Geral

Ainda a resolutividade da obra em Painel

A SC-114 ficou bloqueada desde o primeiro dia de julho. “Não tínhamos como prever esse rompimento de talude, mas agimos rapidamente para que o tráfego fosse liberado”, observou o Secretário de Estado da Infraestrutura, Thiago Vieira, ao comentar o restabelecimento do trânsito pelo asfalto. Considerando a burocracia normal do órgão público, a providência, de fato, foi célere. Se a primeira empresa (que possui contrato de manutenção de rotina com o Estado) executasse a recuperação, de fato seriam, pelo menos, quatro meses.

DAÍ QUE…

Ao perceber a que a situação demoraria, o Assessor de Governo, Lucas Neves, levou a demanda ao Secretário Thiago Vieira, argumentando sobre a necessidade de outro tipo de tratamento para a recuperação. A partir dali, o Governo do Estado trabalhou com um Plano B, colocando uma empresa com maior poderio de maquinário, no caso a Planaterra (a mesma que faz a obra de asfalto entre Anita e Celso Ramos). Essa empresa começou o trabalho com previsão de liberar o tráfego até final de agosto. E conseguiu com quase duas semanas de antecedência.

O gestor da Planaterra com o secretário Thiago Vieira, Lucas Neves e os prefeitos Marquinhos (Painel) e Evandro Frigo (Urupema) e mais o vereador Gabriel Córdova percorrendo o trecho recuperado

Nada de inauguração. Mas o próprio secretário Thiago Vieira, ao chegar e vistoriar as boas condições da obra, garantindo segurança para a travessia pelo asfalto, retirou os cones que conduziam os motoristas pelo desvio de 3.900 metros de chão batido, utilizado nesses 48 dias em que o asfalto estava danificado e impedindo passagem.

Fotos: Assessoria da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade/SC

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *