Economia

Solução alternativa para acesso à Berneck

Certa feita quando da instalação da Brahma (atual Ambev) em Lages, a polêmica era sobre o local de captação da água para a cervejaria. Onde se pretendia instalar o sistema atrasaria as obras por causa de licenças e procedimentos. Foi quando lá num canto pediu a palavra o então vereador Madruguinha:

– Mas se nesse local precisa de tanta engembração é só fazer 100 metros rio acima!

A história é contada pelo próprio prefeito da época Raimundo Colombo, num entendimento que às vezes, soluções, mesmo que não definitivas, não dependem apenas de especialistas, mas de quem vive o dia a dia, a realidade.

ACESSO À BERNECK

Na Acil entrou em debate assunto que nem estava na pauta: O acesso à Berneck e à Seara Alimentos. Ocorre que a duplicação da BR-116 ainda vai demorar. E a operacionalização da Berneck será mais devereda. Foi quando o empresário Airton Sírtoli puxou de um projeto de acesso ao posto de combustível (da rede Guarujá) que se situa entre a Berneck e a Seara. Disse que protocolou o pedido de autorização de acesso na Autopistas e que ainda não tem resposta. Sugeriu que se aproveite o projeto, já protocolado, para um acesso seguro até a vinda da duplicação.

SOLUÇÃO SERIA ESSA

O próprio prefeito Ceron aderiu à ideia. “Ali é um distrito industrial, pois além da Berneck tem a JBS e Posto de Gasolina que também precisa de acesso regular”. Assim, como o projeto de acesso ao posto de combustíveis já foi protocolado pela Arteris junto à ANTT “devemos nos agregar a este projeto para agilizar acesso provisório à Berneck”.

Sírtoli (direita) apresentou o projeto já protocolado e sugeriu que se utilize o mesmo enquanto a duplicação não é efetivamente executada na BR-116

Mesmo nesse estágio de construção da estrutura física, o acesso à futura planta industrial da Berneck demanda grande quantidade de fluxo. Somado a isso, o movimento de veículos ao posto e à Seara Alimentos. Daí a ideia de ‘adotar’ o projeto já protocolado por Sírtoli na Arteris (e enviado à ANTT), até que ocorra a duplicação da BR-116

Fotos: Pablo Gomes – Comunicação PML

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *