Economia

Gripe: Sesi vacina 7.800 da industria na Serra

O Sesi, que é um dos vários braços do sistema Fiesc, está desde o início da semana imunizando trabalhadores da indústria contra a gripe. Ao contrário de anos anteriores, desta feita somente os 7.800 industriários da Serra Catarinense acessarão a vacina. Nâo haverá disponibilidade de doses à comunidade.

ENTENDA QUE…

A vacina contra a gripe não previne contra o coronavírus. A providência é para que a gripe comum não se abata no trabalhador, levando-o à angústia de pensar que pode ter contraído o Covid-19. Além, é claro, de imunizá-lo contra a gripe, inclusive a H1N1.

PRIORIDADES

Neste primeiro momento, a prioridade será para os trabalhadores das indústrias que estão ativas, atuando com 50% da sua capacidade de produção, conforme decreto do Governo. Depois, as que voltarem das férias coletivas e ao período normal de funcionamento.

ONDE

Algumas indústrias terão postos de atendimento nas próprias fábricas. Outro local de vacinação será a unidade do Sesi, no bairro Gethal, em Lages. A entidade definiu um cronograma de atendimento e fará agendamento junto as empresas para evitar aglomero de pessoas. A previsão é em cerca de 30 dias ter toda a força de trabalho industrial imunizada.

Conteúdo compartilhado para confirmar a importância da vacinação contra a gripe em andamento na Serra Catarinense

CAASC VACINA DIA 30

Por sua vez, a Caixa de Assistência aos Advogados de Santa Catarina programou para o dia 30 de abril a aplicação da vacina contra a gripe nos profissionais vinculados à OAB. Dessa feita a vacina aos advogados regularmente inscritos (e em dia com suas obrigações perante à Ordem) será gratuita. Os dependentes, em havendo doses extras, pagarão R$ 30,00.

Conteúdo sobre a vacina do Sesi:

Catarinas Comunicação

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *