Eleições 2018

João Rodrigues: ‘Grande vitória foi hoje’

Coube ao presidente do STJ, ministro João Otávio Noronha, a concessão da liminar no recurso interposto pela defesa do deputado federal João Rodrigues. Com a liminar, João Rodrigues está livre do recolhimento noturno no Presídio da Papuda, onde cumpria pena em regime semiaberto.

JOÃO QUER MAIS

Advogados do parlamentar entrariam ainda no final de semana com recurso no TSE. Como efeito da decisão no STJ, interpretações indicam que caem por terra os reflexos da condenação na vida eleitoral de João Rodrigues. E com isso, os quase 68.000 votos conquistados em outubro são validados e a 16.ª vaga a Federal passa a pertencer a ele.

João Rodrigues que mesmo enfrentando a prisão e outros percalços concorreu neste ano. Acabou levando apenas 1/3 dos 221 mil votos conquistados em 2014. Porém, os 67,9 mil votos são suficientes para dar a ele a vaga de titular na Câmara Federal para mais um mandato

GUIDI FICA COMO SUPLENTE

Em se confirmando a diplomação de João Rodrigues antes da posse e ele assumindo a vaga de Federal, o atual deputado estadual Ricardo Guidi, que conquistou a vaga pelo PSD (sem João no páreo), fica na condição de primeiro suplente na coligação por ter conquistado 61.680 votos no pleito de 7 de outubro.

JOÃO MANDA MENSAGEM AO POLACO

Osair Coelho, o Polaco, que atua na Secretaria de Agricultura de Lages, recebeu mensagem de João Rodrigues, tão logo saiu a decisão judicial do STJ:

“Olá meus amigos. Graças a Deus, Polaco e amigos, a grande vitória foi hoje. Suspenderam o cumprimento da pena. A segunda vitória será no direito político e eu vou conquistar (…).Obrigado irmãos. Vai dar tudo certo”.

Continue Reading
Eleições 2018

Governador e a vice diplomados em SC

Justiça Eleitoral catarinense diplomou aqueles que irão comandar os destinos de Santa Catarina pelos próximos quatro anos. Carlos Moisés da Silva e Daniela Reinehr estão aptos a assumir, considerando a legislação eleitoral, por terem cumprido todos os requisitos legais da disputa.

PALAVRAS DO COMANDANTE

Em seu pronunciamento, o governador diplomado fez questão de enfatizar que o que o moveu até aqui foi um sentimento de um cidadão que sonha com um compromisso de melhorar a vida das famílias, que vivem nos 295 municípios que formam o Estado.

 

“É uma honra ser escolhido, ao lado da primeira mulher vice-governadora, para executar as mudanças que o catarinense deseja”.

“Estamos comprometidos com a missão. Enxugaremos a máquina para melhorar saúde, oferecer mais educação e segurança”.

“Trabalharemos com seriedade, honestidade e eficiência. Essa é a marca do nosso povo e será a marca do nosso governo”.

Daniela Reinehr, a advogada de Chapecó, que foi diplomada como vice-governadora de Santa Catarina

Fotos: Mariane Lidorio

Continue Reading
Eleições 2018

Carmen e Marcius: Registros da Diplomação

Justiça Eleitoral de Santa Catarina procedeu seu último ato relacionado ao processo eleitoral deste ano. Trata-se da diplomação dos eleitos. Esse procedimento significa que o candidato cumpriu todos os requisitos desde a convenção, registro da candidatura e prestação de contas, estando apto a tomar posse. Os dois parlamentares lageanos foram diplomados.

Marcius da Silva Machado e CArmen Emília Bonfá Zanotto com os respectivos diplomas expedidos pela Justiça Eleitoral de SC

 

OUTROS REGISTROS DA DIPLOMAÇÃO

Carmen Zanotto com Carlos Moisés da Silva, o novo governador das terras catarinas

A primeira suplente do Senado na chapa de Jorginho, Ivete Appel com os Zanotto: Carmen, Ismael e Henrique que foram prestigiar a diplomação da Federal da Serra

BELEZA E SIMPATIA

Prefeitura Milena Lopes Brecher de Vargem integrando com convidadas o ato solene de diplomação de Carmen Zanotto

Registro não muito comum de Ângela Amin bem faceira na imagem com as colegas de bancada catarinense no DF: Geovania de Sá e Carmen Zanotto

Prefeita Milena que integra o mesmo PR do Senador eleito Jorginho Mello com a diplomada Carmen Zanotto

Fotos: Marcos Carvalho – Assessoria Deputada Carmen Zanotto

Continue Reading
Eleições 2018

Muda titular da 16.ª vaga a Federal de SC

Tem nome novo ocupando a 16.ª vaga como representante catarinense na Câmara Federal a partir de fevereiro. Trata-se da deputada Estadual Ana Paula Lima (PT) que concorreu a Federal, mas que não se elegeu porque a Justiça Eleitoral não havia aceito o registro de Ivana Laís, que também disputou e obteve 491 votos.

PORÉM

Recorrendo da decisão, o PT conseguiu comprovar que Ivana Laís atendeu os requisitos e, por 4 votos a 3, o TRE/SC deferiu sua candidatura. Com isso, os votos de Ivana Laís se somaram à legenda do PT colocando Ana Paula na lista dos 16 eleitos.

O QUE ISSO SIGNIFICA?

Tendo conquistado 76.304 votos, Ana Paula Lima passa a ocupar a 16.ª vaga, deixando Ricardo Guidi (PSD) de fora da lista dos eleitos. Guidi havia feito 61.830 votos e era o eleito, embora sua condição dependesse também de um desdobramento judicial envolvendo João Rodrigues.

CASO DO JOÃO

Embora preso, João Rodrigues concorreu e obteve 67.955 votos. Ele tem um recurso a ser analisado no STF que tentava garantir a vaga no lugar de Guidi. Caso haja um deferimento favorável a ele, os votos conquistados se somam à legenda do PSD. Assim, quem fica com a vaga não é Guidi e nem Ana Paula, mas o próprio João Rodrigues.

Em Lages, Ana Paula Lima foi a 13.ª mais votada a Federal com 1.042 votos. Em Blumenau, sua base eleitoral, ela fez 14.330 votos. Porém, com a candidatura do marido a governador (Décio Lima), Ana Paula pulverizou votos por todo o Estado

Continue Reading
Eleições 2018

Comandante Moisés é o governador de SC

Na eleição do imprevisível inicialmente, acabou dando um nome absolutamente imprevisto no começo da disputa. Com Mariani, Merísio e Décio Lima duelando para chegar ao segundo turno, o trio não contava com a movimentação silenciosa da onda Bolsonaro que trouxe Carlos Moisés para o jogo e para o duelo contra Merísio, enquanto MDB e PT ficaram no caminho. Sentindo que para ter chances, Merísio precisaria desgrudar do MDB, não contou que essa estratégia levaria para o lado do Comandante os votos atribuídos aos pelegos.

E NÃO DEU OUTRA…

Navegando na onda Bolsonaro e com o apoio do eleitorado descontente com o modelo de governo vigente no Estado desde 2003, conforme as pesquisas – principalmente as de consumo antecipavam – Comandante Moisés venceu a eleição. Um ilustre desconhecido no cenário da política catarinense administrará Santa Catarina entre 2019 e 2022.

O nome Carlos Moisés da Silva e a imagem do ex-militar que atuou no Corpo de Bombeiros acima é o líder com o qual o catarinense conviverá a partir de agora no comando do Estado. Escolha feita, que venham as transformações que a pregada ‘nova política’ colocarão em práticas.

Continue Reading
Eleições 2018

Decisão: Quem será o Comandante de SC?

Pesquisa Ibope divulgada pela NSC Comunicações (dados no portal do DC) reforçou favoritismo do Comandante Moisés ao governador catarinense.

Surfando na onda de mudanças, o candidato do PSL tem tudo para vencer neste domingo

Por sua vez, pregando que o Ibope apontou liderança de Mariani que se quer chegou ao segundo turno, candidato Merísio tenta minimizar efeitos dos índices que atribui esse favoritismo ao concorrente. Porém, é inegável que o cenário converge a favor de Moisés.

Em se confirmando a tendência aferida na pesquisa e visível nas ruas, teremos o ineditismo de um candidato que só se tornou conhecido no segundo turno e venceu a eleição. Santa Catarina irá para as mãos de um líder técnico e com desempenho incógnito.

Continue Reading
Eleições 2018

Ibope aponta eleição definida em SC

Encomendada pela NSC Comunicação, a pesquisa Ibope divulgada no NSC Notícias aponta uma eleição definida em Santa Catarina. Nenhuma estratégia adotada pelo candidato do PSD entre a pesquisa anterior (divulgada dia 19) e o levantamento desta sexta-feira, 26, resultou em alteração de índice favorável a Merísio. Pelo contrário. Comandante Moisés manteve os mesmos 16% de diferença. Os índices na pesquisa estimulada (quando se cita os nomes dos candidatos) são esses:

Comandante Moisés (PSL)…..52%

Gelson Merísio (PSD)…………36%

Brancos e nulos…………………9%

Indecisos…………………………3%

MIGRAÇÃO PARA O COMANDANTE

Analisando o resultado das eleições no primeiro turno e os índices do Ibope, fica inequívoca a migração dos votos do MDB para o candidato do PSL. Mas não apenas do MDB. Merísio cresceu 5% enquanto Moisés rompeu os 22% de crescimento. Considerando os dados do Ibope, em se confirmando no domingo, Comandante Moisés vencerá a eleição com uma diferença superior a 500 mil votos no Estado.

O recolhimento do debate, por problemas de garganta e a suspensão da agenda na sexta, não atrapalharam o candidato do PSL cujos índices do Ibope o colocam com uma larga margem de vantagem. Para tomar a decisão do não enfrentamento com Merísio em debate, o candidato do PSL já tinha dados semelhantes (de pesquisa interna) indicando a realidade confirmada pelo Ibope

DADOS DA PESQUISA

Pesquisa realizada entre os dias 24 e 26 de outubro com 1.008 eleitores em 56 municípios. Margem de erro de 3% e 95% de nível de confiança. Registro no TRE/SC 02958/2018 e no TSE BR-05948/2018. Os dados na íntegra estão no portal do DC. Para acessar click aqui!

Continue Reading
Eleições 2018

Pinho reage às críticas de Merísio ao MDB

Repercute a postura do governador Pinho Moreira, reagindo e atacando o candidato do PSD, Gelson Merísio. Em sua conta de rede social disse que Merísio faz a ‘política velhaca’ e elevando o tom da crítica e ataque disparou: “Cadeia nele é questão de tempo”. Pinho Moreira que até então estava recolhido de um protagonismo mais contundente acabou reagindo assim diante das declarações de Merísio que procura colar o MDB na candidatura do oponente Moisés. E que os pelegos teriam essa adesão em troca de cargo.

Pinho que declarou voto em Moisés, fez o disparo mais crítico contra o candidato do PSD através de rede social

 

REGISTRO DE CAMPANHA:

COMANDANTE MOISÉS DE OLHO…

– Viu o que o Merísio disse do senhor na TV, Comandante?

Continue Reading
Eleições 2018

Debate: E a ausência do Comandante Moisés?

Difícil mensurar o reflexo do sumiço por três dias do candidato Carlos Moisés dessa reta final da campanha em Santa Catarina. Eleitores do candidato do PSL apontam a dor de garganta como impeditivo para essa exposição final, inclusive no debate não realizado na noite de quinta-feira na NSCTV, assim como as agendas da sexta e sábado, com carreatas e estratégias do gênero. Há até comparam o problema de saúde de Bolsonaro que o tirou das ruas. Mas daí são retrucados: “Uma facada é diferente de uma dor de garganta”.

DE QUALQUER FORMA

Essa postura de Carlos Moisés é adotada com cautela e conhecimento de índices de pesquisa. Houve análise pensada sobre o fato de que o candidato perderia menos se ausentando que indo para um confronto em rede estadual contra um Merísio que, de fato, apresenta maior preparo para o embate. Citava que em todos os outros debates de segundo turno lá estava Carlos Moisés, mas a informação não é essa. Ela já teria, por circunstâncias diversas, recolhido-se de outros enfrentamentos.

Merísio falou por 20 minutos sobre seus propósitos caso seja eleito governador. O que essa exposição solitária, sem o concorrente do lado significa, as urnas dirão no domingo

Mário Motta, no encerramento do programa realizado pela NSCTV, no cumprimento a Merísio

Continue Reading