Economia

Emprego: Inicia positivo o semestre de Lages

Foi beirando o empate técnico entre o número de contratações e demissões, mas a economia de Lages em termos de geração de empregos dá para se dizer que segue estável. Foram divulgados nesta sexta-feira, 23, os dados dos empregos formais – aqueles com carteiras assinadas no primeiro mês do segundo semestre.

MATEMÁTICA DE JULHO

Lages gerou 1.440 ofertas de trabalho que foram transformadas em carteira assinada. No mesmo mês de julho 1.422 pessoas se desligaram dos vínculos empregatícios que mantinham. Com isso o mês fechou com 18 vagas geradas a mais que o número de demissões.

DADOS DO ANO

De acordo com o Ministério do Trabalho (Caged), considerando apenas empregos formais, Lages tem um saldo positivo de 1.121 vagas geradas a mais em 2019 – considerando os sete meses – que o número de demissões. Para se ter ideia da rotatividade da mão de obra, foram contratadas com carteira assinada 11.506 pessoas. E no mesmo período de janeiro a julho ocorreram 10.385 demissões.

Retrato da paróquia para ilustrar a boa notícia da estabilidade na geração de empregos formais em Lages

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *