Economia

Amin: ‘Isso é doído, mas sem remorso…’

Esperidião Amin (PP) foi à tribuna do Senado posicionar sobre a razão que votou – e continuará votando – favorável à reforma da Previdência. “Todos perdem, isso é doído. Mas a maior dor virá se nada for feito e for mantido o sistema insustentável. Por isso, com dor no coração, mas não com remorso, voto a favor”.

VÁ ENTENDER O CARECA

Se não é um modelo ideal esse que está sendo aprovado, não custaria ampliar o debate com posicionamentos que pelo menos apresentassem sugestão de um sistema mais próximo do ideal. Entretanto, o senador Amin preferiu aderir ao efeito manada e dizer amém à PEC.

PLACAR DE SC

Observe-se que Amin não está sozinho – considerando o trio do Senado aqui do Estado. Dário Berger e Jorginho Melo também votaram favoráveis à reforma.

Amin naquela ladainha que lhe é típica, discordando nas palavras, mas concordando no voto para consumar a reforma da previdência que fora aprovado em primeiro turno neste primeiro dia de outubro

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *