Cotidiano

Lageano joga até sofá no rio

AÇÃO APONTA QUEM ENTOPE OS RIOS URBANOS

Não se pode culpar unicamente excesso de chuva. Nem tão pouco a falta de ação da prefeitura. Está na ação dos próprios moradores boa parte da culta pelos transbordamentos em rios urbanos de Lages como Ponte Grande, Passo Fundo e o próprio Carahá. O problema está na significativa quantidade de lixo caseiro que é jogado nos rios ou córregos que desaguam nesses.

EXEMPLO PRÁTICO

Empresa Neovia, responsável pela manutenção da BR-282 desde a BR-116 até proximidades de Alfredo Wagner, colocou equipe para limpar a galeria formada embaixo do viaduto Ponte Grande – denominado Casemiro Colombo. O trabalho difícil da equipe dá ideia da quantidade de lixo doméstico que ficou retido na galeria.

TEM DE TUDO

De sacos plásticos e embalagens diversas até sofá, tudo ficou represado. Daí chove com mais intensidade, transborda e a culpa é do poder público. Mas os registros evidenciam que o responsável pelo problema, infelizmente, é o cidadão.

São registros até desagradáveis, mas cujo represamento desse material contribui para alagamentos…

Observem a tarefa árdua da equipe que atua na empresa Neovia para realizar a faxina no rio Ponte Grande antes da chegada na galeria do viaduto

Aqui mais esforço para retirar até pedaços de lataria e ferro jogados no rio

Equipe da Secretaria do Meio Ambiente e Serviços de Lages ajudou na limpeza, inclusive carregando o sofá que algum abençoado jogou no rio ou em suas imediações e a água carregou para a galeria

Depois da limpeza, o rio Ponte Grande, antes de chegar à BR-282 recebeu desassoreamento. Naturalmente que em se continuando a jogar lixo, a tendência é futuramente haver novo represamento no local. E nem se pode soltar o cusco nos que jogam o lixo no rio, porque isso é apenas uma questão de consciência e educação.

Equipe da empresa Neovia trabalha na colocação de proteção lateral na galeria para evitar erosão. Essa contenção evita a queda de terra e pedra na passagem do rio sob o viaduto. Mas para a água escoar sem limitador só mesmo sem lixo engasgando a boca da galeria!

Fotos: Cláudio Pereira – Rádio Clube FM 98,3 (Lages)

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *