Economia

Sobre o caso ‘tipo pirâmide’ em Lages

Foi lá na segunda metade de maio que noticiamos ação da Polícia Federal que atuou na Grande Porto Alegre, Floripa e Laguna por causa da captação de dinheiro de terceiros por parte de empresa que oferecia o milagre da multiplicação de dinheiro com juros de pelo menos 15% no primeiro mês. Algo absolutamente impossível, visto que não existe isso ou algo similar no mercado financeiro.

POIS É, POIS É…

Sem citar nome de empresa ou de operadores (captadores) apontamos que em Lages havia operacionalização nessa linha. Nada em tese ilegal ou irregular. Porém, reforçou-se o alerta, visto que não existe dinheiro derramando através de rendimentos de maneira tão fácil. Inclusive um amigo da PF nos deu uma única dica que vale para a vida toda em relação ao assunto: Tem registro no Banco Central, é quente. Sem garantia do BC, tome cuidado!

SITUAÇÃO AQUI

Há casos de pessoas e até empresas que aportaram valores na ordem de R$ 100 mil – e até mais – porque a promessa de rendimento é muito boa. Há quem visualize – e nós não estamos afirmando isso – que se trata de pirâmide. E que mais cedo ou mais tarde estouraria. Pois então. Segue o alerta para a cautela no assunto, não havendo qualquer razão de reclame, caso ocorra algum imprevisto pelo caminho, visto que todos estão alertados a respeito.

Não há milagre no mercado financeiro. Para alguns ganhar, outros têm que perder Excesso se…

Aqui está o que escrevemos em maio sobre o assunto!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *