Geral

A pergunta sobre a Semasa

APESAR DA INVESTIGAÇÃO DO GAECO E DA CPI, NÃO É POSSÍVEL INFORMAR QUANTO ARRECADA E QUANTO GASTA A SEMASA POR MÊS

Não é segredo de justiça o montante, mas segue naquele suspense aquilo que seria a maior dúvida sobre as operações da Semasa: Qual é a arrecadação com tarifa de água e esgoto? E quanto o sistema de tratamento de esgoto, assim como a captação, tratamento e distribuição de água consome? E quanto sobra para investimentos? Isso já foi tema de pedido de informações na Câmara e nada de exteriorização dos dados. Pelo menos por enquanto.

SEMASA E ILUMINAÇÃO

Naquela torcida que a CPI da Semasa chegue a algum fato além do que investigou (e ainda investiga) o Gaeco, chama atenção que talvez a comissão tenha mirado o alvo errado. Observem que, acessando os processos da operação Mensageiro, visualiza-se que não foi a questão do lixo e da Semasa que colocou Ceron, Arruda e Delfes na prisão. Mas sim a licitação da iluminação pública.

CURIOSIDADE DAS PRÓXIMAS OITIVAS

Incluído na lista daqueles a serem ouvidos na CPI, o ex-prefeito Toni Duarte ficará frente a frente com a esposa, Suzana Duarte, vereadora e integrante da comissão parlamentar de inquérito. Na ficção dá até para pensar em um diálogo entre ambos no âmbito da CPI:

– Vem cá maridinho! Conte aqui! Tem alguma coisa que você andou fazendo com a Semasa que eu não estou sabendo? Fale a verdade…

– Mas, mas! Suzana! Que é isso, mulher! Até parece que não me conhece!

Relator da CPI, Jair Júnior e a vereadora Suzana Duarte, cujo esposo, o ex-prefeito Toni Duarte, será ouvido na comissão em junho

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *