Economia

Covid-19: Acil e CDL emitem nota

O agravamento da pandemia levou as duas maiores entidades empresariais de Lages e da Serra Catarinense a emitir de forma unificada uma nota oficial, assinada pelos presidentes Marcos Tortelli (CDL) e Carlos Eduardo de Liz (Acil). As entidades apontam que novas medidas se tornam necessárias para o enfrentamento do coronavírus, bem como a preservação da saúde de todos.

REUNIÃO E DELIBERAÇÃO

Segundo a nota oficial das referidas entidades ‘tendo ciência das responsabilidades que esta situação demanda e após a avaliação das consequências de uma nova paralisação das empresas’, e após reunião com o prefeito Ceron a fim de propor medidas restritivas que não sejam tão prejudiciais às empresas de Lages, decidiu-se que:

“O novo decreto publicado pela prefeitura, conterá medidas preventivas mais rígidas, com restrições de horários para funcionamento válidas até o dia 31 de julho, porém não haverá o fechamento total das empresas. Para que as medidas restritivas não sejam prolongadas e nem ampliadas, é fundamental que todos sigam as orientações dos órgãos de saúde, para evitar a disseminação do coronavírus”.

Presidente Marcos Tortelli da CDL (direita) nesse registro de arquivo dialogando com o Juiz Silvio Orsatto ao lado do empresário Célio Bueno e o apoio da entidade às medidas mais rígidas em Lages, mas sem afetar de imediato as empresas

A nota trás recomendações para atendimentos de protocolos e vem assinada também pelo presidente Carlos Eduardo de Liz (Acil). E conclui o chamamento com um apelo:

“A nossa atenção vigilante com todos os cuidados de prevenção é o que vai permitir mantermos a economia funcionando. Façamos, cada um de nós, a nossa parte”.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *