Geral

Cerrito: Ainda a troca de gestores

FALTOU INFORMAR SOBRE O FATO QUE GEROU POLÊMICA

Quando da troca de prefeito em São José do Cerrito noticiávamos a chateação dos entrantes nos cargos diante de uma certa indiferença dos saintes. Bom de gestão, Arno Marian não apareceu para o ato de posse do sucessor José Dirceu da Silva. Houve ainda reclamação de que a coisa ficara meio bagunçada nas internas do Paço.

MAS NÃO É NADA DISSO

Informação, inclusive através de nota do prefeito e vice que deixaram o cargo, é de que a solenidade de posse dos eleitos nada tem a ver com a prefeitura. É atribuição da Câmara. Papéis, atas, documentos diversos a integrar a ritualística é tarefa do legislativo providenciar. Marian e o então vice Moacir Ortiz, este último derrotado nas urnas em 15 de novembro, eximem-se de qualquer responsabilidade ou obrigação em relação a tais trâmites.

AINDA A RESPEITO

Consta que esse fio relativamente desencapado em São José do Cerrito decorre do acirramento político local que é bastante acentuado. Nem o fato do filho do ex-prefeito Arno ser genro do atual Dirceu, tornou as relações menos distanciadas. E sobre documentos contábeis e financeiros da gestão anterior, para nortear a nova, teriam sido entregues em tempo hábil, sem qualquer inconsistência que justificasse reclames. Então…

Tudo dentro dos conformes na República do Feijão Preto, apesar de inconformismo aqui e acolá. Talvez porque os novos gestores esperassem que os anteriores viessem estender um tapete vermelho para a recepção e isso não aconteceu.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *