Cotidiano

Ceron pede para homenagear Dom Oneres

Um abençoado de Deus terá seu nome imortalizado numa obra para atender idosos em Lages. Partiu do prefeito Ceron, conforme informa o jornalista Ari Júnior através de release,  solicitação para que a Diocese de Lages concorde em dar ao Centro de Convivência do Idoso a ser erguido na antiga Alteri lá na Várzea, o nome de Bispo Dom Oneres Marchiori.

BISPO VISITA PREFEITO

Na visita de cortesia que fez ao prefeito, Bispo Dom Guilherme Werlang concordou e ressaltou o apoio da Diocese nas atividades a serem desenvolvidas no Centro de Convivência e apontou:

“Dom Oneres tem uma história com Lages. Temos que evidenciar o legado que ele nos deixou”.

Dom Guilherme na visita ao gabinete do prefeito e a concordância para que o Centro de Convivência receba a dominação de Dom Oneres Marchiori

CERON CITA A PROVIDÊNCIA

“Vamos enviar o projeto para apreciação e aprovação da Câmara de Vereadores. Mas temos a certeza que este importante equipamento de assistência social será ainda melhor com esta nomenclatura”.

BISPO DÁ NOME À RODOVIÁRIA

Numa evidência do carinho lageano com seus líderes religiosos, o Terminal Rodoviário inaugurado no ano de 1992 quando Colombo se despedia de seu primeiro mandato como prefeito de Lages recebeu o nome de Dom Honorato Piazera. Para homenagear outro religioso, o então prefeito Décio Ribeiro construiu a escadaria do Morro Grande com seus 500 degraus e a ela deu o nome de Frei Silvério.

Terminal rodoviário que anda precisando de revitalização, mas há 25 anos quando foi construído, era um dos mais modernos e bonitos de SC

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *