Cotidiano

Perdemos Tio Gusto dos Filhos do Rio Grande

O conjunto regionalista Os Filhos do Rio Grande é sinônimo da música lageana em todos os quadrantes do Brasil. De animações no Mato Grosso, Goiás e naquele Brasil central em geral, com reconhecimento no Rio Grande do Sul, esse conjunto de bailes muito representa as terras das lajens. De músicas como Xote do Caminhoneiro, Flor do Meu Jardim, Pra cá de Lages, As Mocinhas do Interior e inúmeras outras, Os Filhos do Rio Grande seguem a peleia musical. Mas um de seus fundadores partiu. Tio Gusto, o Agostinho Lopes morreu nesta quinta-feira, 11, em Curitiba/PR.

Fundado em 20 de agosto de 1972 por Darci Lopes, Os Filhos do Rio Grande tinha no anitense Tio Gusto, além de um dos fundadores, uma referência. O registro acima é dele há 5 anos fazendo o que mais gostava: Tocando uma gaita e entoando as modas dos catarinenses Filhos do Rio Grande

EM TEMPO

Tio Gusto foi acometido de câncer e lutava contra a doença fazia algum tempo. Ficou internado algumas vezes em Lages e seu falecimento ocorreu em Curitiba onde também buscava tratamento.

Compartilhe

5 comentários para: “Perdemos Tio Gusto dos Filhos do Rio Grande”

  1. Uma grande perda para os apaixonados pelos filhos do rio grande. Cresci ouvindo as músicas deles. O mundo da música hoje perdeu mais um ilustre insubstituível.

  2. Esta maldita doença, fazendo vítimas em todo o mundo…nao interessando o nível social,cor , ou qualquer etnia.
    ..

  3. Tive o prazer de ver esse fenômeno da gaita ao vivo alguns anos atrás é uma perda muito grande más é assim. …
    Luiz Sérgio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *