Serra SC

BR-116: Tragédia que poderia ter sido maior

Toda morte em acidente é trágica. Mas há algumas ocorrências que o desdobramento poderia ter consequências ainda mais trágicas. Foi o que ocorreu perto do meio dia desta terça-feira, 28. O campobelense Deivid Barbosa da Silva, 27 anos, provavelmente depois de carregar o caminhão no mato pela manhã, deslocava-se em direção a Lages com seu Mercedes Benz 1620. Ele acabou tombando o caminhão e morrendo preso às ferragens.

CIRCUNSTÂNCIAS

PRF realiza o levantamento circunstanciado desse tipo de acidente. Mas pelo que se observou no local, há possibilidade do Mercedes ter ficado sem freio naquele declive (morro) de quem deixa Capão Alto e acessa a BR-116. Tanto que o caminhão sem controle avanço pela rodovia federal e só foi parar capotado no trevo.

Se no momento que desceu da SC-390 pelo declive em direção à BR-116 tivesse passando algum veículo pela rodovia federal, o risco de uma consequência ainda mais trágica do que já fora, teria se registrado. As toras ficaram espalhadas sobre o trevo e na beira do asfalto na ocorrência atendida pela PRF

Continue Reading
Serra SC

Maçã: São Joaquim prepara a colheita 2020

Só percorrendo os pomares de propriedades como da família Castello para ter ideia do estágio em que se encontra a safra de maçã deste ano em São Joaquim. Com investimentos permanecentes (poda, condução, raleio, banho e cobertura de proteção) os produtores vão vendo a crença na fruticultura render frutos. Embora os lucros não sejam lá essas coisas. Mas a safra é boa, é diferenciada, de uma qualidade bem superior a qualquer outra região não só pelo frio, mas pela experiência dos produtores e esse ritual de acompanhar o pomar 24 horas por dia.

Não me perguntem a variedade dessa maçã, mas é uma daquelas que está em estágio final para ficar pronta para a colheita. O registro é na propriedade do Adilson Castello distante uns 10 km da área urbana de São Joaquim

GALA, FUJI…

A colheita da maçã da safra 2019/2020 começa agora em fevereiro pela variedade Gala. Depois em abril é a Fuji que deixa os pomares. Haverá um leve atraso, segundo as informações, porque as horas de frio ficaram abaixo do esperado no inverno 2019. Expectativa é de que o preço seja melhor ao produtor até porque chega ao mercado valendo uma fortuna, mas sai do pomar com valor lá embaixo. A título de ilustração, no Angeloni tem variedade de maçã custando mais de R$ 6,00 o quilo. O produtor não recebe 1/3 disso!

 

E O ESCOAMENTO

DESSA SAFRA?

No caso dos Castello a estrada recebeu melhorias ano passado e está excelente. Mas a área de obras do município de São Joaquim compartilha providências em outras regiões. A estrada que chega à localidade de Boava, por exemplo, recebe todo o aparato de melhorias para que nenhum produtor de maçã tenha dificuldades para retirar a safra.

Uma ideia do caminho para o Boava com as melhorias para escoamento da safra de maçã

Para os lados da localidade de Luizinho (que leva até a divisa com o RS numa distância de quase 30 km a partir da área urbana), além das melhorias normais, foi feito alargamento da estrada. Aliás, foi aprovado projeto ambiental para permitir que as máquinas cortassem esses barrancos pela estrada afora

Continue Reading
Economia Serra SC

Empregos: 2019 fechou positivo na Serra

Mês de dezembro foi ruim para a geração de empregos. Isso se verificou em Lages, Santa Catarina e no Brasil. Observando dados de outros anos, esse comportamento da economia é normal, com encerramento de contratos de trabalho formal.

COMO FOI NA SERRA?

Considerando dados do Ministério do Trabalho, nos municípios da Amures, quatro dos dezoito municípios não apresentam dados positivos. No caso de São José do Cerrito e Palmeira, os dados não são positivos e nem negativos, visto que na matemática de admissões e demissões, ambos os municípios fecharam com zero de vagas. Os empregos formais não apresentaram alteração em relação a 2018.

OS QUE MAIS GERARAM

Lages lidera a geração de empregos, numa realidade normal, visto que é a cidade polo. Considerando a população de 26.000 habitantes, São Joaquim aparece muito bem. No ano foram geradas 254 vagas a mais que as demissões. Proporcionalmente empregou bem mais que Lages. Depois de São Joaquim aparece Correia Pinto com o dado positivo de 176 empregos criados e Otacílio Costa também fechou bem com 139 vagas a mais que as demissões.

São Joaquim foi o segundo município da Serra Catarinense a gerar mais empregos em 2019. Ficou atrás apenas de Lages

FECHARAM NO VERMELHO

Campo Belo do Sul fechou 73 vagas de empregos ano passado. E Capão Alto registrou seis a menos. Foram os municípios que fecharam o ano demitindo mais que empregado entre os 18 da Amures.

OS OUTROS DA AMURES

Naquela condição de estabilidade aparecem Urubici (+46), Bocaina (+41) e Bom Retiro (+36). Ainda temos Painel gerando 29 empregos a mais e Ponte Alta com 20 vagas criadas. Os demais municípios não citados aqui da Amures fecharam positivo, mas com menos de 13 vagas geradas em relação às demissões ocorridas.

Otacílio Costa (foto), Correia Pinto, São Joaquim e Lages, no somatório, geraram juntos 1.489 vagas a mais que as demissões ocorridas nos diversos setores da economia em 2019

Continue Reading
Serra SC

Saúde: Adiada saída da regulação de Lages

Antes de deixar a presidência da Amures, prefeito Luiz Carlos Schmuller (Bocaina do Sul) havia se reportado ao Secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino. Manifestava a preocupação com a mudança do sistema de regulação de Lages para Joaçaba, de onde se faria a gestão do sistema de internamento e outros procedimentos na área hospitalar e da saúde.

RETORNO DO SECRETÁRIO

Tem data da quinta-feira, 23, ofício do Secretário Zeferino dando retorno a respeito da situação. Informou que a regulação de internações no final do ano ocorreu sem prejuízo às pessoas. “Havíamos manifestado essa preocupação ao Secretário”. Confirmou-se também que foi reconsiderado o processo de transferência e o prazo prorrogado. “Não significa que deixará de acontecer, mas ganhamos um prazo para analisar os reflexos disso”, emenda Schmuller.

Documento do secretário Zeferino endereçado ao prefeito de Bocaina

Schmuller destaca a boa vontade do Estado com esse adiamento, permitindo que as áreas afins discutam melhor a migração para Joaçaba. “Quem sabe consigamos argumentar tecnicamente para não acontecer a mudança”.

Continue Reading
Serra SC

Cães soltos: Debate e ações em Otacílio Costa

Dias atrás uma senhora idosa foi atacada por um cão em Otacílio Costa. Há ainda o caso de animais que se aglomeram e latem assustando pessoas que transitam pelas calçadas no comércio do município. Ou seja, a realidade, quer seja em Lages, Otacílio Costa ou outras cidades é a mesma: a quantidade significativa de cães de rua, inclusive colocando em risco a segurança de transeuntes.

PREFEITO SE MANIFESTA

Porque o assunto gera debate, prefeito Luiz Carlos Xavier (Tio Ligas) não se recolheu do tema. “Além de lamentar o ocorrido com a senhora idosa, quero dizer que a responsabilidade dos donos de animais deveria ser caso de polícia. Percebe-se que foram criados em cárcere e depois soltos, pelo comportamento hostil, não similar a animais que estão na rua desde sua cria”.

PROVIDÊNCIAS EM OTACÍLIO

Como se trata de situação que oferece risco a transeuntes, como cita o próprio Tio Ligas, ele informa que a Defesa Civil e a Secretaria de Saúde em parceria com o Corpo de Bombeiros, irão recolher esses cães e tentar identificar os proprietários. “Senão for possível a identificação serão recolhidos em algum espaço público adequado que tenha disponibilidade para recebê-los”

TIO LIGAS DIZ MAIS

“Não dá para tapar o sol com a peneira, 90% dos animais na rua tem dono. Se esse trabalho não tiver a participação da população, ele não vai funcionar. Chega de discurso só na internet, essa é uma questão da sociedade como um todo. Recolham seus animais, não abandonem ninhadas e castrem seus amiguinhos de quatro patas”.

Uma das iniciativas para minimizar o problema foi uma parceria em Otacílio Costa, inclusive com a entrega do decreto da cessão de direito real de uso de terreno público destinado para AOPA, associação que foca a construção de um lar transitório para tratar animais doentes. Mas a entidade depende da parceria com a comunidade, principalmente no sentido de se conscientizar para não abandonar animais

Na própria rede social, onde o debate se intensifica, a prefeitura de Otacílio Costa faz a campanha de esclarecimento e orientação porque o problema está nos donos que abandonam os animais

Continue Reading
Serra SC

Prisão preventiva para servidor de Palmeira

Até evidenciando que o instituto da audiência de custódia não significa se apresentar diante do Magistrado e livrar-se solto para responder o procedimento em liberdade, o episódio do servidor público de Palmeira preso em flagrante, por suspeita de práticas de irregularidades, serve para ilustrar isso.

O QUE OCORREU?

Após o flagrante na tarde da terça-feira, 21, o referido servidor permaneceu preso até a apresentação na audiência de custódia regionalizada que foi realizada nas primeiras horas da tarde desta quarta-feira, 22. O Magistrado que conduziu o trabalho, Juiz Geraldo Corrêa Bastos, analisou os pressupostos da prisão em flagrante ocorrida. Observou que essa cumpriu todos os requisitos previstos na norma, a partir do trabalho da Polícia Civil de Otacílio Costa.

Como o referido servidor possui antecedentes criminais e responde atualmente processo na justiça, o Juiz Geraldo Bastos (nesse registro sentado conduzindo uma sessão de júri) aceitou o pedido de converter a prisão em flagrante em prisão preventiva.

O QUE ACONTECE?

O referido servidor seguirá preso para a instrução processual, cabendo ao advogado de defesa pleitear a liberdade do mesmo em procedimento a ser protocolado na comarca de origem, em Otacílio Costa. Caberá ao Juiz Guilherme Mazzuco Portela analisar esse pedido que provavelmente será protocolado na busca de fazer o servidor responder em liberdade.

Continue Reading
Serra SC

São Joaquim: Mel e queijo sem fronteiras

Citamos mel e queijo, mas todos os produtos de origem animal agora podem correr o Brasil, a partir da adesão de São Joaquim ao SISBI – Sistema Brasileiro de Inspeção. Com esse passo, é possível a comercialização de produtos de origem animal em todo o território nacional. Essa abertura de mercado estimula as chamadas pequenas agroindústrias locais.

AINDA A RESPEITO

São Joaquim se enquadrou em diversos quesitos necessários para a adesão, através de uma auditoria. A certificação, além de dar garantias aos consumidores, aumenta a competitividade da produção e o desenvolvimento do setor.

CONQUISTA

Médico Veterinário da Secretaria de Agricultura, Claiton Martins Alves, aponta que isso é uma conquista. “Pois agora pequenas agroindústrias conseguirão alcance no âmbito nacional. Temos em nosso município excelentes produtores de queijos, mel e muitos outros produtos de origem animal. Isso acaba diversificando a propriedade rural, o que é de suma importância’’.

Engenheiro agrônomo Volney Ferreira Beckhauser, secretário de Agricultura e o médico veterinário, Claiton Martins Alves, apresentam o documento que dá essa distinção para a comercialização de produtos de origem animal em todo o Brasil

ENTENDA O QUE É O SISTEMA

Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), que faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e segurança alimentar. Para o município adquirir a autonomia em relação a esse tipo de inspeção, é necessário comprovar que tem condições de avaliar a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal com a mesma eficiência do Ministério da Agricultura.

E São Joaquim fez isso!

Continue Reading
Serra SC

Otacílio Costa chama Casan na chincha

No conceito literal, chamar na chincha é exigir resposta rápida. E foi exatamente isso que fez a prefeitura de Otacílio Costa diante das constantes reclamações de falta d’água neste janeiro nos vários bairros do município. Secretário de Administração, Jean Carlos Lins, assinou ofício à Casan, seguindo orientação do prefeito, pedindo providências para o problema.

Documento foi endereçado à gerência da Casan e, embora cite os investimentos feitos pela empresa, aponta-se que problema de abastecimento é algo intolerável, até porque o contrato assinado com o município prevê a regularidade no fornecimento de água.

COMO ESTÁ A SITUAÇÃO?

Puxamos duas mensagens das redes sociais para dar ideia do que o otaciliense vem enfrentando neste mês de janeiro. A comentar a medida da prefeitura oficiando a Casan, internauta aponta que: “É bom mesmo porque a falta de água está absurda. O mês inteiro sem água no (bairro) Fátima e o valor do talão veio o dobro”. Outro consumidor emenda: “Sem contar que quando a água retorna é puro barro. Isso é uma falta de respeito com o povo que já é bastante castigado pelos governos”.

Os investimentos citados se referem à implantação de rede de esgoto em 40% da área urbana de Otacílio Costa. Porém, os munícipes acabam tendo de rede para tratamento de esgoto, mas convivem com a falta de água nesta época de temperatura mais elevada.

Continue Reading