Evento

Drummer Day homenageia Orquídea Negra

Lages celebrou uma tarde de seus melhores bateristas e convidados. Praça Joca Neves foi palco do Drummer Day na versão musical para a programação dos 253 anos de Lages.

Brotou da Fundação Cultural a proposta singela, mas original de homenagear a melhor banda de todos os tempos do rock metal destas cercanias. Trata-se da banda Orquídea Negra que embalou e agitou uma geração – ou mais – e que continua evidenciando a vocação para o rock de verdade.

Assim a tarde de sábado foi de sonoridade e reunião de bateristas locais e oriundos de cidades como Florianópolis, São Joaquim, Curitiba e Balneário Camboriú.

DRUMMER DAY LAGES

Esse foi o nome dado a junção de músicos que acompanharam o Orquídea Negra em um set list escolhido pelos membros da própria banda com três de seus sucessos e uma versão de Breaking the Law da Judas Priest.

Ainda recuperando-se de uma lesão nas cordas vocais, o vocalista Boca dividiu os vocais com outros dois ícones do rock and roll de Lages, Pablo Borba, da Ômega 4, e Marcelo Ermel da Vermouth.

ALÉM DAS QUATRO MÚSICAS

Esse encontro permitiu que a tarde fosse além das quatro músicas escolhidas.

O Drummer Day se estendeu até o final da tarde com hinos do rock de bandas como Iron Maiden, ACDC, Led Zeppelin, até o trecho mais famoso de We will Rock You do Queen foi entoado pelos bateristas em frente ao palco, onde estavam dois bateristas da Orquídea, Marini e Marquinho.

Fotos e informações: Jornalista Fabrício Furtado

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *