Geral

Acil e CDL: Representantes no novo HTR

FOI UMA VISITA DE CONHECIMENTO PELOS DIRIGENTES PARA ENTENDER A DINÂMICA (E DEMORA)

Dirigentes da CDL e Acil estiveram na quarta-feira, 16, conferindo a estrutura da nova ala do hospital Tereza Ramos. Foram conhecer o estágio atual da estrutura e obter informações do diretor Maurício Batalha, visto que todos os esforços empreendimentos (e a gente registra que houve e muito) para tentar colocar em funcionamento a nova ala, com reuniões, pressão e ofício dos representantes de tais entidades, infelizmente, não obteve resultado prático (que seria o funcionamento da ala em sua totalidade).

Presidente da CDL, Zulmiro Klan e da Acil, Carlos Eduardo, na palestrinha do diretor Maurício Batalha, detalhando a situação atual da estrutura

O QUE DISSE O DIRETOR AOS

DIRIGENTES DE ENTIDADES

Segundo Mauricio Batalha está faltando ainda 20% do mobiliário e ajustes na estrutura física. “Agora no primeiro andar estamos trabalhando para disponibilizar ainda mais 20 leitos de UTI, e no segundo andar, cerca de 30 leitos clínicos (enfermaria). O quarto andar será o centro cirúrgico com 10 salas para cirurgia e 14 leitos para recuperação dos pacientes pós cirurgia”.

NECESSIDADES URGENTES

A médica pneumologista, Fernanda Martins, gerente técnica do HTR, ressaltou a necessidade de contratar mais enfermeiros, técnicos em enfermagem e farmácia, pois com o aumento da quantidade de leitos, também será necessário o aumento de profissionais da área para suprir a amplitude da nova ala. Batalha observou que não é tão simples a contratação de novos profissionais. “Além de contratar é preciso treinar essas pessoas para estarem aptas ao atendimento de pacientes da Covid-19”.

Informações e foto: Marcela Ramos (CDL Lages)

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *