Economia

Lages contrata mais que demite em junho

ECONOMIA DÁ UMA RESPIRADA EM TEMPOS DE COVID-19

Está na pauta desta quarta-feira das entidades Fiesc, Sebrae e Fecomércio a divulgação da terceira rodada da pesquisa que avalia o impacto da pandemia na economia. Há até certo suspense sobre os dados. É que na primeira rodada da pesquisa foi divulgado que Santa Catarina registrou 406.000 demissões. Na segunda abordagem do levantamento exatos 530.000 vagas de trabalho teriam sido fechadas no Estado. E esses números destoam do dado oficial do Ministério da Economia (Caged) que apontou 107.000 desligamentos nos três primeiros meses (março, abril e maio) da pandemia.

DADOS POSITIVOS DE JUNHO

Os dados do Caged citam que Santa Catarina fechou junho com dados positivos. Foram 3.721 empregos gerados a mais que as demissões ocorridas naquele mês no Estado. Será que a pesquisa Fiesc, Sebrae e Fecomércio irão identificar essa realidade de reação na economia?

NÚMEROS BONS EM LAGES

Apesar desse clima angustiante de pandemia, houve também reação na economia lageana. Ocorreram 1.003 demissões nos 30 dias de junho, mas foram 1.103 contratações. Significa que a cidade fechou junho com saldo positivo de 100 vagas geradas a mais que as demissões ocorridas.

Depois de resultados negativos em abril e maio, por causa da pandemia, junho já registrou índices positivos de geração de empregos em Lages

***

MIRANTE DA BOA VISTA:

MORAR BEM E PAGAR FÁCIL:

90% DO IMÓVEL FINANCIÁVEL

As condições de financiamento das unidades remanescentes no Mirante da Boa Vista você pode financiar em até 90% do valor. Informe-se porque a melhor visão de Lages pode ser também o seu melhor investimento!

Registro de Incorporação R3/39.142. 

Informações: contato@terraimoveisltda.com.br

WhatsApp: (49) 99149 2327

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *