Cotidiano

Iluminação: Paço fará contrato de emergência

José Vanderlei Pereira teve o trabalho de contar. Entre o Posto Duque na Avenida Duque de Caxias e o BIG contabilizou 28 luminárias apagadas (queimadas ou quebradas). Realidade que não é isolada nesse pedaço de via pública em Lages. Mas o prefeito Ceron anunciou uma providência que estará a caminho agora em maio.

CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL

O processo licitatório para contratação da empresa que irá executar os trabalhos de manutenção e ampliação da rede pública de iluminação está amarrado faz mais de 15 meses. Ocorre que três empresas estão brigando, inclusive com ação na justiça, com uma questionando resultado e dados do certamente. E, por causa disso, sem previsão de que a coisa se resolva de imediato, na sexta-feira, 27, prefeito Ceron confirmou que um procedimento emergencial irá contratar empresa em caráter temporário, até que o processo licitatório tenha desdobramento.

Portanto, habemus luz!

Ceron detalhou os bastidores da briga entre as empresas que querem assumir a manutenção da iluminação pública de Lages. E como o processo não tem precisão de desdobramento, será feita uma contratação temporária.

O QUE ESTÁ EM DISPUTA?

Lages arrecada mensalmente cerca de R$ 1.200.000,00 de Cosip (que é a taxa de iluminação pública). O valor se destina na ordem de aproximadamente 50% para custear o consumo da iluminação pública (lâmpadas nos postes) e o restante a Celesc entrega à prefeitura para que o montante tenha como destinação específica, a manutenção da rede pública.

QUASE 10 MILHÕES

Para se ter ideia, nesses 15 meses sem empresa contratada, a prefeitura acumulou perto de R$ 10.000.000,00 cuja destinação é a manutenção da rede. A referida taxa não pode ser utilizada para outro fim, excesso a melhoria da iluminação, a reposição de luminárias e a ampliação da rede. Tudo tarefa do município, com remuneração através do Cosip. É esse dinheiro que a empresa vencedora da licitação quer administrar em forma de prestação de serviços.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *