Cotidiano

Habitação em Lages vira referência em SC

Tão importante quanto a abrangência social e o significado da regularização fundiária em curso na cidade de Lages é a referência que o programa se tornou, inclusive servindo de modelo para outras partes do Estado. Bairros e loteamentos cujas famílias viviam em áreas que têm a posse (porque construíram nos terrenos), mas não o domínio (pela ausência de escritura pública), está se buscando uma forma de regularização. São pelo menos 400 famílias abrangidas pela medida em Lages.

Esse tipo de cena se tornou comum a cada vencimento de etapas pela equipe liderada pelo Paulo Paixão (à esquerda de paletó). Com escritura na mão as famílias passam ser donas de fato e de direito dos terrenos onde residem

EXEMPLO A OUTRAS REGIÕES

Secretário Samuel Ramos, que comanda a Assistência Social e a Habitação de Lages foi convidado e falou nesta quarta-feira, 19, para gestores ligados à AMFRI – Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí.

Dialogando com lideranças de Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Porto Belo, Penha, Navegantes, Bombinhas, Luiz Alves e Balneário Camboriú, Samuel explicou a dinâmica do trabalho e os resultados em Lages.

Samuel Ramos relatando as experiências de Lages aos gestores da AMFRI, a partir de convite feito para que ele apresentasse o modelo de providências na área de habitação e acesso a financiamentos por famílias, como no exemplo da linha de crédito viabilizada junto ao Banco da Família

 

MIRANTE DA BOA VISTA NO PETRÓPOLIS

COM A MARCA TERRA ENGENHARIA

Empreendimento está em fase de lançamento (registro de incorporação R3/39.142). Informações e pré-reservas no telefone (49) 99162 6278.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *