Economia

Badesc: Informação boa e estranha

Badesc vai investir R$ 58,7 milhões em municípios que apresentam alta evasão populacional e baixo repasse de recursos do IPM, entre outros índices de desenvolvimento. Neste primeiro momento, 46 municípios foram classificados no Protocolo de Intenções para financiar projetos pelo programa Badesc Cidades. Eles têm até 31 de maio para entregar toda a documentação financeira na Agência.

BOA E ESTRANHA

A parte estranha é que considerando os critérios citados (evasão populacional e baixo repasse de IPM), nenhuma outra região catarinense é mais afetada que a Serra. Há municípios que veem numa constante redução de habitantes ou estagnação. Entretanto, considerando a divisão dos valores previstos para serem aportados, a Serra Catarinense é apenas a quarta em volume a ser repassado.

OS PERCENTUAIS

Região Oeste (38%)

Região Norte (23,8%)

Vale do Itajaí (14,2%)

Serra de SC (11,6%)

Sul do Estado (7,1%)

Grande Floripa (5,3%)

OS CRITÉRIOS

Segundo o presidente do Badesc, Eduardo Machado, a classificação dos municípios seguiu critérios técnicos para pontuação. Machado destaca que as novas regras têm como objetivo aprimorar a eficiência da aplicação de recursos pelo Programa e reduzir as desigualdades regionais com a ampliação na capacidade de atendimentos.

EM VALORES

Do total de R$ 58.780.000,00, o Oeste receberá investimentos na ordem de R$ 22,3 milhões, o Norte R$ 14 milhões, o Vale do Itajaí R$ 8,3 milhões, a Serra R$ 6,8 milhões, o Sul R$ 4,2 milhões e a Grande Florianópolis R$ 3,1 milhões. Os valores serão divididos pelos municípios de acordo com o projeto contratado.

Machado, que preside o Badesc, confirma a distribuição de recursos a municípios seguindo critérios técnicos

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *