Cotidiano

Taxi versus Uber: Caso de Polícia em Lages?

“Quando paramos o veículo na frente do portão para apanhar o passageiro que solicitou o serviço pelo aplicativo um dos taxistas apareceu dando chutes no veículo e ameaçando”.

Manifestação foi de um dos motoristas do aplicativo Uber ao reclamar da truculência que está sendo enfrentada por parte de taxistas que atuam em Lages. O relato sobre o episódio ocorreu no programa Clube Comunidade comandado por Adilson Oliveira na Clube FM desta segunda-feira, 17. Taxistas teriam ameaçado até que os motoristas de aplicativos seriam ‘tratados na bala’ dando uma impressão de que a área se tornou terra sem lei na cidade.

TRANSPORTE ALTERNATIVO

Episódio soa estranho até porque nós mesmo nas intervenções na Clube FM temos incentivado os visitantes a ir para o parque Conta Dinheiro de Uber e de Táxi. Há demanda de passageiros para todos e não há qualquer respaldo legal para taxistas tentarem impedir a atuação dos motoristas de aplicativos. Como o caso teria sido registrado na Polícia Civil que haja uma averiguação da situação para que essa disputa de passageiros à tapa não dê alguma consequência mais grave nos próximos dias.

UBER TOMOU CONTA 

Motoristas de aplicativo tomaram conta da cidade no final de semana. Tendência que irá se repetir a partir da quarta-feira, 19. Uma senhora veio de Joinville com o marido atuar como Uber durante a Festa do Pinhão. Garante que a viagem compensa e que em eventos como esse, o faturamento é bastante significativo. Como a atividade é liberada, não há como taxistas, por mais estabelecidos na cidade sejam, impedir que haja a atuação desse tipo de transporte.

Único recado para os taxistas é esse da placa já que eles não podem praticar atos que caracterizem violência contra os motoristas de aplicativo tipo Uber

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *