Economia

Preço do leite na mira do MP/SC

OTACÍLIO COSTA

Semana passada viralizou equivocadamente um registro de um estabelecimento em Otacílio Costa onde o preço da caixa de leite saltou de R$ 29,00 para R$ 42,00. Mais tarde o empresário dono do supermercado mostrou o documento de recebimento da mercadoria, evidenciando que o preço praticado era maior porque recebera da distribuidora com o preço alterado. Não havia nada de errado por parte do supermercado.

CAMPO BELO DO SUL

Nesta quarta-feira, 25, na Hora da Corneta da Rádio Clube FM 98,3 um ouvinte de Campo Belo do Sul reclamava a mesma situação: Caixa de leite que custava menos de R$ 30,00 no dia 18 de março, uma semana depois estava sendo vendida a R$ 41,00. Na mesma linha, o que o comerciante fez foi repassar o preço daquilo que recebeu da distribuidora com o leite custando mais.

MP ABRE INQUÉRITO

Para interpretar essa realidade estranha de preço no leite com valor quase 40% mais caro, o Ministério Público instaurou inquérito civil. Vai se investigar se as indústrias catarinenses que produzem, distribuem e vendem leite estão praticando o aumento abusivo de preços do produto. Desconfia-se que pode estar ocorrendo um aproveitamento da situação de emergência decorrente da pandemia do novo coronavírus.

ENCAMINHAMENTO

As indústrias têm até hoje, quinta-feira, 26,  para responder às questões levantadas pelo procedimento com a remessa dos documentos e notas fiscais que comprovem suas informações. Para apurar as notícias de aumento abusivo, a Promotora de Justiça Analú Librelato Longo (Florianópolis) solicitou às empresas as notas fiscais emitidas na quinzena anterior à edição do Decreto 515/202 e as notas fiscais das operações efetuadas desde o dia 18 até hoje.

Não, as únicas que não são vilãs nessa história de preço mais elevado do leite no mercado, são essas simpáticas matrizes

***

EMPÓRIO DAS CARNES

INFORMA SUA CLIENTELA

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *