Esporte

Até 2020: Inter não sobe, mas não cai!

Aquela derrota para o então lanterna Barra em Itajaí; Aquele empate diante do Camboriú aqui no Tio Vida; A derrota para o Juventus em casa e o aceite da virada contra o mesmo time em Jaraguá; O tropeço para o Almirante em casa; E aquele lamentável empate com o rebaixado Próspera na estreia no Tio Vida.

POIS É…

Só desse resumo dos tropecinhos bobos lá se foram 16 pontos. Nem precisava tudo isso para carimbar a vaga à Série A. Mas esse conjunto de erros decretou o castigo de ficarmos mais um ano nesse inferno de segundona. O Inter de Lages terminou sua participação vencendo o Guarani de Palhoça por 3 a 1.

DEU RUIM

Ouvindo Zé Melo, no final da transmissão da Clube FM 98,3 – única emissora que acompanhou o time – dizia que participação do Inter foi horrível. Discordo mestre. Foi ruim porque não subimos. Mas não foi horrível porque ficamos atrás apenas do líder Almirante e dos dois que lutam pela segunda vaga (Concórdia e Juventus).

QUARTO

Encerramos a participação com 21 pontos e o 4.º lugar. Para um clube que estava às vésperas de estrear e nem tinha time, ainda aplaudo. Aguardemos 2020 e sigamos na torcida, acreditando. Porque quando o assunto é Inter de Lages, apenas torço… a favor, é claro!

Pego do Rafael Araldi esse registro do jogo na metade da tarde da quarta-feira, que marcou a despedida do Inter. Um jogo tão desmotivado que a diretoria nem articulou a hipótese de fazer a partida no dia seguinte, quando é feriado em Lages.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *