Cotidiano

Calçada para socorrer pedestre do IFSC

Quando da assinatura do convênio com a Caixa, prefeito Ceron já havia apontado que a ideia é construir 20 mil metros quadrados (tipo 10 km) de calçadas na área urbana de Lages. E 10% dessa quantidade vai atender a ligação entre os bairros Morro do Posto e o São Francisco, através da rua Heitor Villas-Lobos. É que a implantação da rótula – que ficou ótima – no acesso ao IFSC e Órion Parque, além do caminho aos bairros São Paulo e São Francisco, não levou em consideração, num primeiro momento, o pedestre que utiliza o trecho. Com as calçadas, o transeunte será considerado;

A rótula ficou top. Mas não considerou o uso do acesso por pedestres. Agora um projeto está em elaboração para construir 2.200 metros de calçadas (nessa foto à direita) ligando desde o Colégio Militar até a Marginal da BR-282 lá onde será construída uma passarela de pedestre para travessia da rodovia federal

E O RESTANTE?

Ainda não há informação dos locais que receberão os outros 18 mil metros de calçadas na área urbana. Mas por onde a gente anda visualiza que careceria de uma intervenção do poder público construindo calçadas. Nem que seja para deposi cobrar do contribuinte – que é o responsável pelos passeios públicos na frente de casa.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *