Economia

Pecuária: Quarto mandato a Pamplona

Comandar uma entidade expressiva como o Sindicato Rural de Lages por quatro mandatos é sinal de excelente relação com aqueles que labutam na área e da disponibilidade na agenda para os compromissos que o cargo exige. O agropecuarista Márcio Pamplona tem esse desprendimento e iniciará em janeiro o seu quarto mandato a frente do Sindicato Rural.

UNANIMIDADE

Num processo eleitoral que seguiu o estatuto da entidade, por unanimidade, Márcio Pamplona foi eleito para mais um período tocando a maior entidade ligada à pecuária da Serra Catarinense, com abrangência além de Lages, atendendo pecuaristas de Painel e Capão Alto.

FALA PRESIDENTE

Segundo Márcio Pamplona, a permanência na função atendeu a pedidos dos próprios associados, devido ao bom trabalho de gestão que tem desenvolvido. “Entendo que se trata do reconhecimento de tudo o que a gente vem fazendo na defesa dos interesses dos associados e da entidade de modo em geral (…). O nosso trabalho também terá continuidade na representação de classe e na defesa dos produtores sejam eles associados ou não”.

Esta é a nova diretoria do Sindicato Rural com Márcio Pamplona reeleito para o quarto mandato

A NOVA DIRETORIA 

Presidente: Márcio Cícero Neves Pamplona

Vice-presidente: Paulo Ricardo Castagna

1º Secretário: Luciano Ávila Lopes

2º Secretário: Leonardo de Camargo Alves

1º Tesoureiro: Cláudio Borges de Camargo

2º Tesoureiro: Lauro Varela Martins

PERSPECTIVA

Com o aumento no preço da carne, por causa da exportação no Mato Grosso, o gado deve ter uma das maiores valorizações da história recente. Como tem lembrado Márcio Pamplona, não se trata de aumento de preço, mas de reposição, já que os valores vinham estacionados por um bom tempo. Quem vai vencer gado entre março e maio deve ter um retorno bem expressivo, considerando as patinadas que prevaleciam no setor até então!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *