Economia

Transul: Alternativa à redução de usuários

Novos tempos impõem novas estratégias da empresa concessionária do transporte coletivo de Lages. Com a redução no volume de passageiros (últimos dados indicavam que a Transul não transporte mais aquela média de 500.000 passageiros/mês), a alternativa é apelar por modelos econômicos, que não comprometam agilidade e nem qualidade no serviço prestado.

POR CAUSA DISSO

No restante de outubro circula pelas ruas o modelo Marcopolo/Volare Fly10. Trata-se de um micro-ônibus com capacidade para até 28 passageiros sentados.

Esse tipo de veículo atenderá aquelas linhas com menor quantidade de passageiros, visto que o ônibus tradicional acaba tendo maior custo, sem a correspondente utilização dos espaços.

“A nossa expectativa é de que esse modelo de transporte seja bem aceito pelos usuários”, aponta o empresário e diretor da Transul, Humberto Arantes.

FATORES DA REDUÇÃO DE PASSAGEIROS

O acesso facilitado a crédito para comprar veículos (novos e usados), confirmando-se isso com a frota lageana se aproximando dos 115 mil veículos, a chegada de aplicativos de transporte que tornam o deslocamento cômodo e barato, a utilização de motocicletas de forma mais intensa. Tudo isso contribui para que o lageano opte por outros tipos de transportes, diferente daquilo que era no passado onde o transporte urbano predominava sem qualquer concorrente.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *