Evento

Festa do Pinhão: Cancelada, mas em disputa

Faltando 50 dias para a abertura oficial da Festa do Pinhão, o prefeito Ceron comunicou em caráter oficial que o evento não será mais aberto neste ano. A pandemia é a causa do cancelamento que já vinha se propagando tresontonte. De fato não tem condições de se pensar em festa em tempos onde a angústia predomina por conta do novo coronavírus.

TROCA VENCEDORA?

Estava programado para o dia do ano que mais gosto – 17 de abril – a abertura da proposta financeira onde se homologaria a empresa vencedora do certame, responsável pela edição deste ano e, a critério do gestor em 2021, a execução da Festa do Pinhão em até cinco edições. A empresa Impacto Vento Norte seria a homologada, por estar sozinha na disputa, independente da proposta financeira que apresentasse.

DECISÃO JUDICIAL

Na fase de habilitação (apresentação de documentos e critérios para realizar um evento do porte desse lageano), a empresa Impacto Vento Norte não teria atendido aquilo estabelecido no certame. Apresentou recurso e se manteve na disputa. Mas a empresa Gaby Produtora recorreu ao judiciário, obtendo decisão favorável. Assim, a empresa a ter a proposta financeira a ser aberta sexta-feira, 17, é a Gaby e não a Impacto.

O QUE ISSO SIGNIFICA?

Secretário Antônio Arruda informa que se a Impacto não recorrer a essa decisão judicial, a Gaby será homologada. “Porque decisão judicial não se discute”. Caso haja recurso no âmbito judicial, com o cancelamento neste ano, haverá tempo hábil para análise e decisão até a devida homologação. “Ao município cabe cumprir a norma do certame e a interpretação dada pelo Judiciário”, aponta o Secretário da Administração.

Arruda ao lado de Giba Ronconi aponta que o município encaminhará aquilo que as esferas de discussão e recursos determinarem em relação à vencedora da licitação para a Festa do Pinhão

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *