Economia

Hobus: ‘E agora, governador?’

Apesar de interpretável viés político no posicionamento do industrial Milton Hobus, que possui três indústrias – talvez as três maiores do País na produção de componentes para bicicletas – ele cobra do governador Carlos Moisés devido ao fechamento de atividades econômicas.

DESEMPREGO

Hobus, que também é deputado e presidente do PSD, o partido que governava Santa Catarina antes de Moisés, cita os 148.000 desligamentos ocorridos no Estado, a partir de informações, segundo ele, do Sebrae. E vê um cenário preocupante mais adiante.

RAZÃO DA DESATIVAÇÃO

Num vídeo de pouco mais de 3 minutos no interior de uma de suas indústrias, Hobus explica que as três unidades foram desativadas porque a atividade depende de fornecedores na cadeia de produção. “Não adiante manter a indústria funcionando se não acessamos alguns componentes”.

PRECIPITAÇÃO

Hobus explica que a ampla maioria dos municípios não apresenta nenhum caso da doença e que o momento de isolamento deveria ter sido retardado. E conclui a ponderação com a indagação: “E agora, governador?”

Deputado, presidente do PSD e industriário apresenta conteúdo com dados sobre o desemprego somente em duas semanas no Estado e pede providências do governador Carlos Moisés para que a economia catarinense não apresente dados ainda mais complicados nas próximas semanas.

***

LAGES: DISQUE ASSISTÊNCIA SOCIAL

Compartilhe

1 comentário para: “Hobus: ‘E agora, governador?’”

  1. Hipócrita, poderia manter seus funcionários por meses com a empresa fechada ou reduzido funcionamento se aceita reduzir sua própria fortuna. Esse bando de capitalistas malditos não me enganam mais. Que falta faz um político de pulso firme nesse país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *