Geral

Abril: Média alta de óbitos em Lages

EM TRÊS SEMANAS MORRERAM 52 PESSOAS DE COVID-19 NA CIDADE

Dados da Secretaria Municipal da Saúde que integram o boletim estadual indicam que o mês de abril tem sido perverso em relação à letalidade da Covid-19 em Lages. Nesses 21 dias do mês, infelizmente, contabilizou-se 52 perdas para a doença. A média é superior a duas mortes por dia. Os piores dias em termos de perdas foram em 02 de abril, com sete mortes e dia 07 com outras cinco pessoas que faleceram por complicações da doença.

Chamo a atenção para os registros desta última semana de mortes pela Covid-19 que dois pacientes (um homem e uma mulher) não apresentavam comorbidades. Ele, falecido ontem, somava apenas 36 anos. E a feminina morta na quinta-feira, 15, tinha somente 32 anos.

ENTENDAM QUE…

Objetivo do post não é ficar contando cadáver, mas utilizar os dados para alertar sobre a necessidade de seguirmos na prevenção. A pandemia está ativa, deixando famílias de luto e a luta contra a doença precisa continuar.

‘NOTÍCIA BOA’

Temos ouvido – e repetido isso porque é fato – que as duas maiores angústias àqueles que ainda não foram contaminados pela Covid-19 é o fato de não se saber como o organismo de cada um reage à doença e, se há estrutura hospitalar, em caso de necessidade. Em relação à primeira angústia não tem como prever, mas sobre a estrutura hospitalar, temos a boa notícia no boletim da quarta-feira, 21, da Secretaria de Saúde de Lages: Não há fila à espera por leitos de UTI na cidade. E a ocupação está em 95,77% dos leitos disponíveis.

***

TERRA ENGENHARIA INFORMA QUE

RESIDENCIAL BÉRGAMO TOMA FORMA

O local da construção do Residencial Bérgamo com o início da fixação de baldrames,  aqueles elementos estrutural de concreto armado que têm a função de distribuir a carga das paredes e do teto para a fundação.

Unidades à venda. Reserva a sua!

Registro de Incorporação: R3/41196

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *