Economia

ICMS: ‘Aumento é crime… desumano’

Ex-governador Colombo, tem peregrinado em Santa Catarina e, numa dessas agendas dialogou com produtores rurais em Curitibanos. Registrou os reclames de quem passará a conviver com a tributação de ICMS nos defensivos agrícolas. Se antes era 0% de incidência, agora há um encaminhamento para se tributar em 17%. Sobre o tema, Colombo não poupou crítica:

“Aumentar impostos de defensivos agrícolas é um absurdo. É um crime contra o agricultor. É desumano com que tem as mãos calejadas. Famílias vão quebrar. Negócios que estão aí há anos vão fechar (…). É frango mais caro. É porco mais caro. É gás mais caro. Aumentar impostos é ser contra quem produz e quem consome. É ser contra o povo catarinense”.

Colombo visitou essa propriedade em Curitibanos, onde se produz alho em longa escala e ouviu do produtor que o caminho será tentar produzir em outro Estado onde não há incidência de ICMS (caso do RS e PR, segundo disse).

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *