Cotidiano

Emergência: Estado sem atraso com HNSP

Pode estar havendo uma falta de comunicação entre médicos plantonistas e que fazem sobreaviso na emergência e a direção do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. Médico Paulo César da Costa Duarte compartilhou informação e preocupação de que o Governo do Estado não estava cumprindo o acordado e pagando a parte que devia à instituição de saúde. Tanto que até a suspensão das atividades, como já ocorrera anteriormente, não estava fora de cogitação.

ESTADO DIZ QUE ESTÁ TUDO EM DIA

Entretanto, informação compartilhada pela ADR de Lages na tarde de quinta-feira, 07, aponta que não existe pendência nenhuma com os médicos e o hospital, em relação ao convênio para funcionamento da emergência. Eis o teor do manifestação:

“A ADR Lages esclarece que o acordo entre o Governo do Estado e a direção do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, está sendo cumprido, conforme negociação realizada no último mês de fevereiro. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde de Santa Catarina, a parcela referente ao mês de maio, no valor de R$ 325 mil, está paga, e a próxima parcela, do mês de junho, no mesmo valor, será quitada na próxima semana. Portanto, não há atraso por parte do governo do Estado. Vale salientar que, inicialmente, o repasse era de R$ 216 mil, e após o acordo, realizado em fevereiro, o valor passou a ser de R$ 325 mil”.

Hospital Nossa Senhora dos Prazeres é o único que presta serviço de emergência em Lages. E ao contrário do reclamado, Governo do Estado informa que o convênio para ajudar a pagar médicos, está absolutamente em dia

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *