Cotidiano

Pancada na Carahá: Não foi acidente

Antes que um ou outro compareça, principalmente nas redes sociais, culpando a retirada do semáforo no cruzamento da Avenida Carahá com a Rua Frei Gabriel, como responsável pela colisão às 07h07min da manhã de quarta-feira, envolvendo dois veículos, que fique bem claro: não foi acidente. Foi erro de um dos motoristas que causou a ocorrência.

CIRCUNSTÂNCIAS

Veículo Saveiro descia a Frei Gabriel em direção à Avenida D. Pedro II e acabou batendo num automóvel Agile placas de Lages que seguia pela Carahá em direção ao Colégio Industrial. Há placa indicativa de PARE nas duas faixas da Carahá e ainda indicativo de limite de 40 km/h antes de chegar no cruzamento. Se o condutor do Agile atendesse tal sinalização, a colisão não teria ocorrido.

O Agile com placas de Lages (ano 2013) caiu da ponte após invadir a preferencial e ser atingido pela Saveiro. Observe que o carro caiu bem no local onde tem uma sinalização em amarelo como a indicar ‘caia aqui’. O condutor foi atendido pelos Bombeiros e conduzido ao hospital com escoriações, mas sem gravidade.

PM, Bombeiros e Agentes de Trânsito atenderam a ocorrência

Segunda foto do post é do colega Kleiton Frank da Nova TV

EM TEMPO

Agentes de Trânsito estão fazendo um trabalho interessante na fiscalização na descida da Rua Frei Gabriel, inclusive nesse ponto do acidente. Quem trafega dentro do limite de velocidade não precisa se preocupar com esse trabalho ‘interessante’. Quem excede o limite…

Compartilhe

1 comentário para: “Pancada na Carahá: Não foi acidente”

  1. Interessante mesmo, seria a devolução do semáforo que nunca deveria ser retirado, o cruzamento ficou perigoso.
    A 32 dias, um veículo passou reto e colidio na minha camioneta, prejuízo de 36 mil, o cidadão não tinha seguro e nem dinheiro para pagar. Todos os dias passo no local, lentidão e insegurança, este é o legado deixado pelo acéfalo que projetou e aprovou esta mudança, fazem mudanças onde não precisa e não conseguem se quer, sincronizar os semáforos da Dom Pedro, certamente este Eng. Responsável pela pasta, fez o curso a distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *