Cotidiano

Morre diretor da Rede Angeloni

CARRO DO EMPRESÁRIO SE PARTIU EM DOIS

Eram 11h30min da manhã de domingo quando o veículo conduzido pelo empresário Roberto Angeloni – um Mercedes AMG GT – saiu da pista e se espatifou na lateral da BR-101 na frente do posto Tijuquinhas, na altura do Km 184 em Biguaçu.

CIRCUNSTÂNCIAS

Dados preliminares indicam que ele se envolveu num acidente (provavelmente um abarroamento lateral com uma caminhonete Ford Ranger) e acabou sofrendo uma saída de pista seguida de colisão em objeto fixo (poste). A colisão foi tão violenta que o carro conduzido por Angeloni se partiu em dois. Ele morreu no local do acidente e uma passageira da Ranger foi levada para o hospital.

De todas as fotos que circulam nas redes, essa melhor traduz o choque violento. O veículo voou ainda na pista de rolamento da rodovia e colidiu lateralmente no poste. O impacto da batida partiu o carro em dois e derrubou o poste. A parte traseira ficou ao lado do poste derrubado e a parte dianteira do carro veio se arrastando por uns 50 metros.

A VÍTIMA E A REDE ANGELONI

A rede Angeloni foi fundada na virada da década de 1960 para 1970 pelos irmãos Arnaldo e Antenor Angeloni. Esse último inclusive presidente do Criciúma, time de futebol que leva o mesmo nome da cidade onde surgiu umas das principais redes supermercadistas do Sul do Brasil.

MORTES TRÁGICAS

Há uns sete anos, Arnaldo Angeloni perdera um filho, Maurício em decorrência de um acidente doméstico que lhe expôs a queimaduras graves. Agora, atuando como diretor da rede em Curitiba, Roberto Angeloni, também morre de forma trágica. Ele tinha 50 anos, era solteiro e o filho mais velho de Antenor Angeloni que é pai ainda de Henrique e Cristina.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *