Cotidiano

Na Hora! Postos de Saúde até aos sábados

Quando era prefeito de Lages, Raimundo Colombo implementou o funcionamento de UBS – unidades de saúde – além do horário normal. No bairro Coral e na parte alta da cidade, por exemplo, havia atendimento estendido até 22 horas. “Trabalhador que precisa de atendimento chega em casa depois que o postinho fecha e não tem acesso a serviços de saúde. Daí a lógica que essas unidades atendam além do expediente rotineiro”. Foi o argumento de Colombo na época, inclusive para desafogar as demandas no Pronto Atendimento.

PORÉM

Com o passar do tempo se percebeu um comportamento da comunidade que não justificava a permanência do horário prolongado. Não havia demanda de pacientes. As pessoas não recorriam aos postos de saúde, optando pela rotina de se deslocar ao Pronto Atendimento em caso de necessidade. Com o passar do tempo, as unidades com horário ampliado voltaram à rotina de atendimento até às 17 horas.

HORÁRIO AMPLIADO

Nesta semana o Ministro Luiz Henrique Mandetta lançou o programa Saúde na Hora. Constitui-se na ampliação do horário de funcionamento das UBS. Lages deverá ter Unidades de Saúde integrando o programa. Diferente da época de Colombo em que o município custeava o gasto do horário ampliado, agora o Ministério da Saúde repassará recursos para bancar as despesas a mais.

ATÉ AOS SÁBADOS

Presidente da Frente Parlamentar Mista da Saúde, deputada Carmen Zanotto, participou do lançamento do Programa Saúde na Hora. “Será permitido o atendimento ao meio dia, noturno e até aos sábados, dependo do gestor de cada cidade. Garantindo, assim, a redução e o fluxo de pessoas nos Pronto Atendimentos e nas emergências dos porta dos hospitais”, cita a deputada lageana.

Deputada Carmen ao lado do Ministro Mandetta e a previsão de recursos para custear horário diferenciado no funcionamento de UBS

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *