar Monarim afasta a hipótese de que costuras acabem resultando em uma chapa do Paço (Ceron) e outra da oposição. Monarim garante quem vem para a disputa pelo PSDB porque tem o partido com ele disposto ao protagonismo e não como mero apoiador.

POSTURA DISCRETA

Dilmar Monarim sinaliza que não tem procurado reforçar o posicionamento e aparecimento, devido a respeito que tem pelas pessoas neste momento, onde a prioridade são ações de prevenção e combate à pandemia. “Não faria sentido as pessoas angustiadas com a doença e ficarmos batendo na tecla de eleição. Enfrentei e venci o novo coronavírus e ninguém mais que eu para saber o que estamos enfrentando. Por isso o meu respeito e cautela, mas sem me recolher do projeto que é apresentar um projeto diferente e viável para Lages como prefeito”, discursa o pré-candidato do PSDB ao Paço.

Continue Reading
Política

Arquiteto de Moisés troca Floripa pelo DF

ESMERALDINO E O QUASE PSL COM MERÍSIO

Bastidores das costuras políticas nas vésperas da formação de chapas para o governo em 2018 relatam que Lucas Esmeraldino, construtor do projeto do PSL no Estado, em plena noite de sexta-feira havia acenado com a hipótese do partido coligar com Merísio. O martelo somente não fora batido porque Esmeraldino queria o PSL na vaga de vice. Mas tal espaço já estava reservado a Kleinubing.

DAÍ…

No dia D da definição – o 5 de agosto – diante do querer de Merísio apenas para a coligação e não para integrar a majoritária, o PSL decidiu pela ‘aventura’ de colocar o desconhecido Carlos Moisés da Silva, bombeiro da reserva e a advogada Daniela lá de Chapecó, formando chapa pura para fazer palanque a Bolsonaro. Daí veio o crescimento do projeto, a ânsia de mudanças do eleitor e o restante da história não precisa relatar.

ENTÃO

Lucas Esmeraldino, que quase desbanca Jorginho Mello e vira Senador da República, tem essa importância ao PSL, por ter sido o arquiteto nesse surgimento espetacular em SC. Esperava-se que Moisés desse a Esmeraldino uma secretaria mais de ponta (Infraestrutura, por exemplo), embora a SDS seja um guarda chuva de vários órgãos que permitem mostrar gestão. Esmeraldino continua querendo ser senador. Talvez em 2022.

E…

Quando veio a notícia de sua saída da SDS, de duas uma: Ele se alinhara ao grupo de Bolsonaro, distanciando-se de Moisés e do projeto que o próprio Esmeraldino arquitetou ou se enfarou da peleia na secretaria que comandava. Sua posse na Secretaria de Articulação Nacional, de visibilidade discreta, indica que ele segue com Moisés e o PSL. Pelo menos, por enquanto.

Esmeraldino numa passagem por Lages com o prefeito Ceron e o deslocamento do arquiteto do PSL de SC para o DF

Continue Reading